Animação IBESO

Tradutor / Translate

29 de agosto de 2011

FAÇA A DIFERENÇA NESTA GERAÇÃO

3º Dia Conferência de Mulheres

Diaconisa Benedita – IBE / Sede

"E, passando Jesus outra vez num barco para o outro lado, ajuntou-se a ele uma grande multidão; e ele estava junto do mar. E eis que chegou um dos principais da sinagoga, por nome Jairo, e, vendo-o, prostrou-se aos seus pés; E rogava-lhe muito, dizendo: Minha filha está moribunda; rogo-te que venhas e lhe imponhas as mãos, para que sare, e viva. E foi com ele, e seguia-o uma grande multidão, que o apertava. E certa mulher que, havia doze anos, tinha um fluxo de sangue, E que havia padecido muito com muitos médicos, e despendido tudo quanto tinha, nada lhe aproveitando isso, antes indo a pior; Ouvindo falar de Jesus, veio por detrás, entre a multidão, e tocou na sua veste. Porque dizia: Se tão-somente tocar nas suas vestes, sararei. E logo se lhe secou a fonte do seu sangue; e sentiu no seu corpo estar já curada daquele mal. E logo Jesus, conhecendo que a virtude de si mesmo saíra, voltou-se para a multidão, e disse: Quem tocou nas minhas vestes? E disseram-lhe os seus discípulos: Vês que a multidão te aperta, e dizes: Quem me tocou? E ele olhava em redor, para ver a que isto fizera. Então a mulher, que sabia o que lhe tinha acontecido, temendo e tremendo, aproximou-se, e prostrou-se diante dele, e disse-lhe toda a verdade. E ele lhe disse: Filha, a tua fé te salvou; vai em paz, e sê curada deste teu mal." (Marcos 5: 21 a 34)

Esse texto nos conta duas histórias a de uma mulher e de um homem de forma simultânea, estes dois estavam no meio da multidão. A bíblia nos mostra várias mulheres que fizeram a diferença no seu tempo, e hoje não é diferentes, o Senhor nos chama mulheres e homens, jovens e crianças, no meio desta geração para fazermos a diferença, entre os que buscam o reino e a palavra de Deus dos que estão perdidos em meio à multidão.

A mulher que tinha um fluxo de sangue, ela era excluída por ser considerada impura. Hoje muitos têm sido excluídos da sua casa, por serem considerados “ovelha negra da família”, mas hoje, a sua história pode mudar.

A Ana fez a diferença no seu tempo, esta mulher ultrapassou barreiras, Ana foi afrontada, por Penina, Penina zombava dela por que Ana não podia gerar filhos, ela era estéril, mas um dia Ana reagiu clamou ao Senhor, porque ela não aceitava mais ser afrontada e humilhada por Penina.

Homem e mulher de Deus não aceite a afronta, Ana foi uma intercessora que não abriu mão de seu sonho de ser mãe, ela orou clamou e Deus abriu sua madre. Se nos colocarmos na posição de homens e mulheres de Deus, ainda hoje o Senhor poderá fazer mais do que aquilo que pedimos ou pensamos.

Aquela mulher do fluxo tinha doze anos e a filha de Jairo que estava moribunda também tinha doze anos, ambas tinham a mesma idade. Aquela mulher do fluxo de sangue devia se ver como uma doente, sem vida, porque o sangue representa a vida e ela a doze anos estava perdendo sangue com aquela hemorragia, aquele fluxo, talvez ela não tinha mais coragem nem de se ver no espelho, mas se ela se olhasse, ela se veria magra e feia porque perdia sangue a doze anos. As mulheres daquele tempo eram consideradas impuras, ela era uma rejeitada da sociedade, ela não tinha amigos, pois, aqueles que se aproximassem se tornavam impuros. Ela ouviu falar de Jesus, e saiu de sua casa em busca de sua cura.

Hoje Deus nos diz sai da caverna, pois Jesus quer mudar a nossa história, é dia de fazer a diferença nesta geração, nossa história pode marcar nosso tempo.

Aquela mulher saiu de casa, Jairo também saiu ambos foram ao encontro de Jesus, Jairo era um homem de fé. Homens, Jesus também os chamou para fazer a diferença na sua casa. A filha de Jairo estava moribunda, ele foi ao encontro do Senhor para lhe pedir uma cura.

Homens, vocês são os sacerdotes do seu lar, vocês precisam ir de encontro ao seu milagre. Jesus ouviu o pedido de Jairo foi andando em meio à multidão, aquela mulher do fluxo de sangue não desistiu ao ver o tamanho da multidão que cercava a Jesus.

A mulher da nova geração precisa ter fé, se não ela é levada pelas leis e costumes deste mundo, são tantas exigências precisamos ser bonitas, magras, um cabelo perfeito, uma pele como de um neném, mas o Senhor Jesus, não olha para a beleza externa Ele espera encontrar apenas mulheres de fé, determinadas a fazer a vontade do Senhor.

Aquela mulher enfrentou uma multidão, tinham duas multidões, as mais distantes que queriam tocar o Mestre e aqueles que estavam perto que eram os discípulos, estes eram os obstáculos que impediam que aquela mulher se aproximasse de Jesus, ela teve que romper ambas as barreiras, ela estava determinada, ela não somente tocou a orla do vestido de Jesus como também tirou virtude Dele, e Jesus sentiu essa virtude sair dele.

A orla daquele vestido era a representação do poder do Filho de Deus, aquela mulher sabia que se tão somente ela tocasse seria toca, quando ela tocou imediatamente ela foi curada pelo poder de Jesus. O que nós precisamos hoje, para ser curado? Talvez a hemorragia de uns tenha um ano, dois, doze não importa quantos anos, se tão somente crermos no poder do Senhor pode essa hemorragia pode ter um fim a qualquer momento. Faça deste dia o dia do seu milagre, não há multidão que vá impedir que o seu milagre aconteça.

Hoje o Senhor quer façamos a diferença nesta multidão, Jairo e aquela mulher tocaram em Jesus de formas diferentes, porém, Jairo pela fé, e a mulher fisicamente.

Jesus parou, virou e perguntou quem me tocou? Quem foi o ousado que tocou em minhas vestes, e tirou virtude de mim? Naquela hora aquela mulher deve ter sentido temor pela sua ousadia, porque ela tocou o Mestre em seu estado de impureza.

A mulher de uma nova geração precisa ser tratada em suas emoções, aquela mulher sabia o que tinha acontecido e reconheceu que tinha tocado nas vestes de Jesus, naquela hora ela deve ter sentido medo por que tudo o que ela tocasse era considerado impuro, aquela cura, não foi apenas do fluxo, mas de suas emoções, ela admitiu temendo e tremendo que havia sido ela que o havia tocado, em Jesus.

Aquela mulher assumiu que havia tocado no Senhor, ela viu no Senhor a única oportunidade, porque ela cria que só o Senhor podia mudar a história dela.

Igreja do Senhor, o Senhor espera que o toquemos, sem medo e vergonha, no meio de uma multidão que diz que o senhor não existe, mas o nosso Deus é o mesmo de hoje, amanhã e sempre, Ele quer que nós enfrentemos essa multidão da incredulidade.

Os companheiros de Jairo foram ao encontro dele para o avisar que a filha dele estava morta, não havia razão de incomodar ao Mestre. Talvez alguns já tenham ouvido que seu ministério não vai dar certo, que sua família irá permanecer do mesmo jeito, eu não sei o que você precisa, mas eu sei que o Senhor pode ressuscitar aquilo que está morto na sua vida.

Jesus mandou tirar toda a multidão, escolheu apenas alguns discípulos, foi à casa de Jairo e disse que a menina apenas dormia. Jesus entrou no quarto onde ela estava, mandou todos saírem. Para termos intimidade com Deus precisamos estar a sós em nosso quarto em espírito de oração. Ele entrou no quarto apenas com os pais da menina, deu uma ordem e ela se levantou.

Aquilo que está morto irá ressuscitar, mas isso só depende de nossa fé nossas atitudes diante do Senhor todos nós precisamos de um milagre, e hoje pode ser o dia do nosso milagre.

Jesus mandou aquela menina levantar, e pediu que a alimentassem. O Senhor nos renova, nos alimenta, nos dá uma força nova para enfrentar aqueles que zombam de nós e por amor a nós é capaz de perseguir os nossos inimigos, Ele é a nossa justiça, é Ele quem entrega em nossas mãos a chave da vitória. Creia nisso!!!

Nenhum comentário: