Animação IBESO

Tradutor / Translate

6 de agosto de 2011

QUAL O SEU CHAMADO?

6º Dia da Campanha: Semeado a Colheita 05/08/11

PR. CLÁUDIO

"Pela fé Abraão, sendo chamado, obedeceu, indo para um lugar que havia de receber por herança; e saiu, sem saber para onde ia. Pela fé habitou na terra da promessa, como em terra alheia, morando em cabanas com Isaque e Jacó, herdeiros com ele da mesma promessa. Porque esperava a cidade que tem fundamentos, da qual o artífice e construtor é Deus. Pela fé também a mesma Sara recebeu a virtude de conceber, e deu à luz já fora da idade; porquanto teve por fiel aquele que lho tinha prometido. Por isso também de um, e esse já amortecido, descenderam tantos, em multidão, como as estrelas do céu, e como a areia inumerável que está na praia do mar." (Hebreus 11: 8 a 12)

Quem é digno de receber a promessa de Deus? Como alcançar essas promessas? Como as promessas de Deus podem se manifestar em nossas vidas de modo que possamos contemplá-las?

É verdade que nos alegramos quando recebemos a profecia de algo que oramos por muito tempo, mas ao mesmo tempo em que o tempo é nosso aliado ele é nosso inimigo, aliado, quando amadurecemos, inimigo quando a gente está à espera de algo, os anos vão passando e parece que a nossa promessa não se cumpre, passam-se anos e nos questionamos cadê a promessa que Deus nos fez?

Como conseguir? A fonte de todas as respostas está na bíblia sagrada, ela é a fonte de todas as promessas de Deus e do plano de Deus para as nossas vidas.

Será que realmente nós temos promessas de Deus? Será que realmente todos os textos bíblicos são para todos ou tem endereço ou mesmo tempo, povo ou raça? Será que no decorrer do tempo, da história e da humanidade temos vivido a sombra dessas promessas?

A bíblia nos mostra, que todos nós temos promessas de Deu. E quando nós alcançamos esta promessa? Na manifestação bendita de Jesus. Paulo diz que estamos indo de encontro à condenação e a perdição todos pecamos e fomos destituídos da glória de Deus, Jesus se entregou na cruz por nós, somos chamados de filhos de Deus.

"Estava no mundo, e o mundo foi feito por Ele, e o mundo não O conheceu. Veio para o que era seu, e os seus não o receberam. Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, aos que crêem no seu nome; Os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do homem, mas de Deus." (João 1: 10 a 13)

Não somos órfãos, não somos produtos de disco voador, de seres extraterrestres, nem evolução de macaco, mas somos frutos do grande amor de Deus, e como fruto deste grande amor, Ele não é como muitos pais por aí que abandonam os filhos, Ele é o nosso Pai. Nós antes não tínhamos nenhum valor, mas através de Jesus Ele nos resgatou, e disse que nós somos Dele, Ele nos chama pelo nome, Ele nos remiu.

Então quem é digno das promessas? Os filhos de Deus, mas muitos pensam quem era digno de receber as promessas eram apenas como Elias, Eliseu, Abraão e tantos outros profetas, mas sem conhecermos os seus planos que Ele nos fez não pelo que somos, mas pela misericórdia Dele somos dignos de receber a promessa de Deus.

É fato, nós temos promessas de Deus, quem não sabe que tem promessa a culpa não é de Deus, mas é nossa, pois, temos obrigação de conhecer os nossos deveres e direitos através da bíblia.

Há promessas que foram para o povo de Israel, como as promessas descritas em Deuteronômio. 28, nós não vamos desfrutar daquilo, mas dos princípios daquela promessa, assim como um pai estabelece princípios para seus filhos, assim também é Deus.

Aonde nós chegarmos ali também chegará à presença de Deus, então temos promessas.

"Clama a mim, e responder-te-ei, e anunciar-te-ei coisas grandes e firmes que não sabes." (Jeremias 33: 3)

Esta promessa foi para Jeremias, se ele clamasse que Deus, Ele se revelaria a, mas conosco não é diferente. Se nos prostramos na presença de Deus, Ele nos ouvirá;

"E buscar-me-eis, e me achareis, quando me buscardes com todo o vosso coração." (Jeremias 29: 13)

A bíblia diz que um coração contrito Deus não rejeita. Todos nós temos promessas de Deus, fomos agraciados pela promessa de Deus sem merecermos, a graça é favor imerecido de Deus.

Com alcançar esta promessa? Como sentirmos ela?

Abraão, antes era chamado Abrão, ele que construía imagens e adorava a vários deuses, mas Deus escolheu Abrão. Como Deus foi buscar no meio do povo um homem de linhagem que fabricava e vendia imagens de deuses pagãos? Como Deus o escolheu? Não sabemos, mas Deus o escolheu?

Para vermos as promessas de Deus, precisamos ser escolhidos por Ele, se estamos aqui hoje é porque Deus nos escolheu, tem que ter uma vontade soberana, Deus nos escolheu através de Jesus e através de seu sangue, somos lavados, remidos e transformados em novas criaturas.

Estamos no caminho certo, Deus nos escolheu.

Precisamos ouvir a voz de Deus e obedecer qual é o chamado de Deus para nossa vida? A palavra que Deus falou quando nos chamou, será que temos cumprindo? O que Ele nos conduziu a fazer, será que temos feito? Tem coisas que não acontecem em nossas vidas, porque estamos andando na contramão de Deus.

Quando Deus tem um propósito, Ele irá cumprir de acordo com os princípios estabelecidos por Ele, quando Ele nos chamou colocou em nós um selo que nos diferencia deste mundo.

Abraão não conhecia a Deus, mas obedeceu a sua voz, foi para um lugar que ele não conhecia.

Por mais que nós não estejamos sentindo segurança, o melhor é ouvir a voz Dele, porque Ele se responsabiliza pela nossa vida. Será que estamos ouvindo a voz Deus. Deus não negocia o chamado de ninguém.

Deus chamou Jonas para levar a palavra para o povo de Nínive, mas ele não quis ir para aquele lugar porque ele conhecia aquele povo, então ele resolveu ir para Tárcis, mas Deus havia dado uma missão para ele. Será que temos feito o que Deus tem proposto em nosso coração? Jonas não fez e foi engolido pelo peixe e foi levado para onde Deus queria que fosse a cidade de Nínive.

Quando Deus tem um propósito nas nossas vidas nós acabamos fazendo a vontade de Deus, ainda que agente teime por um tempo, nós acabamos cedendo e cumprindo os planos de Deus.

Abraão pegou a sua família e foi para uma terra que nem ele sabia onde era. Não se preocupe, pois, é Deus quem nos garante, por mais que venha o deserto, o mar vermelho, o leão, a fornalha, é melhor realizar o que Deus tem para a nossa vida, porque fazendo assim estamos no caminho certo para tocarmos nas promessas de Deus como elas são.

Campanha é bom, aviva, isso é bom, mas existem pessoas que podem fazer a campanha que for porque nada vai mudar. E agora? Sabe por quê? Deus entregou algo em nossas mãos, não é diabo não é nada, são princípios quebrados, faça o que Deus mandou, quando Deus entrega algo na vida de alguém, se o inimigo se levanta ele vai ter que cair, pode vir a tempestade, o exército, a praga, o diabo e seus anjos sobre a nossa vida, mil cairão ao nosso lado, e dez mil a nossa direita, mas não seremos atingidos, porque nós estás no centro da vontade de Deus, porque somos filhos de Deus.

E quando o diabo nos vê, logo pensará lá vem o filho de Deus, só a autoridade que está sobre as nossas vidas, ele vai sair, porque ele reconhece o Deus que está em nossa vida.

Está na hora de deixarmos de usar muletas, não estamos aqui para fazer a vontade do homem, mas a vontade de Deus, nós fomos chamados para levar a palavra do Senhor.

Quando estamos de baixo da autoridade de Deus não precisamos de amuletos santos, até o mal que planeja contra nossa vida, será revertido, precisamos conhecer quem é Deus, quem é o Senhor das nossas vidas. Quando Ele está no controle, não há inimigo que se levante, porque o próprio Deus nos levanta mesmo fraco Deus é a nossa fortaleza, quando pensamos que estamos fracos, aí é que estamos fortes, é nesta hora que Deus encontra espaço para agir em nossa vida.

Deus quer que a igreja desperte para esta realidade, muitos se prostram por qualquer coisa, tem medo de tudo, mas o nosso Deus é o Deus da provisão e Ele se responsabiliza por nós.

Quando estamos desanimados, aparecem em nossa mente muitos questionamentos, não podemos desanimar, pois Deus está vendo o nosso esforço, Ele tem visto como nós temos lutado, com tudo o que tem vindo contra a nossa vida, Ele não é irresponsável, e quando demonstramos vontade, Ele se levanta do seu trono e brada em nosso favor.

Sabe por que Deus preparou este tempo? Porque as portas estão fechadas? Porque não temos abraçado o que Ele tem colocado em nossas mãos, faça a vontade de Deus, pois somente Ele poderá abrir as portas.

Se o Senhor não guardar em vão será o nosso esforço para salvar a nossa famílila, o nosso casamento, nossos filhos dos maus caminhos, quando nos entregarmos verdadeiramente a Ele, Ele fará o impossível em nossa vida.

É hora de sairmos desse marasmo, das muitas desculpas, Deus nos quer por inteiro, não quer pela metade, Ele investiu alto na nossa vida, é hora de marchar, ainda que falte fôlego e força, a melhor escolha é a entrega do nosso caminho ao Senhor e o mais Ele fará.

O que Deus tem para nossas vidas é grande, Ele não nos chamou para calda, Ele nos chamou por cabeça, Ele quer nos honrar, e nos dar dupla honra,

Jonas fugiu, e nós muitas vezes temos fugido talvez o nosso problema seja nosso casamento seja por desobediência, nós temos que ter responsabildiades, mas o que Deus colocou as nossas mãos é grande de mais, vamos nos colocar na posição, as nossas bênçãos não foi para maldição não, foi para honrar aquilo que Deus tem para nós.

É hora de lembrar os votos que fizemos a Deus, o que prometemos a Deus, Ele hoje está nos cobrando, Ele quer nos lembrar, se queremos colher, temos que aceitar o que Deus colocou em nossas mãos.

"E a um deu cinco talentos, e a outro dois, e a outro um, a cada um segundo a sua capacidade, e ausentou-se logo para longe. Então aproximou-se o que recebera cinco talentos, e trouxe-lhe outros cinco talentos, dizendo: Senhor, entregaste-me cinco talentos; eis aqui outros cinco talentos que granjeei com eles. E o seu senhor lhe disse: Bem está, servo bom e fiel. Sobre o pouco foste fiel, sobre muito te colocarei; entra no gozo do teu senhor. E, chegando também o que tinha recebido dois talentos, disse: Senhor, entregaste-me dois talentos; eis que com eles granjeei outros dois talentos. Disse-lhe o seu SENHOR: Bem está, bom e fiel servo. Sobre o pouco foste fiel, sobre muito te colocarei; entra no gozo do teu senhor. E, atemorizado, escondi na terra o teu talento; aqui tens o que é teu. Respondendo, porém, o seu senhor, disse-lhe: Mau e negligente servo; sabias que ceifo onde não semeei e ajunto onde não espalhei? Devias então ter dado o meu dinheiro aos banqueiros e, quando eu viesse, receberia o meu com os juros. Tirai-lhe pois o talento, e dai-o ao que tem os dez talentos.” (Mateus 25: 15, 20 a 28)

Cadê o talento, o dom de profecia, o dom de louvar, será que perdemos com as coisas deste mundo, Deus está cobrando uma posição. Ele nos colocou em posições estratégicas para fazermos a vontade Dele e através de nossa vida coisas ainda maiores Ele poderá fazer. A tempestade da nossa de muitos só passará quando abraçarem o chamado de Deus.

Abraão obedeceu e ouviu a voz de Deus, ele peregrinou no deserto em terra desconhecida. Muitas vezes Deus nos coloca em terras estranhas para alcançarmos a promessa Dele. Todos nós temos chamados quer seja na interseção, pastor, levita, missionário, entre outros, até quando vamos ficar assim neste posicionamento?

Ou nós seguimos a Deus ou ao homem Deus não fica devendo nada a ninguém está na hora de sacudir a poeira da dúvida e do pecado, de tudo aquilo que tem embaçado a nossa visão.

Assim como Deus conduziu pelo deserto a Abraão, mesmo estando fadigado e cansado pela idade, Deus animou ele prometendo que sua esposa lhe daria um filho, nasceu Ismael, mas este foi o filho da escrava, e não era ele o filho da promessa, anos mais tarde sua esposa Sara pode gerar, e alcançou a promessa de Deus.

Todos os que alcançaram a promessa de Deus, eles não estavam desocupados não, eles passaram por muitas tribulações, mas Deus entregou a vitória.

Mesmo que estejamos cansados, Deus peleja por nós e age em nossas vidas. Devemos glorificar a Deus pelas experiências com Deus, de ser confrontado, encurralado no canto da parede, contemple e veja Deus abrir caminho, veja as portas serem abertas onde não há.

Deixe Deus agir, o Espírito Santo está agindo e borbulhando em suas vidas, deixe Ele nos encher, onde nós não pudermos, e não conseguirmos, Ele consegue. Em momentos de fraqueza Deus animou Abraão, mas quando todos não acreditaram foi quando Deus se manifestou e cumpriu a sua promessa, para alcançar a promessa e tomar posse e segurar a benção. Temos que ouvir, obedecer e abraçar o chamado Dele.

Nenhum comentário: