Animação IBESO

Tradutor / Translate

5 de março de 2012

DECEPÇÃO


CELEBRAÇÃO & CEIA
04/03/12


Pr. Cláurdio


"Assim diz o SENHOR: Maldito o homem que confia no homem, e faz da carne o seu braço, e aparta o seu coração do SENHOR! Porque será como a tamargueira no deserto, e não verá quando vem o bem; antes morará nos lugares secos do deserto, na terra salgada e inabitável. Bendito o homem que confia no SENHOR, e cuja confiança é o SENHOR. Porque será como a árvore plantada junto às águas, que estende as suas raízes para o ribeiro, e não receia quando vem o calor, mas a sua folha fica verde; e no ano de sequidão não se afadiga, nem deixa de dar fruto. Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e perverso; quem o conhecerá?" (Jeremias 17: 5 a 9)
Esta é uma palavra que mexe muito com as nossas vidas, e muitas pessoas têm vivido decepções. Quem nunca se decepcionou? Quer seja no ministério, em relacionamentos, ou na família? Quantas vezes confiamos em pessoas, acreditamos que são os nossos melhores amigos, e de reprente somos surpreendidos,  a decpção as vezes é tão grande para alguns que chega ao ponto de deixar levá-los a uma depressão, outros chegam ao ponto extremo de tirar a própria vida.
Porque nós sofremos decepções? Por que sofremos por causa dos outros? Quantos abrem suas vidas inteiras e são surpreendidas com palavras que já mais esparavam receber?
Muitas pessoas já enterraram os seus ministérios, por causa de uma igreja, outras enterraram seus casamentos por causa de uma grande decepção com seu cônjuje e não consegue mais acreditar mais no amor, nem muito menos acreditam nas canções que falam de amor, de comunhão porque um dia estas pessoas acreditaram em promessas, em uma amizade verdadeira, acreditaram que a igreja era um lugar de paz, que o obreiro era um homem de Deus e se decepcionaram.
Jeremias nos mostra através desta palavra que “...maldito o homem que confia no homem...”
 A decepção sinaliza o nosso nível de maturidade, é na decepção que veremos se somos ou não pessoas maduras, se confiamos em Deus, ou em placa de igreja, ou em um grupo de amizades, a decepção vem para revelar o nosso caráter para nos mostrar quem verdadeiramente somos.
A bílbia está cheia de historias de decepções com sofridas entre inter-humanas (homens x homens) e homens x Deus? Mas algum homem pode se decepcionar com Deus? Veramos logo mais a frente assim será possível compreender.
Decepcões inter-humanas: Agar pouco se fala sobre ela, era uma mulher que tinha sentimentos e era serva de Sara, como todo ser humano era dotada de sonhos como qualquer e amava Abraão e lhe deu um filho, mas no entanto, instigada por Sara, Abraão se separou de Agar, e a expulsou de casa, onde foi refugiar-se no deserto, neste lugar, ela chorou diante de Deus, e Deus fez dela uma nova mulher. (Ver em Gênesis 21)
Agar abraçou o projeto de Sara, que não podia ter filhos, Sara a persuadiu de modo que Agar gerasse um filho, ela se deu para o sonho de Sara até que engravidou e teve seu filho Ismael, mas para sua surpresa, após alguns anos  Sara teve ciúmes de Agar, e este ciúme fez com que Abraão tomasse uma decisão de mandar Agar ir embora, depois do nascimento de Isaque.
Antes de Sara alcançar sua promessa, Sara a tinha como alguém importante da família, mas quando Isaque nasceu, ela mudou seus planos e pensamentos. Agar deve ter se questionado para onde iria, pois, a sua família era Sara, para o lado que ela olhava ela só via deserto, e mesmo assim ela foi expulsa do acampamento de Abraão.
Quando ela estava no meio do deserto, vendo seu filho chorando ela se desesperou, mas ela não chorava apenas por seu filho, mas pela decepção em ter acreditado na palavra de uma mulher que se dizia ser de Deus. Existe decepção maior? Aquela mulher rasgou seu coração diante de Deus, então Deus se compadeceu e deu livramento para ela e seu filho.
Se formos buscar por mais histórias dentro da bíblia vemos o profeta Samuel, além de profeta em Israel, ele também era juiz, depois de tantos serviços prestados, os israelitas pediram que fosse eleito um rei para Israel. Se pararmos para pensar Samuel doou sua vida por aquele povo, os orientou, lutou até o fim defendendo aquele povo, amando aquele povo, dando a sua vida por aquele povo, e na sua velhice, ao invés dele ser reconhecido pelo povo, pediram que fosse levantado um rei que não fosse ele nem muito menos um de seus filhos.
 "E disseram-lhe: Eis que já estás velho, e teus filhos não andam pelos teus caminhos; constitui-nos, pois, agora um rei sobre nós, para que ele nos julgue, como o têm todas as nações." (I Samuel 8: 5)
Ele deu a sua vida, negou-se a si mesmo para cuidar do povo, e olha que o profeta pagava uma alto preço pelo povo com jejum e sacríficios, mas ainda assim o povo o rejeitou daquela forma.
Se buscarmos mais na bíblia, vemos Davi que depois de uma vitória militar, Davi estava comemorando a vitória, e foi repreendido por sua esposa Mical que teve ciúmes da forma que Davi estava a adorar e a agradecer a Deus pela vitória conquistada, Davi se decepcionou pela falta de compreensão de sua espsosa. Sua alegria durou pouco, pois, Mical não abraçou aquele momento, Davi se decepcionou e isso custou seu casamento, pois ele não conseguiu mais olhar para aquela mulher como ele a via antes.
Quem já sofreu decepão compreende tudo isso, pois, muitas vezes nós investimos em alguém e de repente a gente toma uma punhalada pelas costas.
Elias vinha a muitos anos falando da palavra e da vontade de Deus, mas chegou um momento que ele não aguentou mais, então quando ele tomou conhecimento que tinham matado a todos os profetas, a decepção de Elias foi tamanha que ele foi para o deserto, e lá refugiu-se em uma caverna.
Quando uma pessoa se decepciona ela que ir para o deserto, uma caverna, ela  não quer ouvir a voz de ninguém, pois, tem horas que promessas e palavras não resolvem nada. Elias foi para o deserto, e lá ele viu como ele era fraco, como os homens têm corações duro, a dor da decepão foi tão grande que Elias chegou a pedir a morte a Deus, pois, não aguentava mais viver diante de tantas decepções.
Jesus foi outro que foi aplaudido pelo povo em meio aos milagres, curas, e prodígios feitos por onde passou, mas os mesmos que o aplaudiram forma os mesmos que pediram que soltassem a Barrabás, e prendessem a Jesus.
Decepões do homem x Deus:  Caim, idealizou para si um deus e quando prestou seu holocausto a Deus, Deus rejeitou, como ele não podia matar a Deus, ele matou seu irmão. Quantas pessoas tem criado um Deus em sua mente, e tem se decepcionado, e quando percebe que não está crescendo em suas realizações, nesta hora, ele começa a ficar irado, então ele ataca todos que estão a sua volta e não reconhece o Deus que ele estava servindo.
Jonas não gostava do povo a qual Deus o designou a pregar, ele tentou fugir, mas não foi possível, então ele obedeceu a voz de Deus, e foi pregar para aquele povo, ao ouvir a mensagem pregada, eles aceitaram aceitaram as correções de Deus, e Deus os perduou, porém, Jonas, ficou irado com Deus, porque Deus perduou aquele povo e os livrou de todo o mal que iria fazer aquele povo. Jonas queria Deus do jeito dele, assim como Jonas, hoje existem muitos cristãos que pensam: “se mexer comigo, o meu Deus vai matar”, só que Deus é um Deus de misericórdia, ele não toma partido de “A” ou de “B”, e  Jonas se decepcionou com Deus.
Judas, viu tudo o que Jesus ensinou, sobre perdão, amor, mas ele desprezou seus ensinamentos, ele desejava que Jesus fosse o Messias político que ia liberta e salvar Israel, ele se decepcionou, então ele traiu a Jesus por 30 moedas, mas quando ele viu o que havia feito arrependeu-se e tirou a sua própria vida.
Só se decepciona quem se relaciona, não há como reduzir nossos relacionamentos a 0 o homem não foi criado para viver só, mas para se relacionar e viver em comunhão. Então nos perguntamos porque nos decepcionamos? Será que nos perguntamos isso a nós mesmos? Ou até mesmo para Deus?
Nós sabemos que o ser humano é muito ruim, mas mesmo assim nós nos deixamos levar e  ainda assim nos decepcionamos.
É só nós começarmos a nos relacionar e conhecer os bastidores, é que nós percebemos e vemos as pessoas vir contra as nossas próprias vidas.
Então porque nós nos decepcionamos?
1 – Temos uma visão errada da natureza humana:  nos esquecemos que decepcionar é da visão humana, faz parte de nossa natureza porque nós somos falhos. Criamos concepções e espectativas erradas a cerca das pessoas, todos temos os nossos momentos de ira, nossos momentos em que somos nós mesmos em outros  momentos nos camuflamos.
Nós olhampos para as pessoas e queremos colocar nelas fardos que nem nós mesmos queremos carregar, mas por causa de um dogma, ou de uma ética nós passamos a imagem que nós somos os melhores. Muitas vezes fingimos aquilo que não sentimos, tomamos porradas e somos massacrados pelas línguas e temos que dar glória a Deus, muitas vezes queremos ser um personagem que não somos.
Sabe porque nós nos decepcionamos? Porque nós não somos o que as pessoas pensam que somos, cada um de nós fomos criados de uma forma, e sabe o que devemos fazer? Dar as mãos e respeitar a subjetividade de cada um.
Davi teve seu momento de louvar a Deus nú, para muitos foi escândalo, mas aquela foi a maneira que ele escolheu para louvar a Deus. Se o irmão usa brinco, alguns julgam que ele não é de Deus por este pequeno detalhe, todos nós somos servos e filhos de Deus não temos o direito de julgar ninguém, este direito só é dado a Deus.
Se nós queremos viver em comunhão devemos respeitar a subjetividade do irmão, pois, cada um tem desejos e vontades, não devemos esparar muito de cada irmão não, pois, cada um possui suas limitações.
Mesmo aqueles que são bondosos, fracassam e decepcionam ao homem vonluntáriamente ou involuntariamente.
"Acho então esta lei em mim, que, quando quero fazer o bem, o mal está comigo." (Romanos 7: 21)
"Todos se extraviaram, e juntamente se fizeram inúteis. Não há quem faça o bem, não há nem um só." (Romanos 3: 12)
Por mais duro que seja, Deus nos ensina a nos relacionar, o desafio de Jeremias, foi correto, ao declarar segundo a direção de Deus “...que maldito o homem que confia no homem...”
A decepção vira uma maldição em nossas vidas, pois, através dela é gerado dentro de nós sentimentos como o ódio.
2 – Esperamos de mais das pessoas: um dos estágios da decepão acontece quando queremos nos nos relacionar, queremos ser bajulados, amados, recebendo elogios. Devemos ter cuidado com o excesso de exaltação, pois tudo o que sobe desce, não devemos gerar espectativas de mais nas pessoas.
As vezes queremos servir e idealizamos os relacionamentos, e esperamos nelas o que elas não podem dar, filhos que esperam de mais em seus pais, e pais que esperam de mais em seus filhos.
Devemos tratar o ser humano como seres sujeitos a erros além de serem filhos de Deus. Quantas vezes nós casamos, criamos espectativas em cima de um apessoa e quando nos casamos pensamos que nos casamos com o próprio demônio. Ei, antes de casar lembre-se que você estará levando o pacote completo, e depois não adianta se arrepender a sua missão será orar, pois, o casamento não pode ser desfeito.
Pessoas que gostam de criticar líder, e dizem que se fosse eu faria assim, ou assado, saiba que Deus não levanta a qualquer um, é Ele quem escolhe e capacita desta forma é melhor obedecer a suprema vontade de Deus.
"Uns confiam em carros e outros em cavalos, mas nós faremos menção do nome do SENHOR nosso Deus." (Salmos 20: 7)
3 – Esquecemos que somos falhos: podemos cometer o mesmo erro a qual um irmão cometeu e na ocasião o repreendemos.
 Pensamos que é inconcebível, mas nós nos esquecemos que nós somos falhos e que também causamos decepção em outras pessoas, todos nós somos farinha do mesmo saco.
Quando alguém nos decepcionar, devemos lembrar que nós também decepcionamos, mas devemos orar e liberar peredão, pois bem-aventurados são os misericordiosos.
Tem situação que não somos decepcionados, mas nos fazemos de vítima, quando somos muito mimados pelos pais, qualquer coisinha nos chateamos. Ei, pare com isso, devemos nos colocar na posição. Devemos buscar ter um caráter de homem e mulher de Deus, se ele tem dúvidas de algo relacionado a alguém, vá buscar informação na fonte, não busque por terceiros atrávés de fofoca.
O verdadeiro cidadão dos céus, descrito no Salmos 15, descreve o perfil de alguém direcionado por Deus que vigia nas palavras, vigia seus olhos e ouvidos para não se contaminar com qualquer tipo de coisa.
As pessoas não estão mais alicerçadas no compromisso que Jesus veio estabelecer, o nosso chamado não tem sido levado a sério, pois, para muitos tem sido motivo de zombaria. Aqueles que cultivam ódio e não querem se prostar, e não querem se submeter a Deus, pense bem, pois, a sua submissão só pode ser a satanás e este já está fadado a condenação.
Quem é nosso exemplo?  Olhe para Jesus quando aquela mulher foi pega em adultério, muitas pessoas que tinham pecado maior que o dela estavam condenando sua vida ao apedrejamento como era de costume da lei, mas ela foi levado a pessoa certa, pois, Jesus disse, aquele que não tem nenhum pecado atire a primeira pedra.
Antes de apontarmos o dedo para alguém, devemos parar e reflitir em nossas vidas e ver  bem o que estamos fazendo ou pensando em fazer com alguém. Bem-aventurado aquele que medita na palavra do Senhor.
O nosso maior medo deve ser mexer com um filho de Deus. Devemos refletir no que ganharemos para tentar queimar e massacrar uma pessoa devemos lembrar que a mesma gota de sangue que foi derramado por ele, foi derramada por nós.
O que adianta eu ter ódio dentro da igreja, se a igreja é o corpo de Cristo? O que adianta estar dentro da igreja contando piadas, enquanto o pastor está ministrando? Para aqules que agem desta forma um conselhom procurem outro lugar, pois, vocês estão no lugar errado, aqui não é lugar de críticas, mas é lugar de ajudarmos uns aos outros, a mesma gota de sangue derramada por Jesus, com a mesma intensidade que foi por mim, foi por ti. Aquele brado que Jesus deu na cruz, para entregar seu espírito, aquele era um grito de dor, e Ele passou por tudo aquilo para nos ver felizes.
Que tipo de cristãos nós somos? Que tipo de evangelho temos seguido? O que estamos fazendo de nossas vidas? Mulhres se estão decepcionadas, não vá se entregar para um homem qualquer! Homens que se acham o garanhão do pedaçõ, o que vocês ganham estragando a vida de moças por aí, além de estarem estragando a sua própria vida?
O que estamos fazendo de nossas vidas? Hoje é noite de ceia, noite de reflexão, noite de concerto. É o nosso querer que irá destruir nossa vida, pois, fazemos o que queremos, por isso nos decepcionamos, devemos parar, pensar e refletir.
Esposa como você têm agido em seu lar? Se era para ter uma vida de solteira andando de casa em casa sem dar satisfação, responsabilidade e hora para chegar, então porque casou? Homem para que você constituiu uma família para deixar seus filhos largados por aí sem correção? Quem namora, qual o objetivo do namoro? Suprir uma carência?
São por essas e outras que todos nós passamos as várias decepções da vida. Pense nisso!!!
                                        

Nenhum comentário: