Animação IBESO

Tradutor / Translate

20 de outubro de 2011

VITÓRIA É PARA QUEM CRE

17/10 /11 CELEBRANDO A VITÓRIA

PR. EDIMILSON Igreja Assembléia de Deus

"Que diremos, pois, a estas coisas? Se Deus é por nós, quem será contra nós? Aquele que nem mesmo a seu próprio Filho poupou, antes o entregou por todos nós, como nos não dará também com ele todas as coisas? Quem intentará acusação contra os escolhidos de Deus? É Deus quem os justifica. Quem é que condena? Pois é Cristo quem morreu, ou antes quem ressuscitou dentre os mortos, o qual está à direita de Deus, e também intercede por nós. Quem nos separará do amor de Cristo? A tribulação, ou a angústia, ou a perseguição, ou a fome, ou a nudez, ou o perigo, ou a espada? Como está escrito: Por amor de ti somos entregues à morte todo o dia; Somos reputados como ovelhas para o matadouro. Mas em todas estas coisas somos mais do que vencedores, por aquele que nos amou. Porque estou certo de que, nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as potestades, nem o presente, nem o porvir; Nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor." (Romanos 8: 31 a 39)

Nós temos na bíblia alguns cânticos, como o de Moises, Débora, Ana e tantos outros, quando chegamos nesta epístola, vemos que este tem por nome “Cântico de Vitória” e ele começa dizendo que “se Deus é por nós, quem será contra nós?”.

Já ouvimos muitas vezes algumas pessoas que recitam esta passagem, mas na prática em nosso dia-a-dia, temos mais pessoas que são contra nós do que a nosso favor. Como a nora contra a sogra, o pai contra os filhos, muitas vezes o nosso maior inimigo está dentro de nossa própria casa. O profeta Miquéias descobriu que os inimigos dele estavam muito mais próximos dele.

"Porque o filho despreza ao pai, a filha se levanta contra sua mãe, a nora contra sua sogra, os inimigos do homem são os da sua própria casa. Eu, porém, olharei para o SENHOR; esperarei no Deus da minha salvação; o meu Deus me ouvirá. Ó inimiga minha, não te alegres a meu respeito; ainda que eu tenha caído, levantar-me-ei; se morar nas trevas, o SENHOR será a minha luz." (Miquéias 7: 6 a 8)

Vemos tribulação, angústia e isso significa que alguém está contra nós, existe uma perseguição, Paulo diz neste texto: “se Deus estiver ao nosso lado, ninguém poderá prevalecer contra nós” nós não iremos nos deter diante das tribulações e perseguições se Deus estiver conosco, pois, em todas estas coisas somos mais que vencedoras.

Vencer não é tão simples quanto parece, mas para alcançarmos a vitória precisamos de objetivos, propósitos, para descobrir o que nos leva a ser mais que vencedores é saber que todas as coisas estão cooperando a nosso favor. Quando não compreendemos isso, as coisas ficam muito mais difíceis.

"E quero, irmãos, que saibais que as coisas que me aconteceram contribuíram para maior proveito do evangelho;" (Filipenses 1: 12)

Paulo glorificava a Deus pelas prisões sofridas por ele, é difícil nós glorificarmos a Deus por nossas lutas, mas Paulo via que as prisões cooperavam para o crescimento do evangelho, pois, o reino de Deus ganhou e expandiu e a obra de Deus foi abençoada através disto.

José foi odiado pelos irmãos, passou por uma trama de morte, foi jogado numa cisterna, vendido aos israelitas como escravo pelos seus próprios irmãos, foi para a casa de Potifar, mas quando tudo parecia bem foi acusado por sua mulher, foi preso, pediu para um copeiro que se lembrasse dele quando estivesse diante de faraó.

Muitas vezes pensamos que ganhar até uma balinha de alguém mostra que fomos lembrados. Imagina José que passou 13 anos passando por lutas, mas chegou uma hora que Deus colocou um ponto final a prova, fez faraó sonhar algo que ninguém era capaz de decifrar o copeiro falou do das interpretações de José lá na cadeia, então faraó mandou chamá-lo para que interpretasse seus sonhos. José se viu dormindo num presídio num dia e no outro acordou como governador do Egito, ele salvou o Egito da fome seus irmãos foram procurar ele sem saberem quem era para que pudessem matar a fome, ele foi misericordioso e os perdoou. Deus converteu toda a maldição da vida dele em bênção, Deus transformou toda humilhação e sofrimento em palco de exaltação.

Todas as coisas cooperam para o bem dos que amam a Deus. O que leva um crente ser mais que vencedor? É saber que Cristo está com Ele.

Ainda que estejamos no fundo do poço, mas quando ouvirmos Deus falar que Ele está conosco, isso nos torna mais que vencedores. O salmista disse: ”ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte eu não temerei”. Mas porque no vale da sombra da morte? Porque na pior das experiências sua confiança em Deus lhe mostrou que até ali o Senhor estaria com ele. O Senhor é o nosso refúgio bem presente.

Gideão quando questionou a Deus que ele não poderia salvar Israel, Deus disse: que a vitória não estava no tamanho dele, mas sim no que Deus estava dizendo a ele vai nesta tua força porque Eu sou contigo”.

Isso nos garante que seremos mais que vencedores. Jesus diz que: “muitos são chamados, mas poucos são escolhidos”, mas quando Deus diz que nos escolheu, diabo se segura, pois, Deus já mais perdeu uma guerra, pois, nesta hora nós passamos a ser mais que vencedores.

Paulo foi escolhido por Deus ainda no ventre de sua mãe.

"Mas, quando aprouve a Deus, que desde o ventre de minha mãe me separou, e me chamou pela sua graça." (Gálatas 1: 15)

Crentes cabisbaixos, lamentando a vida, a nossa substância estava ainda informe, mas Deus já havia escrito todos os nossos dias, antes de sermos formados Deus já havia escrito nossa história, história de vida e vitória.

Para Deus não importava se Paulo foi um perseguidor, o que ele fez deixou de ter importância quando ele teve um encontro verdadeiro com Deus, como está escrito em Gálatas Paulo foi escolhido, no ventre de sua mãe, antes dele nascer Deus o já tinha escolhido.

Saber que Deus nos escolheu antes de nós nascermos nos faz mais que vencedores, mas para tomarmos posse disso precisamos saber em quem temos crido, precisamos conhecer este Deus.

"Por cuja causa padeço também isto, mas não me envergonho; porque eu sei em quem tenho crido, e estou certo de que é poderoso para guardar o meu depósito até àquele dia." (II Timóteo 1: 12)

Ao buscar a Deus, para conhecê-lo, precisamos dar lugar para Ele, precisamos nos esvaziar de nós mesmos para que possamos ser cheios de sua graça. Para termos alcançarmos o posto de mais que vencedores, não pode haver em nosso coração incredulidade.

"E vemos que não puderam entrar por causa da sua incredulidade." (Hebreus 3: 19)

Quando Deus tirou o povo do Egito, Deus havia prometido uma terra que emanava leite e mel, mas de todo aquele povo que dali saiu, apenas dois entraram naquela terra que foram Calebe e Josué. Muitas vezes nós estamos tão próximos a nossa bênção, mas muitas vezes não tomamos posse porque nos deixamos ser guiados pela incredulidade.

Jesus disse aos discípulos, sejam crentes e não incrédulos, pois, a fé não é ver para crer, mas é crer para ver. Jairo recebeu a notícia de que sua filha havia morrido, mas Jesus perguntou se ele cria, pois a menina não estava morta, apenas dormia, ele creu e pode ver a manifestação do poder de Deus.

Vitória não é para quem quer, a vitória é para quem crê! Para celebrar a vitória é necessário crer quem está passando por momentos difíceis por mais difícil que seja, creia.

Envergonhado e confundido serão aqueles que não crerem, não importa a sua situação creia e viva o milagre de Deus na sua vida. A fé chama a existência o que não existe. Creia e tome posse da sua vitória. Pense nisso!!

Nenhum comentário: