Animação IBESO

Tradutor / Translate

26 de julho de 2011

DESPERTA

CULTO DE CELEBRAÇÃO

Pr. Cláudio

24/07/11

"Finalmente, irmãos, vos rogamos e exortamos no Senhor Jesus, que assim como recebestes de nós, de que maneira convém andar e agradar a Deus, assim andai, para que possais progredir cada vez mais. Porque vós bem sabeis que mandamentos vos temos dado pelo Senhor Jesus. Porque esta é a vontade de Deus, a vossa santificação; que vos abstenhais da prostituição;" (I Tessalonicenses 4: 1 a 3)

Falar da palavra de Deus é alimentar a nossa fé que é ter a convicção de algo. A igreja está vivendo os últimos dias e está na hora de valorizarmos a palavra de Deus, no sentido de meditarmos nela, está na hora de abandonar os “achismos” para nos alicerçarmos na palavra de Deus que é viva e eficaz para nossas vidas.

Nas cartas escritas pelo apóstolo Paulo, ele nos aconselha a termos uma vida com propósito, ele nos ensina a viver pela fé. Será que temos vivido de acordo com a nossa fé? Será que as nossas atitudes correspondem a essa fé? Será que temos clamado apenas com palavras vazias?

Nossa vida pode ser muito curta, e ela está passando, será que o que temos feito tem servido para alguma coisa? Será que nossas ações têm contribuído para a obra de Deus crescer? Temos que viver de acordo com a nossa fé.

"E, por se multiplicar a iniqüidade, o amor de muitos esfriará." (Mateus 24: 12)

Temos visto a iniqüidade se multiplicando de tal forma que a vida perdeu o valor, há um “povo” tentando calar a nossa voz e em casos extremos fechado até igrejas, existem pessoas que estão dentro da igreja e que tem desanimado e aceitado os manjares que o mundo tem oferecido “ingenuamente” e aos poucos temos visto a justificativa mais comum de que “não tem nada a ver”, e com isso, muitas pessoas tem se desviado do que diz a palavra de Deus.

Nossos jovens hoje, poucos são os que verdadeiramente têm influenciado a outros jovens a trilhar os caminhos segundo a vontade de Deus.

Muitos de nós às vezes não compreendemos que viver uma vida para agradar a Deus é dizer não a nós mesmos, nossas atitudes devem ser direcionadas pelo Espírito Santo de Deus, pois, só Ele pode fazer a diferença nas nossas vidas. Devemos prosseguir em crescer espiritualmente, buscar agradar a Deus chamar a sua atenção para as nossas vidas.

Aqueles que estão passando por algum tipo de perseguição, lembrem-se que existem dois tipos de perseguição, aquelas com a qual causamos devido a problemas de pessoais e as perseguições que sofremos por amor a Cristo. Para as perseguições pessoais devemos ser sábios e interceder por nossos perseguidores, já as perseguições por amor a Cristo, Jesus nos deixou uma palavra de ânimo e conforto:

"Bem-aventurados os que sofrem perseguição por causa da justiça, porque deles é o reino dos céus;" (Mateus 5: 10)

Não devemos confiar os nossos problemas e aflições nas mãos de quem nada pode fazer por nós, a melhor coisa a qual podemos fazer, é entrar em nosso quarto para buscarmos a face de Deus, buscá-lo na intimidade e chorar na presença Dele, a Ele devemos confiar toda a nossa vida e nossa história.

"Mas tu, quando orares, entra no teu aposento e, fechando a tua porta, ora a teu Pai que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará publicamente." (Mateus 6: 6)

Existem momentos em nossas vidas que as lutas estão tão grandes que a nossa vontade é de jogar tudo para o alto e desistir, quando estamos com os olhos voltados para a cruz, nós conseguimos compreender que cada dia que temos, é uma nova chance para escrevermos uma nova história, o que nos resta é fazer nossas escolhas.

Todos nós temos o selo do Espírito Santo de Deus e este selo ninguém pode tirar das nossas vidas este selo, não importa se diante de nós estiver o mar, pois, a ordem de Deus é para marchar, pois, até o mar terá que abrir caminho para passarmos com os pés enxutos.

Mas para que possamos andar na presença de Deus, precisamos ter um coração puro e limpo. Para ter este coração puro é necessário buscarmos a face de Deus e meditar em sua palavra para que o nosso caráter possa ser moldado por Deus.

Nós como igreja do Senhor precisamos uns dos outros, precisamos aprender a ser tolerantes e respeitar o direito de cada um, amar ao próximo como a nós mesmos, não olhando para os defeitos, pois, Deus nos amou de tal forma que foi capaz de entregar o seu único filho para que morresse em nosso lugar, mesmo nós sendo pecadores e injustos. O mesmo sangue que foi derramado pela vida de um justo, este também foi derramado pela vida de um ímpio.

O apóstolo Paulo quando se converteu ao evangelho, ele se lançou na obra por inteiro, sem se preocupar com a própria vida, porque ele entendeu o objetivo da salvação que era para todos não apenas para judeus, mas também era para gentios. Ele percorreu toda a Europa, esteve em lugares onde o evangelho não foi bem aceito e pelos religiosos, e por esta razão foi humilhado, açoitado, preso injustamente, mas mesmo diante de todas as adversidades que ele tinha passado, ele nunca deixou de adorar a Deus.

Por onde Paulo passou pregando o evangelho, as pessoas eram salvas e libertas pelo poder da palavra. Ele foi capaz de abrir mão de tudo por amor ao evangelho, por amor a Cristo Jesus, suas atitudes mudaram e marcaram a história da igreja.

Paulo pouco antes de ser julgado, ele esperou por seus amigos, mas ninguém esteve com ele, ainda diante da decepção e do abandono de seus amigos, ele não deixou de se preocupar com a vida espiritual de muitos e com a proclamação do evangelho, o tempo todo ele estava consciente que havia feito o melhor pela obra.

"Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé." (II Timóteo 4: 7)

Se Cristo vive em nós, temos que aprender a renunciar nosso ego, renunciar nossa razão procurar ver a glória de Deus na vida de outras pessoas, além disso, precisamos aprender a viver em comunhão nós fazemos parte de um exército. Em um grupo de soldados que vai a guerra, nenhum soldado levanta-se para o ataque ao inimigo sozinho, ele sempre está acompanhado por um batalhão, pois, um dá proteção e cobertura ao outro, assim devemos ser nós na fé cristã, um apoiando o outro estando sempre juntos andando de fé em fé.

Devemos andar em comunhão, viver no amor em Cristo Jesus, buscar Nele sabedoria se não compreendermos isso, iremos padecer no deserto. Precisamos valorizar a palavra de Deus, meditando na bíblia buscando estar alicerçados na rocha.

Não podemos edificar nossa vida na família, pois, não temos poder para proteger nossa família, devemos estar alicerçados na presença de Deus, apresentando nossa família em suas mãos em constante oração.

"Se o Senhor não edificar a casa, em vão trabalham os que a edificam; se o Senhor não guardar a cidade, em vão vigia a sentinela." (Salmos 127: 1)

Muitos tiveram a oportunidade de buscar a Deus em vida, mas não souberam aproveitar, após a morte segue-se o juízo, depois de morrer não há mais o que fazer, a hora e o momento é este, então vamos aproveitar as oportunidades que Deus tem nos dado que nosso coração tenha o desejo e o anseio Sua presença e justiça. Que cada vez que nos colocarmos em oração diante de Deus possamos orar com sinceridade no coração, que possamos demonstrar a um verdadeiro amor, como se fosse nossa última chance.

Deus tem propósito para a vida de cada um de nós. E será que nós temos colocado a Deus em nossos propósitos, sonhos e projetos? Está na hora de pararmos para pensar o que temos feito de nossas vidas, pois, no instante em que morrermos os bens materiais ficam, e o nosso espírito? Reflita sobre isto, e tome uma atitude!!!

Nenhum comentário: