Animação IBESO

Tradutor / Translate

4 de julho de 2011

SANTA CEIA 03/07

CULTO DE CELEBRAÇÃO

& SANTA CEIA 03/07/11

A IGREJA QUE NÃO ESTÁ NO CORAÇÃO DE JESUS

Pr. Cláudio

"E eis que se levantou um certo doutor da lei, tentando-o, e dizendo: Mestre, que farei para herdar a vida eterna? E ele lhe disse: Que está escrito na lei? Como lês? E, respondendo ele, disse: Amarás ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todas as tuas forças, e de todo o teu entendimento, e ao teu próximo como a ti mesmo. E disse-lhe: Respondeste bem; faze isso, e viverás. Ele, porém, querendo justificar-se a si mesmo, disse a Jesus: E quem é o meu próximo? E, respondendo Jesus, disse: Descia um homem de Jerusalém para Jericó, e caiu nas mãos dos salteadores, os quais o despojaram, e espancando-o, se retiraram, deixando-o meio morto. E, ocasionalmente descia pelo mesmo caminho certo sacerdote; e, vendo-o, passou de largo. E de igual modo também um levita, chegando àquele lugar, e, vendo-o, passou de largo. Mas um samaritano, que ia de viagem, chegou ao pé dele e, vendo-o, moveu-se de íntima compaixão; E, aproximando-se, atou-lhe as feridas, deitando-lhes azeite e vinho; e, pondo-o sobre a sua cavalgadura, levou-o para uma estalagem, e cuidou dele; E, partindo no outro dia, tirou dois dinheiros, e deu-os ao hospedeiro, e disse-lhe: Cuida dele; e tudo o que de mais gastares eu to pagarei quando voltar. Qual, pois, destes três te parece que foi o próximo daquele que caiu nas mãos dos salteadores? E ele disse: O que usou de misericórdia para com ele. Disse, pois, Jesus: Vai, e faze da mesma maneira." (Lucas 10: 25 a 37)

Precisamos mudar nossa visão quanto à igreja buscando o espelho da igreja que está em Cristo Jesus, não podemos submetê-la a exemplos de homens falhos, mas o modelo e exemplo a ser seguido é o que Jesus nos deixou, sendo aliviados e fortalecidos pelo Espírito Santo de Deus, temos que ser vistos como um só corpo me Cristo.

Qual a igreja que não está no coração de Cristo? A igreja cega.

Na meditação de hoje vemos três homens tiveram a mesma oportunidade de ajudar aquele homem que estava quase morto, mas dos três somente o samaritano se compadeceu e ajudou aquele homem. A igreja precisa enxergar, assim como aquele samaritano.

O sacerdote era o responsável espiritual que fazia a ponte que ligava o homem a Deus, para pedir e clamar por misericórdia, mas naquele momento, aquele sacerdote não quis sujar suas vestes, talvez ele estivesse com muita pressa para apresentar-se no templo para orar pelo povo de Israel e por isso não pode socorrer aquele que estava a padecer. Deus espera uma atitude de nós assim como esperava daquele sacerdote, mas ele fez a sua escolha de ignorar o que presenciara.

O levita que também passou pelo caminho também poderia ter parado para ajudá-lo, mas também não foi capaz de ajudar aquele homem caído, talvez ele tivesse pensado o que eu ganharia com isso, em ajudar um infeliz largado à beira da morte.

Muitos vêem o púlpito apenas como um palco de apresentações, demonstram técnicas dominam os instrumentos, mas são incapazes de estender a mão a um irmão que muitas vezes está necessitando apenas de uma palavra, um abraço ou quem sabe simplesmente alguém apenas para ouvi-lo.

Quantas pessoas hoje estão feridas? Quantas temos estendido a mão para ajudá-las? Muitas vezes nós buscamos a Deus, mas não somos capazes de ajudar aqueles que estão a nossa volta. Aquele doutor da Lei que estava a questionar a Jesus estava preocupado com a salvação e questionou a Jesus como ele poderia herdar a vida eterna, mas a resposta do Senhor foi simples:

"E, respondendo ele, disse: Amarás ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todas as tuas forças, e de todo o teu entendimento, e ao teu próximo como a ti mesmo." (Lucas 10: 27)

Será que estamos dispostos a amar mesmo o nosso próximo? Jesus nos mostra o exemplo de dois homens que tinham um chamado da parte de Deus (o sacerdote e o levita), mas ambos não tiveram a atitude de ajudá-lo. Diante deste quadro, quem tem sido o nosso próximo? Será que é aquele que tem estado ao nosso lado, aquele a quem amamos, ou serão nossos inimigos, aqueles que têm se levantado contra nós?

Nossos inimigos também são o nosso próximo, pois, o mesmo sangue que foi derramado por nós também foi derramado por nossos inimigos, eles também são alvos de Deus, ainda que eles se levantem contra nós, devemos amá-los e respeitá-los e se eles necessitarem de nós devemos agir como aquele homem samaritano, fazer o bem sem olhar a quem.

Paulo diz: "Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais." (Efésios 6: 12)

O diabo fez de tudo para tentar impedir o sacrifício de Jesus na cruz, sabe por quê? Por que ele sabia que a morte de Cristo significaria sua derrota para todo o sempre nas nossas vidas. Até no último momento da calcificação de Cristo ele foi capaz de tentar a Jesus quando disse:

"E dizendo: Se tu és o Rei dos Judeus, salva-te a ti mesmo." (Lucas 23: 37)

Quando Jesus estava no Getsêmani, ali podemos constatar tamanho sofrimento de Jesus que chegou a suar sangue, tamanha a dor que Ele sentia pelo peso de nossos pecados para salvar aos escribas, soldados, fariseus e a nós hoje. Jesus ainda foi capaz de pedir perdão a Deus, por nós, intercedendo junto ao Pai.

"E dizia Jesus: Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem. E, repartindo as suas vestes, lançaram sortes." (Lucas 23: 34)

Se estivermos sendo perseguidos, caluniados por alguém devemos perdoar, pois, certamente ele não sabe o que faz, nossa missão é orar por esta pessoa, liberar perdão, desta forma vivemos não mais para nós mesmos, mas para Cristo.

"Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a na fé do Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim." (Gálatas 2: 20)

Estamos sempre sendo provados em uma área de nossa vida, que é a área de relacionamentos quer ser seja em relacionamentos pessoais, profissionais e até mesmo em relacionamentos familiares e não é muito difícil encontramos pessoas deste ciclo de relacionamentos que estejam sempre causando contendas ou “picuinhas” quem é gerado e nascido pelo Espírito Santo de Deus é guiado pelo Espírito.

A igreja cega espiritualmente ela já perdeu a essência do amor, os passos de Jesus, já se perderam ao longo da caminhada e ela tem andado acomodada e sem direção. Mas nunca é tarde para voltarmos atrás, onde caímos, pois, a palavra nos diz:

"... mas, onde o pecado abundou, superabundou à graça;" (Romanos 5: 20 parte b)

Nós somos separados por Cristo, lavados e remidos pelo seu sangue e se estamos em Cristo nova criatura somos devemos aprender com o exemplo do samaritano, fazer o bem sem olhar a quem, pois, ao ajudar uma pessoa, no mundo espiritual, estamos fazendo para Deus.

"Porque tive fome, e destes-me de comer; tive sede, e destes-me de beber; era estrangeiro, e hospedastes-me; Estava nu, e vestistes-me; adoeci, e visitastes-me; estive na prisão, e fostes ver-me. Então os justos lhe responderão, dizendo: Senhor, quando te vimos com fome, e te demos de comer? ou com sede, e te demos de beber? E quando te vimos estrangeiro, e te hospedamos? ou nu, e te vestimos? E quando te vimos enfermo, ou na prisão, e fomos ver-te? E, respondendo o Rei, lhes dirá: Em verdade vos digo que quando o fizestes a um destes meus pequeninos irmãos, a mim o fizestes." (Mateus 25: 35 a 40)

Aquele que está nu está no pecado e precisa ser revestido pelo evangelho e nós que conhecemos e temos a capacidade de disseminar o amor de Cristo devemos levar esse amor ainda que seja preciso semear este amor junto a nossos inimigos, ainda que tenhamos que nos quebrar por inteiro.

Precisamos aprender a viver em sinceridade com Deus, nos derramar em Sua presença, se nós estamos como vasos rachados, estamos com “defeito de fabricação”, está na hora de descermos na olaria do Senhor para que Ele quebre o vaso e faça de novo. Todos nós temos um manual de fabricação, que é a bíblia, nele nós encontramos todas as instruções que precisamos para servir a Deus, honrar nossos pais, educarmos nossos filhos, sermos bons profissionais e sabermos nos relacionar com as pessoas que estão a nossa volta, se estamos apresentando defeitos em algum item, está na hora de chamarmos com urgência a assistência técnica do Senhor. Pense nisso!!!

Nenhum comentário: