Translate

22 de fevereiro de 2012

O QUE É SANTIDADE?


CULTO DE CELEBRAÇÃO
19/02/12


Diaconisa: Francileide

 "Revesti-vos, pois, como eleitos de Deus, santos e amados, de entranhas de misericórdia, de benignidade, humildade, mansidão, longanimidade; Suportando-vos uns aos outros, e perdoando-vos uns aos outros, se alguém tiver queixa contra outro; assim como Cristo vos perdoou, assim fazei vós também. E, sobre tudo isto, revesti-vos de amor, que é o vínculo da perfeição. E a paz de Deus, para a qual também fostes chamados em um corpo, domine em vossos corações; e sede agradecidos. A palavra de Cristo habite em vós abundantemente, em toda a sabedoria, ensinando-vos e admoestando-vos uns aos outros, com salmos, hinos e cânticos espirituais, cantando ao SENHOR com graça em vosso coração. E, quanto fizerdes por palavras ou por obras, fazei tudo em nome do Senhor Jesus, dando por ele graças a Deus Pai." (Colossenses 3: 12 a 17)
O que é ser Santo, segundo as escrituras? Talvez o nosso pensamento de uma pessoa “santa” seja alguém sizudo, calado, mas, santidade não é isso, de acordo com a bíblia o seu significado é mais profundo.
Ser santo significa estar separado para algo, ser consagrado para Deus, e esta separação não é apenas por um curto ou médio período, mas, é para toda a vida. Quando nos tornamos separados? Quando confessamos e aceitamos a Jesus como nosso único e suficiente salvador, e sua extensão dá-se por toda a nossa vida, por onde nós formos devemos nos manter constantes em nossa escolha, além de nossos atos testificarem quem somos sem ao menos abrirmos nossa boca, pois, o nosso maior testemunho não é aquele que falamos, mas o nosso comportamento e nossas atitudes que falarão quem realmente somos.
Hoje vemos muitas pessoas que utilizam a palavra misericórida para expressar algo de espanto ou algo terrível, mas nossa mente as vezes limita o verdadeiro significado das palavras que neste caso vai além, pois, misericórdia é a manifestação do favor de Deus, é o próprio amor de Deus em forma de graça que é um favor imerecido.
 Normamente queremos retribuir uma boa ação a qual recebemos, mas misericórida é quando não merecemos, é Deus olhando para nossos pecados e nos perdoar, é Deus ver que não merecemos mas Ele nos abençoar. Da mesma forma, devemos agir em nossos relacionamentos interpessoais, onde quer que estejamos, ainda que seja difícil tratar bem aqueles que nos ofendem, maltratam ou agem com indiferença nós devemos ter misericórdia e tratá-los com amor.
O que significa misericórdia em nossa casa? É quando o esposo esquece a toalha molhada em cima da cama e a retiramos sem reclamar. Nós gostamos de ser agraciados com o bem que as pessoas nos fazem, porém, muitas vezes nós não plantamos, mas, queremos colher no campo da misericórida, e nos chateamos quando não recebemos, devemos exercer independente se estamos recebendo, pois, nós temos que ter o caráter de Cristo.
Quando está tudo bem em nossas vidas é fácil exercer a misericórida, é fácil ter misericórida, mas, quando “o parafuso aperta”, nós choramos, e não queremos exercer misericórida, pelo contrário desejamos que os outros tenham misericórdia de nós. Praticar a misericórdia independente da situação esta é uma das características de quem é santo e é isso que Deus espera de cada um nós.
Misericórida é quando a pessoa não faz por onde merecer, mas mesmo assim, nós fazemos, por ela, não podemos pensar em momento algum que se nós fizermos estamos sendo bobos, estamos apenas exercendo aquilo que Deus nos ensinou que é exercendo a misericórida. Quem planta misericórida, colhe misericórida! A lei era olho por olho e dente por dente, mas nós vivemos pela graça, e a graça nos ensina a oferecer a outra face se preciso for.
Devemos ter paciência para saber esperar o tempo certo de Deus. Eclesiastes 3 diz que há tempo para todas as coisas. E que tempo é esse no seu ministério? Será que é o tempo de espera no tempo de Deus? Muitas vezes nós começamos hoje e já queremos estar no topo, queremos o grande título de vencedor, mas não é assim, há um tempo que irá acontecer todas as coisas, e não é com a nossa impaciência, nossa chatice, pois cada um o tempo irá tratar. Tem coisas que o Senhor irá tratar com o tempo, isso é ser santo, esta é uma característica de quem é santo. Amor, paciência, misericórida, isto é ser santo.
Suportar e perdoar. O que é suportar? É uma forma de exercer o perdão, aguentar nem que seja a força, temos que perdoar aquele que nos ofendeu até mesmo publicamente ainda que esta pessoa não mereça. Devemos ser misericordiosos uns com os outros, pois, o céu não é daqueles que mais receberam bençãos e dádivas, mas daqueles que tiveram e mantiveram a santidade diante de Deus.
Será que Deus não entende que nos ferimos? Ele entende isso, pois, seu filho foi ofendido muito mais, teve sua carne rasgada, foi cuspido, humilhado, crussificado, mas foi capaz de liberar perdão e interceder junto ao Pai, pois, eles não sabiam o que faziam.
 A falta de perdão nos faz perder a comunhão com Deus, se a comunhão horizontal está danificada, a comunhão vertical também será corrompida, pois, devemos liberar perdão para obtermos o perdão, aquele que se faz de vítima a vida inteira e não libera perdão e não é capaz de pedir perdão, este não possui a característica de quem é santo.
Aquele que dobra o joelho e fica pedindo a Deus que quem ofendeu peça perdão, este precisa aprender que para ganhar com Deus é necessário perder diante do homem, então vá até esta pessoa e libere o perdão, pois, isto é santidade.
Muitas vezes deixamos de perdoar, mostramos uma cara mascarada diante dos homens, mas, diante de Deus não há como disfarçar, Deus quer nos curar, fazendo com que nós venhamos liberar perdão. Quando pedimos a Deus para tirar o nosso orgulho, Deus entra com providência para mudar história. A palavra diz que aquele que está com alguma queixa de algum irmão, este deve perdoar para que Deus o perdoe também, quando não perdoamos não somos perdoados.
A paz de Deus deve habitar em nós em toda sabedoria, ensinando e admoestando, com salmos e hinos espirituais, e tudo quanto fizermos em palavras e obras, devemos dar glória.
Tudo em nossa vida deve ser santo, para glorificar o nome do Senhor Jesus, aprendendo a palavra de Deus, e que nós venhamos a viver por esta palavra, isto quer dizer que não podemos passar a mão na cabeça de um irmão se ele estiver errado, mas devemos mostrar a ele os caminhos corretos diante de Deus.
Santidade não é comodismo, não é porque temos muitos anos de evangelho que não devemos orar continuar orando e louvando com intensidade. Claro que não, devemos acender a chama do primeiro amor, manter-se fiel a Deus e constante a todo tempo, não importa o tempo de evangelho, mas devemos nos manter constantes. Isto é santidade!
 Não podemos deixar de nos apaixonar por Deus, não podemos deixar que a rotina tome de conta de nossa fé, nossa oração e nossa meditação na palavra não pode ser um fardo, nosso encontro com o Senhor não pode ser uma rotina, pois, após um certo tempo não suportaremos mais estar na igreja, nossos pensamentos estarão distantes pensaremos em tudo menos em estar ali.
Deus não quer ser como aquela esposa que espera pelo marido que nunca chega, devemos ansear por estar na presença do Senhor pois, isto é avivamento, isto é santidade. Pense nisso!!!

Nenhum comentário: