Animação IBESO

Tradutor / Translate

23 de junho de 2011

QUAIS os FRUTOS TEMOS SEMEADO?

"Produzi, pois, frutos dignos de arrependimento; E também agora está posto o machado à raiz das árvores; toda a árvore, pois, que não produz bom fruto, é cortada e lançada no fogo." (Mateus 3: 8 e 10)

Todos os dias todos nós tomamos diversas atitudes e fazemos escolhas para nossas vidas, mas na maioria das vezes nos esquecemos de apresentá-las a Deus ou algo mais simples do que isso, muitas vezes nem se quer analisamos algumas decisões. Vale lembrar que nossas atitudes ecoarão pela eternidade, então que sejamos mais sábios no agir e no pensar.

"Tão-somente esforça-te e tem mui bom ânimo, para teres o cuidado de fazer conforme a toda a lei que meu servo Moisés te ordenou; dela não te desvies, nem para a direita nem para a esquerda, para que prudentemente te conduzas por onde quer que andares." (Josué 1: 7)

Deus deixou claro em outra passagem que no mundo teríamos aflições, mas Ele irá nos fortalecer, ou seja, nós teremos momentos em que estaremos fracos, iremos murmurar em algum momento mais crítico podemos até chegar ao ponto de afirmar que Deus não está conosco, mas é na nossa fraqueza que o poder de Deus se aperfeiçoa.

A grande questão é que só achamos que Deus está conosco quando as bênçãos estão sendo derramadas em nossa vida, mas lembre-se de uma coisa importante, Jesus não foi encontrado nos palácios, mas Ele sempre esteve ao lado dos que necessitavam de milagres, de curas, libertações, apregoando as boas novas do evangelho.

Independente daquilo que nós estejamos passando, Deus está conosco e para sentir a Sua poderosa mão agir em nossas vidas é necessário que nós venhamos estabelecer o reino de Deus em nossas vidas, apregoar a palavra porque essa é a nossa missão como igreja do Senhor.

"Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas." (Mateus 6: 33)

Deus está preocupado apenas com uma coisa em nossas vidas, onde passaremos nossa eternidade. Irmãos não vamos deixar que as dificuldades a que temos passados ou ainda passaremos se torne em um grande abismos de separação entre nós e Deus, procure fazer com que nada nos separe da presença do Soberano Deus.

"Produzi, pois, frutos dignos de arrependimento; E também agora está posto o machado à raiz das árvores; toda a árvore, pois, que não produz bom fruto, é cortada e lançada no fogo." (Mateus 3: 8 e 10)

Precisamos aprender a glorificar a Deus independente da circunstância não nos importando como e onde. O apóstolo Paulo glorificava a Deus em todas as situações, quer ele estivesse acompanhado por amigos ou por inimigos, rodeado por seguidores do evangelho ou sendo coagido para ser preso, isso tudo porque Paulo compreendia que tudo o que acontecia em sua vida tudo era por permissão de Deus.

Reflita, qual o fruto temos produzido? Serão desejos carnais, desejos egoístas, vontades incontroladas por um consumo compulsivo? Produzam frutos de arrependimento, hoje nós somos livres e através do sangue de Jesus nós temos livre acesso a Deus, Jesus foi a porta aberta para nos conduzir a boa, perfeita e agradável vontade de Deus para nossas vidas, através da graça.

Temos presenciado em nosso meio, pessoas que utilizam de palavras para nos enganarem, nos ludibriarem. Mas então porque vemos o fruto da mentira disseminado em nosso meio? Este tipo de fruto é utilizado por pessoas covardes que têm medo de mostrar quem realmente é.

Outro fruto que tem sido disseminado e tem destruído amizades e até lares é a falsidade, pessoas se aproximam de nós fingindo ser nossos “amigos” sendo omissos encobrindo muitas vezes alguns de nossos erros só para nos “agradar” diante de nós e no momento oportuno usam estes mesmos erros para nos destruir.

Amigo de verdade tem que ter coragem de falar a verdade e mostrar aquilo que ele próprio é assim como nós mesmos ainda que sejam as fraquezas, mas é preciso existir lealdade e sinceridade.

Se em algum momento de nossas vidas ferimos alguém com palavras, procure esse alguém peça perdão a esta pessoa e peça perdão a Deus, semeie amor para colher amor.

"Lembra-te, pois, de onde caíste, e arrepende-te, e pratica as primeiras obras; quando não, brevemente a ti virei, e tirarei do seu lugar o teu castiçal, se não te arrependeres." (Apocalipse 2: 5)

Há problemas a qual enfrentamos por atitudes passadas, por frutos que semeamos e que estão brotando em nossas vidas.

Devemos identificar os frutos que estamos plantando em nossas vidas através de algumas reflexões. É hora de reconhecermos nossas fraquezas e nossos pontos fortes, apresentando a Deus com sinceridade, este é o primeiro passo para uma mudança de vida.

"Disse-lhe Pedro: Nunca me lavarás os pés. Respondeu-lhe Jesus: Se eu te não lavar, não tens parte comigo. Disse-lhe Simão Pedro: Senhor, não só os meus pés, mas também as mãos e a cabeça." (João 13: 8 e 9)

O nosso “lava pés” de hoje é através da palavra de Deus, para nos tratar, quantas vezes estamos angustiados e buscamos conforto e refrigério na palavra? Precisamos ter o hábito de meditar, de buscar em Deus forças para superarmos as tempestades que nos sobrevém.

Precisamos aprender a respeitar os limites e individualidades das pessoas que estão a nossa volta, pois, Deus nos fez diferentes uns dos outros, se alguém necessita de mudança esse alguém somos nós mesmos, não adianta querer mudar os outros se essa mudança não começar em nossas vidas primeiro.

Quando aquela mulher foi pega em adultério, de acordo com a lei de Moisés, aquela mulher deveria morrer apedrejada, mas Jesus quando foi questionado sobre o que fazer com aquela pecadora, Ele sem Sua simplicidade disse: “... atire a primeira pedra quem não tiver pecados...”, naquele momento todos os acusadores daquela mulher, se sentiram mal por julgá-la e foram embora, sem que nenhum mal lhe viesse a acontecer. (meditar em João 8: 1 a 11)

Vamos deixar de ser hipócritas e querer regular a vida dos outros, é hora de olharmos para dentro de nós mesmos e buscarmos concerto em nossa vida.

Precisamos dar bons frutos, vigiando em nossas palavras e brincadeiras, pois, muitas vezes nós magoamos outras pessoas sem nem mesmo saber que assim estamos procedendo.

E também agora está posto o machado à raiz das árvores; toda a árvore, pois, que não produz bom fruto, é cortada e lançada no fogo." (Mateus 3: 10)

Está na hora de nos libertarmos da falsa religiosidade, dos dogmas religiosos, que a partir de hoje possamos gerar frutos em nossas vidas, nosso casamento, no nosso trabalho, vamos buscar onde caímos para que possamos voltar atrás e começarmos a escrevermos uma nova história de vida. Reflita nisso!!!

Culto de Celebração 19/06/11

Pr. Cláudio

Nenhum comentário: