Animação IBESO

Tradutor / Translate

10 de outubro de 2011

O PODER DA MÍDIA

09/10 /11 Culto de Celebração PR. Cláudio

"A entrada das tuas palavras dá luz, dá entendimento aos símplices." (Salmos 139: 130)

A mídia tem uma grande importância dentro de nosso lar, muitas vezes achamos que nossos filhos estão “seguros” assistindo televisão dentro de nossos lares. A grande maioria das crianças tem sido educada pela televisão, internet ou por algum tipo de jogo violento, pois, seus pais, trabalham o dia todo.

A televisão serve tanto para o bem quanto para o mal, para a perdição ou para o bom caminho. A mídia tem sido controlada, em todos os comerciais, ou se coloca uma criança ou uma mulher seminua, a mídia televisiva tem estabelecido padrões de pessoas perfeitas e todos nós temos sido influenciados por este tipo de propaganda.

Temos visto que nas igrejas, o evangelho que tem sido pregado hoje é o da conquista e da superação, onde temos que ser melhor que nosso irmão o espírito capitalista tem tomado das igrejas e de nossos filhos.

Nossos filhos têm sido condicionados a serem “vitoriosos ou não” ao adquirir determinado produto que a mídia usou para chamar a atenção, e os pais se vêm muitas vezes em meio ao fogo cruzado entre satisfazer o desejo do filho ou não. Muitos não resistem e acabam se atolando em dívidas cada vez maiores para satisfazer o desejo consumista do filho ou o próprio desejo de consumismo.

Somos colocados muitas vezes diante de situações com nossos filhos causadas pela simples falta de atenção dos pais com os filhos, as mulheres ganharam os seus direitos, conquistaram liberdade, dependência financeira, o que não é errado, ao contrário é muito bom, mas por outro lado perderam o simples direito de ser mãe, de ver o seu filho crescer, ser educado com qualidade.

O modelo de família de hoje, é pai e mãe trabalhando e a criança sendo criada por uma babá e pela televisão. Diante deste quadro que é tão comum ficam os questionamentos:

O que é família? Qual o modelo de família que temos seguido?

Ao meditarmos na palavra de Deus, nós podemos compreender muito desta mudança principalmente quando ela afirma que o amor um dia se esfriará, será que nosso relacionamento com nossa família não tem se esfriado?

"E, por se multiplicar a iniqüidade, o amor de muitos esfriará." (Mateus 24: 12)

Quando muitos de nós éramos crianças nossas brincadeiras eram: pique-pega, queimada, pique-esconde, entre outras as crianças cresciam dentro da comunhão, da amizade, elas cresciam sabendo que precisava um dou outro, pois, brincar sozinhas não tinha graça, mas as crianças de hoje estão diante de um computador ou diante de um vídeo-game de última geração, seu papo é só de jogos de tecnologia, consumismo por celulares e afins, produtos vendidos pela mídia de forma covarde que os induzem a deixarem de viver a vida real para entrarem no mundo surreal que a própria mídia criou.

Quantas famílias têm sido influenciadas pelas novelas? Quer seja numa cor da unha, no corte de cabelo, um sapato, a mídia exibe um mundo que não existe, uma moda caríssima que muitas famílias não têm condições de pagar, se aquele jovem não consumir determinado produto, ele automaticamente será excluído de algum “clubinho social”. Não é errado comprar, mas que tudo aquilo que fizermos, precisa ser consciente precisamos nos questionar se realmente precisamos daquele produto que está se tornando objeto de desejo por nós e por nossos filhos devemos fazer esta análise precisamos ser realistas para analisar o nosso financeiro, se realmente temos condições de adquirir aquele produto. Não podemos nos tornar um consumidor de luxo que iremos usufruir do mesmo por apenas dois, ou três dias e depois será “descartado” porque logo irá perder a “graça”.

Muitas vezes a falta de atenção aos filhos forma um vazio dentro deles, se nós não educarmos nosso filho, a televisão irá educar, esta criança ou jovem tentará trazer a realidade inexistente da TV para ele, mas isso é ilusão, precisamos aprender a tirar um tempo para nossos filhos.

Muitos adolescentes que vemos por aí, foram influenciados por novelas e programas que investem em namoro antes do tempo e o resultado disso são adolescentes que são pais precocemente, logo deixam de estudar, de investir em seu futuro para viver aquilo que a mídia incentivou direta ou indiretamente, quando pautamos nossa vida na palavra de Deus, nós vemos que tudo tem o seu tempo certo.

A exposição da palavra de Deus dá luz e entendimento, o que não vem de Deus vem do diabo, a bíblia diz que o mundo jaz no inimigo. Diante deste quadro caótico, o que fazer com nossa família?

Se prostre aos pés de Jesus, que a nossa vida seja a morada do Espírito Santo de Deus. A grande questão está na obediência à palavra de Deus, precisamos estar atentos e vigilantes.

Obedecer à voz de Deus é compreender o plano da salvação, é compreender que a páscoa não é sinônimo de ovo de chocolate. Quem já viu coelho colocar ovo de chocolate? A Páscoa é um símbolo do sacrifício de Jesus para nos libertar, de nossos pecados, da idolatria, da falsidade, Jesus veio mudar nosso caráter, devemos nos encher do Espírito Santo de Deus, precisamos da presença de Deus, pois, com Ele nós temos tudo.

Se a nossa alegria estiver em ganhar um presente, podemos nos considerar a pessoa mais infeliz desta terra, pois, o mais importante é compreendermos o plano da salvação, ter a verdadeira alegria do Senhor em nossa vida. Jesus não veio para mostrar que todos estão certos não, Ele veio nos mostrar que estávamos errados, que havíamos nos desviado do centro da vontade de Deus.

Devemos estabelecer o reino de Deus, pois desta forma, não correremos atrás de bênçãos, mas elas nos alcançarão no tempo determinado por Deus. Muitas vezes quando estamos dentro de nossas casas, queremos ser o “crentão”, mas no fundo somos o “podrão”.

Decisões erradas em nossa vida, refletem conseqüências às vezes para outras pessoas, pais que erram na criação de seus filhos, terão conseqüências para o resto da vida. O que precisamos fazer para mudar isso? Buscar entendimento no Senhor.

Porque há brigas em nosso seu lar? Será que não está na hora de desligar a televisão, o computador o playstation para buscarmos uma conversa para compreender o que está acontecendo? Será que não está na hora de paramos para tentar compreender o que está acontecendo em nossa volta? Está na hora de sentar e colocar nossa vida diante de nossos familiares para um bom diálogo, pois, não deve ser a mídia que deve influenciar a nossa família, mas o Espírito Santo de Deus, mas para isso, traga a sua família para o altar de Deus. Pense nisso!!!

Nenhum comentário: