Animação IBESO

Tradutor / Translate

29 de junho de 2011

ATITUDE DE JOSAFÁ

"E sucedeu que, depois disto, os filhos de Moabe, e os filhos de Amom, e com eles outros dos amonitas, vieram à peleja contra Jeosafá. Então vieram alguns que avisaram a Jeosafá, dizendo: Vem contra ti uma grande multidão dalém do mar e da Síria; e eis que já estão em Hazazom-Tamar, que é En-Gedi. Então Jeosafá temeu, e pôs-se a buscar o SENHOR, e apregoou jejum em todo o Judá. E Judá se ajuntou, para pedir socorro ao SENHOR; também de todas as cidades de Judá vieram para buscar ao SENHOR." (II Crônicas 20: 1 a 4)

Esta passagem fala de um rei que sentiu-se impotente diante dos rumores de um grande multidão que estava se levantando contra aquele povo, então este rei chamado Josafá buscou a face de Deus.

Muitas vezes nós nos sentimos acuados como acontecera a Josafá, mas na maioria das vezes nossa atitude não é a de buscar a face de Deus para encontrar Nele refúgio, nós murmuramos, às vezes corremos atrás de um falso avivamento buscando profetas para nos dizer o que fazer e isso não é avivamento. Em Habacuque 3 vemos a oração deste profeta pedindo a Deus um avivamento mas que este avivamento não ocorresse no início ou no fim da caminhada, mas que este acontecesse no meio do caminho.

Josafá se viu encurralado, mas havia em seu coração temor a Deus e o que temos visto hoje é um povo descompromissado com o evangelho e sem temor a Deus, o povo vive correndo atrás de profetas, mas não quer buscar e se humilhar aos pés do Senhor, outros querem medir a bênção de Deus através dos bens materiais, quando a bênção de Deus na verdade deve ser avaliada através do perdão, da misericórdia, o exercer da obra com amor e por amor.

Josafá sabia quem era Deus, ele teve temor e apregoou um jejum e esperou no Senhor, desta forma ele pode ver a glória de Deus triunfar sobre aquele povo.

O que todos nós precisamos é ler, meditar, nos consagrar, buscar a face de Deus e foi justamente isso que Josafá fez, ele se apegou à promessa que Deus havia feito ao povo judeu, quando aquele povo se levantava em oração se humilhando e se quebrantando, o Senhor vinha em seu socorro.

Deus não resiste a um coração quebrantado e humilde, quando entramos em Sua presença desta maneira, quando nos dispomos a orar buscando a Sua face com sinceridade, não demora muito para que Deus libere a nossa bênção.

Jesus fez uma promessa sobre a vida de Pedro, que a igreja seria edificada através da vida dele e lhe fez uma promessa que as portas do inferno não prevaleceriam contra ele. Mesmo Pedro tento negado a Jesus por três vezes, quando Jesus ressuscitou, Jesus o procurou e lhe deu a missão de apascentar as suas ovelhas.

"Pois também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela;" (Mateus 16: 18)

"E, depois de terem jantado, disse Jesus a Simão Pedro: Simão, filho de Jonas, amas-me mais do que estes? E ele respondeu: Sim, Senhor, tu sabes que te amo. Disse-lhe: Apascenta os meus cordeiros. Tornou a dizer-lhe segunda vez: Simão, filho de Jonas, amas-me? Disse-lhe: Sim, Senhor, tu sabes que te amo. Disse-lhe: Apascenta as minhas ovelhas. Disse-lhe terceira vez: Simão, filho de Jonas, amas-me? Simão entristeceu-se por lhe ter dito terceira vez: Amas-me? E disse-lhe: SENHOR, tu sabes tudo; tu sabes que eu te amo. Jesus disse-lhe: Apascenta as minhas ovelhas." (João 21: 15 a 17)

Tudo aquilo que ligarmos na terra será ligado nos céus, o Senhor já entregou a chave da vitória em nossas mãos, para tomarmos posse dela basta apenas que tomemos uma atitude de fé, o Senhor já nos capacitou, já nos deu poder.

"Eis que vos dou poder para pisar serpentes e escorpiões, e toda a força do inimigo, e nada vos fará dano algum." (Lucas 10: 19)

Se o Senhor nos deu a chave da vitória e nos deu poder, porque nós não tomamos posse daquilo que Deus nos deu autoridade e vivemos atrás das bênçãos? Ei crente, a chave da vitória já foi liberada.

A igreja não pode se esquecer da promessa que Deus fez, o diabo até pode querer tentar nos oprimir, mas devemos estar firmes na promessa que Deus nos fez, pois, Ele não é homem para que minta ou volte atrás, Ele é fiel para cumprir. Devemos crer que os nosos inimigos serão envergonhados em nome de Jesus, é hora de crer promessa, se apegar a nossa promessa.

Josafá se pôs de pé, o que nós devemos entender com esta atitude, esta é uma posição de guerreiro, ele chamou o povo e falou de igual para igual, ou seja, aquele povo tinha o mesmo espírito de fé, e eles viram Deus fazer a diferença na vida deles.

"Se algum mal nos sobrevier, espada, juízo, peste, ou fome, nós nos apresentaremos diante desta casa e diante de ti, pois teu nome está nesta casa, e clamaremos a ti na nossa angústia, e tu nos ouvirás e livrarás. Agora, pois, eis que os filhos de Amom, e de Moabe e os das montanhas de Seir, pelos quais não permitiste passar a Israel, quando vinham da terra do Egito, mas deles se desviaram e não os destruíram, Eis que nos dão o pago, vindo para lançar-nos fora da tua herança, que nos fizeste herdar." (II Crônicas 20: 9 a 11)

O que vem do Senhor de maneira alguma devemos lançar fora, devemos ter cuidado com as palavras que saem de nossa boca, cuidado com as murmurações, para que possamos receber de Deus nossas promessas.

"Clama a mim, e responder-te-ei, e anunciar-te-ei coisas grandes e firmes que não sabes." (Jeremias 33: 3)

O inimigo muitas vezes se levanta para nos tirar da posição, para nos fazer esmorecer em nossas orações para que possamos aos poucos ir esfriando em nossa fé, pois, ele não quer que nós venhamos a conhecer os mistérios de Deus para as nossas vidas, pois, é o próprio Senhor quem nos convida a orar e a clamar.

Quando nos falta direção, nada melhor que buscar socorro ao Senhor, pois, Ele nos direciona no caminho em que devemos seguir.

"Ah! nosso Deus, porventura não os julgarás? Porque em nós não há força perante esta grande multidão que vem contra nós, e não sabemos o que faremos; porém os nossos olhos estão postos em ti." (II Crônicas 20: 12)

Ainda que mil caiam ao nosso lado e dez mil a nossa direita, os nossos olhos e a nossa fé têm que estar em Deus em todo o tempo. Hoje o que mais vemos são pessoas olhando para o homem, mas quando olhamos para o homem, passamos a confiar nele, mas em um dado momento ou circunstância acabamos nos decepcionando e nos machucando, mas quando a nossa confiança está no Senhor, o impossível acontece, pois, Ele já mais irá nos desamparar.

"Então veio o Espírito do SENHOR, no meio da congregação, sobre Jaaziel, filho de Zacarias, filho de Benaia, filho de Jeiel, filho de Matanias, levita, dos filhos de Asafe; E disse: Dai ouvidos todo o Judá, e vós, moradores de Jerusalém, e tu, ó rei Jeosafá; assim o SENHOR vos diz: Não temais, nem vos assusteis por causa desta grande multidão; pois a peleja não é vossa, mas de Deus. Amanhã descereis contra eles; eis que sobem pela ladeira de Ziz, e os achareis no fim do vale, diante do deserto de Jeruel. (II Crônicas 20: 16 a 16)

Josafá, buscou a Deus, e Deus teve liberdade para resolver aquela situação, tomar a frente daquela peleja.. Quantas vezes nós oramos a Deus, mas queremos ser Deus e tomamos atitudes precipitadas porque não esperamos em Deus.Temos que entender que quando oramos a Deus, a peleja já não é mais nossa e sim do Senhor.

"Chegai-vos a Deus, e ele se chegará a vós. Alimpai as mãos, pecadores; e, vós de duplo ânimo, purificai os corações." (Tiago 4: 8)

O Senhor só entrará na nossa luta, quando nós entregarmos nas Suas mãos e descansarmos em Sua promessa. Precisamos entender que existe um tempo determinado para o cumprimento das promessas de Deus em nossas vidas, Josafá entendeu isso e o Senhor assumiu a frente desta batalha como um grande General de guerra.

"Então Jeosafá se prostrou com o rosto em terra, e todo o Judá e os moradores de Jerusalém se lançaram perante o SENHOR, adorando-o." (II Crônicas 20: 18)

Além de esperar no Senhor, Josafá estava na posição de adorador, vamos adorar ao Senhor enquanto esperamos o nosso milagre, a nossa resposta, não vamos nos preocupar, simplesmente vamos adorar.

"E levantaram-se os levitas, dos filhos dos coatitas, e dos filhos dos coratitas, para louvarem ao SENHOR Deus de Israel, com voz muito alta. E pela manhã cedo se levantaram e saíram ao deserto de Tecoa; e, ao saírem, Jeosafá pôs-se em pé, e disse: Ouvi-me, ó Judá, e vós, moradores de Jerusalém: Crede no SENHOR vosso Deus, e estareis seguros; crede nos seus profetas, e prosperareis; E aconselhou-se com o povo, e ordenou cantores para o SENHOR, que louvassem à Majestade santa, saindo diante dos armados, e dizendo: Louvai ao SENHOR porque a sua benignidade dura para sempre. E, quando começaram a cantar e a dar louvores, o SENHOR pôs emboscadas contra os filhos de Amom e de Moabe e os das montanhas de Seir, que vieram contra Judá, e foram desbaratados." (II Crônicas 20: 20 e 21)

Que busquemos ter uma atitude diferente, pois, é isso que o Senhor espera de nós a nossa vitória virá, e passará, mas a graça de Deus em nossas vidas já mais se acabará ela permanecerá sobre as nossas vidas, mas para isso é preciso entregar nossas causas nas mãos do Senhor, e permanecer firme na posição como verdadeiros adoradores.

Tome uma atitude diferente, seja a diferença, pense nisso!!!

Culto de Celebração 19/06/11

Missionária Neia - Bahia

Nenhum comentário: