Animação IBESO

Tradutor / Translate

29 de junho de 2011

ATITUDE DE JOSAFÁ

"E sucedeu que, depois disto, os filhos de Moabe, e os filhos de Amom, e com eles outros dos amonitas, vieram à peleja contra Jeosafá. Então vieram alguns que avisaram a Jeosafá, dizendo: Vem contra ti uma grande multidão dalém do mar e da Síria; e eis que já estão em Hazazom-Tamar, que é En-Gedi. Então Jeosafá temeu, e pôs-se a buscar o SENHOR, e apregoou jejum em todo o Judá. E Judá se ajuntou, para pedir socorro ao SENHOR; também de todas as cidades de Judá vieram para buscar ao SENHOR." (II Crônicas 20: 1 a 4)

Esta passagem fala de um rei que sentiu-se impotente diante dos rumores de um grande multidão que estava se levantando contra aquele povo, então este rei chamado Josafá buscou a face de Deus.

Muitas vezes nós nos sentimos acuados como acontecera a Josafá, mas na maioria das vezes nossa atitude não é a de buscar a face de Deus para encontrar Nele refúgio, nós murmuramos, às vezes corremos atrás de um falso avivamento buscando profetas para nos dizer o que fazer e isso não é avivamento. Em Habacuque 3 vemos a oração deste profeta pedindo a Deus um avivamento mas que este avivamento não ocorresse no início ou no fim da caminhada, mas que este acontecesse no meio do caminho.

Josafá se viu encurralado, mas havia em seu coração temor a Deus e o que temos visto hoje é um povo descompromissado com o evangelho e sem temor a Deus, o povo vive correndo atrás de profetas, mas não quer buscar e se humilhar aos pés do Senhor, outros querem medir a bênção de Deus através dos bens materiais, quando a bênção de Deus na verdade deve ser avaliada através do perdão, da misericórdia, o exercer da obra com amor e por amor.

Josafá sabia quem era Deus, ele teve temor e apregoou um jejum e esperou no Senhor, desta forma ele pode ver a glória de Deus triunfar sobre aquele povo.

O que todos nós precisamos é ler, meditar, nos consagrar, buscar a face de Deus e foi justamente isso que Josafá fez, ele se apegou à promessa que Deus havia feito ao povo judeu, quando aquele povo se levantava em oração se humilhando e se quebrantando, o Senhor vinha em seu socorro.

Deus não resiste a um coração quebrantado e humilde, quando entramos em Sua presença desta maneira, quando nos dispomos a orar buscando a Sua face com sinceridade, não demora muito para que Deus libere a nossa bênção.

Jesus fez uma promessa sobre a vida de Pedro, que a igreja seria edificada através da vida dele e lhe fez uma promessa que as portas do inferno não prevaleceriam contra ele. Mesmo Pedro tento negado a Jesus por três vezes, quando Jesus ressuscitou, Jesus o procurou e lhe deu a missão de apascentar as suas ovelhas.

"Pois também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela;" (Mateus 16: 18)

"E, depois de terem jantado, disse Jesus a Simão Pedro: Simão, filho de Jonas, amas-me mais do que estes? E ele respondeu: Sim, Senhor, tu sabes que te amo. Disse-lhe: Apascenta os meus cordeiros. Tornou a dizer-lhe segunda vez: Simão, filho de Jonas, amas-me? Disse-lhe: Sim, Senhor, tu sabes que te amo. Disse-lhe: Apascenta as minhas ovelhas. Disse-lhe terceira vez: Simão, filho de Jonas, amas-me? Simão entristeceu-se por lhe ter dito terceira vez: Amas-me? E disse-lhe: SENHOR, tu sabes tudo; tu sabes que eu te amo. Jesus disse-lhe: Apascenta as minhas ovelhas." (João 21: 15 a 17)

Tudo aquilo que ligarmos na terra será ligado nos céus, o Senhor já entregou a chave da vitória em nossas mãos, para tomarmos posse dela basta apenas que tomemos uma atitude de fé, o Senhor já nos capacitou, já nos deu poder.

"Eis que vos dou poder para pisar serpentes e escorpiões, e toda a força do inimigo, e nada vos fará dano algum." (Lucas 10: 19)

Se o Senhor nos deu a chave da vitória e nos deu poder, porque nós não tomamos posse daquilo que Deus nos deu autoridade e vivemos atrás das bênçãos? Ei crente, a chave da vitória já foi liberada.

A igreja não pode se esquecer da promessa que Deus fez, o diabo até pode querer tentar nos oprimir, mas devemos estar firmes na promessa que Deus nos fez, pois, Ele não é homem para que minta ou volte atrás, Ele é fiel para cumprir. Devemos crer que os nosos inimigos serão envergonhados em nome de Jesus, é hora de crer promessa, se apegar a nossa promessa.

Josafá se pôs de pé, o que nós devemos entender com esta atitude, esta é uma posição de guerreiro, ele chamou o povo e falou de igual para igual, ou seja, aquele povo tinha o mesmo espírito de fé, e eles viram Deus fazer a diferença na vida deles.

"Se algum mal nos sobrevier, espada, juízo, peste, ou fome, nós nos apresentaremos diante desta casa e diante de ti, pois teu nome está nesta casa, e clamaremos a ti na nossa angústia, e tu nos ouvirás e livrarás. Agora, pois, eis que os filhos de Amom, e de Moabe e os das montanhas de Seir, pelos quais não permitiste passar a Israel, quando vinham da terra do Egito, mas deles se desviaram e não os destruíram, Eis que nos dão o pago, vindo para lançar-nos fora da tua herança, que nos fizeste herdar." (II Crônicas 20: 9 a 11)

O que vem do Senhor de maneira alguma devemos lançar fora, devemos ter cuidado com as palavras que saem de nossa boca, cuidado com as murmurações, para que possamos receber de Deus nossas promessas.

"Clama a mim, e responder-te-ei, e anunciar-te-ei coisas grandes e firmes que não sabes." (Jeremias 33: 3)

O inimigo muitas vezes se levanta para nos tirar da posição, para nos fazer esmorecer em nossas orações para que possamos aos poucos ir esfriando em nossa fé, pois, ele não quer que nós venhamos a conhecer os mistérios de Deus para as nossas vidas, pois, é o próprio Senhor quem nos convida a orar e a clamar.

Quando nos falta direção, nada melhor que buscar socorro ao Senhor, pois, Ele nos direciona no caminho em que devemos seguir.

"Ah! nosso Deus, porventura não os julgarás? Porque em nós não há força perante esta grande multidão que vem contra nós, e não sabemos o que faremos; porém os nossos olhos estão postos em ti." (II Crônicas 20: 12)

Ainda que mil caiam ao nosso lado e dez mil a nossa direita, os nossos olhos e a nossa fé têm que estar em Deus em todo o tempo. Hoje o que mais vemos são pessoas olhando para o homem, mas quando olhamos para o homem, passamos a confiar nele, mas em um dado momento ou circunstância acabamos nos decepcionando e nos machucando, mas quando a nossa confiança está no Senhor, o impossível acontece, pois, Ele já mais irá nos desamparar.

"Então veio o Espírito do SENHOR, no meio da congregação, sobre Jaaziel, filho de Zacarias, filho de Benaia, filho de Jeiel, filho de Matanias, levita, dos filhos de Asafe; E disse: Dai ouvidos todo o Judá, e vós, moradores de Jerusalém, e tu, ó rei Jeosafá; assim o SENHOR vos diz: Não temais, nem vos assusteis por causa desta grande multidão; pois a peleja não é vossa, mas de Deus. Amanhã descereis contra eles; eis que sobem pela ladeira de Ziz, e os achareis no fim do vale, diante do deserto de Jeruel. (II Crônicas 20: 16 a 16)

Josafá, buscou a Deus, e Deus teve liberdade para resolver aquela situação, tomar a frente daquela peleja.. Quantas vezes nós oramos a Deus, mas queremos ser Deus e tomamos atitudes precipitadas porque não esperamos em Deus.Temos que entender que quando oramos a Deus, a peleja já não é mais nossa e sim do Senhor.

"Chegai-vos a Deus, e ele se chegará a vós. Alimpai as mãos, pecadores; e, vós de duplo ânimo, purificai os corações." (Tiago 4: 8)

O Senhor só entrará na nossa luta, quando nós entregarmos nas Suas mãos e descansarmos em Sua promessa. Precisamos entender que existe um tempo determinado para o cumprimento das promessas de Deus em nossas vidas, Josafá entendeu isso e o Senhor assumiu a frente desta batalha como um grande General de guerra.

"Então Jeosafá se prostrou com o rosto em terra, e todo o Judá e os moradores de Jerusalém se lançaram perante o SENHOR, adorando-o." (II Crônicas 20: 18)

Além de esperar no Senhor, Josafá estava na posição de adorador, vamos adorar ao Senhor enquanto esperamos o nosso milagre, a nossa resposta, não vamos nos preocupar, simplesmente vamos adorar.

"E levantaram-se os levitas, dos filhos dos coatitas, e dos filhos dos coratitas, para louvarem ao SENHOR Deus de Israel, com voz muito alta. E pela manhã cedo se levantaram e saíram ao deserto de Tecoa; e, ao saírem, Jeosafá pôs-se em pé, e disse: Ouvi-me, ó Judá, e vós, moradores de Jerusalém: Crede no SENHOR vosso Deus, e estareis seguros; crede nos seus profetas, e prosperareis; E aconselhou-se com o povo, e ordenou cantores para o SENHOR, que louvassem à Majestade santa, saindo diante dos armados, e dizendo: Louvai ao SENHOR porque a sua benignidade dura para sempre. E, quando começaram a cantar e a dar louvores, o SENHOR pôs emboscadas contra os filhos de Amom e de Moabe e os das montanhas de Seir, que vieram contra Judá, e foram desbaratados." (II Crônicas 20: 20 e 21)

Que busquemos ter uma atitude diferente, pois, é isso que o Senhor espera de nós a nossa vitória virá, e passará, mas a graça de Deus em nossas vidas já mais se acabará ela permanecerá sobre as nossas vidas, mas para isso é preciso entregar nossas causas nas mãos do Senhor, e permanecer firme na posição como verdadeiros adoradores.

Tome uma atitude diferente, seja a diferença, pense nisso!!!

Culto de Celebração 19/06/11

Missionária Neia - Bahia

28 de junho de 2011

NOITE DAS MÁSCARAS

Jovem, vem chegando o sabadão e você não sabe o que fazer, não sabe para onde ir? Esteja conosco em um culto onde você terá a oportunidade de adorar a Deus, ser ministrado através da palavra totalmente voltada aos jovens.

Neste sábado dia 02/07 as 20 horas, esteja conosco no culto: "NOITE DAS MÁSCARAS".

Ministério de Louvor: Banda Sete Milhas

Preletor / Papo Reto: Palhaço Popó

Não esqueça de trazer a sua máscara, pois, nesta noite as máscaras espirituais vão cair em nome de Jesus...

23 de junho de 2011

CAMINHO

"E se tu andares perante mim como andou Davi, teu pai, com inteireza de coração e com sinceridade, para fazeres segundo tudo o que te mandei, e guardares os meus estatutos e os meus juízos; Então confirmarei o trono de teu reino sobre Israel para sempre; como falei acerca de teu pai Davi, dizendo: Não te faltará sucessor sobre o trono de Israel;" (I Reis 9: 4 e 5)

Quem foi Salomão? Salomão foi filho de Davi e seu sucessor no trono de Israel, ele governou sobre todo Israel, cumprindo-se a promessa que Deus havia feito a Davi.

Salomão tinha intimidade com Deus e foi o homem mais sábio da bíblia, também foi autor do livro de Provérbios. Salomão foi um grande homem, ele cuidou da construção do grande Templo do Senhor, neste templo foi feito um grande trono todo revestido de ouro e marfim. Naquele lugar Salomão estabeleceu uma aliança com Deus, porque ele tinha intimidade com Deus, pois, ele estava em constante oração.

Também foi dotado de muita inteligência, sua fama corria por vários reinos fora de Israel, certa vez foi visitado pela rainha de Sabá, esta ficou curiosa para saber se a fama que corria sobre seu nome era verdadeira mesmo.

Enquanto Salomão andou na presença do Senhor, ele foi um exemplo de homem, de rei, e através de suas boas obras, obteve o reconhecimento de todos. E sobre a sua vida estava a mão de Deus.

Mas em meio a tantas conquistas e reconhecimentos que estavam em volta da vida de Salomão, ele foi levado a paixões e encantado por muitas mulheres, mas nesta caminhada ele se deixou levar pelas ilusões falsas e vãs deste mundo, chegando até mesmo a adorar outros deuses que não era o Deus Altíssimo.

Ao tomar um caminho diferente de outrora na presença de Deus, Deus deixou de se agradar de suas atitudes acendendo a ira de Deus contra a sua própria vida. Sem a presença de Deus em sua vida, Salomão passou a perder muitas batalhas.

Nós assim como Salomão estamos a fazer uma caminhada de escolhas e renúncias, mas em todo o tempo não podemos desviar nossos passos e olhos do nosso alvo que é Cristo.

Muito se tem falado em caminhos, mas qual o caminho que devemos seguir?

"Pois que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro, se perder a sua alma? Ou que dará o homem em recompensa da sua alma?" (Mateus 16: 26)

Nossa caminhada por vezes nos abate, e nos faz pensar em retroceder, mas precisamos crer que em nenhum momento de nossa caminhada o Senhor não nos abandonou e nem nos abandou e nem nos abandonará.

O semeador saiu a semear, mas o terreno possuía partes diferentes. (ler Mateus 13: 1 a 23) O que nós temos semeado? Como têm sido esta semeadura?

Nós temos que ter a convicção do caminho que estamos percorrendo, não pode ter dúvidas, precisamos aprender a confiar no Deus a qual temos servido. Nesta caminhada, Deus não nos deixará ser enganados. Será que conhecemos o Deus a qual temos servido?

Servir a Deus não é fácil, mas se estamos servindo a Deus, como adoradores, Ele nos sustentará nesta caminhada ao lado de Jesus, muitas vezes os problemas vêm para nos dar experiências com Deus.

Quando nós levantamos as nossas mãos e O aceitamos como nosso único e suficiente salvador de nossas vidas, nós passamos a trilhar os caminhos da experiência como o Senhor a palavra nos dará o suporte que precisamos.

Viver na presença de Deus é viver e vivenciar milagres, pois, vivemos em novidade de vida, e Ele não nos deixa enganados. Muitas vezes o problema vem para nos abater, mas o Senhor vai a nossa frente e nos garante a vitória. Nesta caminhada temos que ter isto em mente, não podemos desistir.

Nós fomos chamados para ser e fazer a diferença, somos a noiva do Cordeiro e filhos do Grande Eu Sou. Somos soldados capacitados pelo Senhor, aquele que abriu o mar vermelho está hoje a nossa frente, basta somente nós crermos.

Nos altos e baixos que a nossa caminhada nos conduz, o que não pode acontecer é ficarmos prostrados diante dos problemas e situações, pois, com Cristo é vencer ou vencer. A bíblia nos classifica como mais que vencedores, o que Deus tem nos propiciado é a cura, a bênção da porta aberta, a libertação, além do bem mais precioso para nossas vidas que é a salvação.

Existem soldados que pararam a caminhada ou estão pensando em parar, mas isso não dará lucro algum em voltar atrás, nós fomos comprados por um preço muito alto, foi preço de sangue, e temos sido tratados por Deus todos os dias.

Então porque desistir de nossos sonhos? Não vamos desistir de nossa caminhada melhor é andar ao lado do Senhor, precisamos ser perseverantes no Senhor, pois, Ele é galardoador dos que O buscam. Ele muitas vezes têm nos surpreendido e têm nos dado a oportunidade de vivermos em novidade de vida.

Em toda a palavra de Deus nós não encontramos se quer um homem ou uma mulher que tivesse sido desamparado pelo Senhor, creia que o Senhor tem o melhor para cada um de nós, mas para isso, basta somente crer para que possamos viver as maravilhas de Deus em nossas vidas.

Exerça a sua fé, pois, Ele é poderoso para fazer infinitamente mais do que aquilo que pedimos e pensamos.

"Quando clamares, livrem-te os ídolos que ajuntaste; mas o vento a todos levará, e um sopro os arrebatará; mas o que confia em mim possuirá a terra, e herdará o meu santo monte. E dir-se-á: Aplanai, aplanai a estrada, preparai o caminho; tirai os tropeços do caminho do meu povo. Porque assim diz o Alto e o Sublime, que habita na eternidade, e cujo nome é Santo: Num alto e santo lugar habito; como também com o contrito e abatido de espírito, para vivificar o espírito dos abatidos, e para vivificar o coração dos contritos." (Isaías 57: 13 a 15)

Esta passagem nos mostra que o Senhor está a preparar o caminho. Não importa o nosso problema ou frustração, o que importa é que Deus sempre entrará com socorro, então busque-O exerça a sua fé, porque Deus está esperando uma atitude da nossa parte.

Se estivermos na bonança, adore ao Senhor, mas se estivermos no momento de adversidade adore-O do mesmo jeito, sabemos que existem barreiras que cairão, mas existem outras que nós iremos precisar de forças para derrubá-las, mas para isso é preciso ter força para nós transpormos essas barreiras.

"Porque, aquele que pede, recebe; e, o que busca, encontra; e, ao que bate, abrir-se-lhe-á." (Mateus 7: 8)

Vamos começar agora mesmo a exercer a fé que há em nós, que venhamos a abrir nossa boca para confessar a Ele os nossos desejos e sonhos, Ele sabe tudo aquilo que nós precisamos, mas Ele quer ouvir de nós aquilo que precisamos. Que nós não venhamos ser ludibriados como foi Salomão, mas que estejamos atentos aos caminhos retos e aplainados do Senhor.

Culto da Vitória 22/06/11

Obreiro Edson

QUAIS OS FRUTOS TEMOS SEMEADO?

"Produzi, pois, frutos dignos de arrependimento; E também agora está posto o machado à raiz das árvores; toda a árvore, pois, que não produz bom fruto, é cortada e lançada no fogo." (Mateus 3: 8 e 10)

Todos os dias todos nós tomamos diversas atitudes e fazemos escolhas para nossas vidas, mas na maioria das vezes nos esquecemos de apresentá-las a Deus ou algo mais simples do que isso, muitas vezes nem se quer analisamos algumas decisões. Vale lembrar que nossas atitudes ecoarão pela eternidade, então que sejamos mais sábios no agir e no pensar.

"Tão-somente esforça-te e tem mui bom ânimo, para teres o cuidado de fazer conforme a toda a lei que meu servo Moisés te ordenou; dela não te desvies, nem para a direita nem para a esquerda, para que prudentemente te conduzas por onde quer que andares." (Josué 1: 7)

Deus deixou claro em outra passagem que no mundo teríamos aflições, mas Ele irá nos fortalecer, ou seja, nós teremos momentos em que estaremos fracos, iremos murmurar em algum momento mais crítico podemos até chegar ao ponto de afirmar que Deus não está conosco, mas é na nossa fraqueza que o poder de Deus se aperfeiçoa.

A grande questão é que só achamos que Deus está conosco quando as bênçãos estão sendo derramadas em nossa vida, mas lembre-se de uma coisa importante, Jesus não foi encontrado nos palácios, mas Ele sempre esteve ao lado dos que necessitavam de milagres, de curas, libertações, apregoando as boas novas do evangelho.

Independente daquilo que nós estejamos passando, Deus está conosco e para sentir a Sua poderosa mão agir em nossas vidas é necessário que nós venhamos estabelecer o reino de Deus em nossas vidas, apregoar a palavra porque essa é a nossa missão como igreja do Senhor.

"Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas." (Mateus 6: 33)

Deus está preocupado apenas com uma coisa em nossas vidas, onde passaremos nossa eternidade. Irmãos não vamos deixar que as dificuldades a que temos passados ou ainda passaremos se torne em um grande abismos de separação entre nós e Deus, procure fazer com que nada nos separe da presença do Soberano Deus.

"Produzi, pois, frutos dignos de arrependimento; E também agora está posto o machado à raiz das árvores; toda a árvore, pois, que não produz bom fruto, é cortada e lançada no fogo." (Mateus 3: 8 e 10)

Precisamos aprender a glorificar a Deus independente da circunstância não nos importando como e onde. O apóstolo Paulo glorificava a Deus em todas as situações, quer ele estivesse acompanhado por amigos ou por inimigos, rodeado por seguidores do evangelho ou sendo coagido para ser preso, isso tudo porque Paulo compreendia que tudo o que acontecia em sua vida tudo era por permissão de Deus.

Reflita, qual o fruto temos produzido? Serão desejos carnais, desejos egoístas, vontades incontroladas por um consumo compulsivo? Produzam frutos de arrependimento, hoje nós somos livres e através do sangue de Jesus nós temos livre acesso a Deus, Jesus foi a porta aberta para nos conduzir a boa, perfeita e agradável vontade de Deus para nossas vidas, através da graça.

Temos presenciado em nosso meio, pessoas que utilizam de palavras para nos enganarem, nos ludibriarem. Mas então porque vemos o fruto da mentira disseminado em nosso meio? Este tipo de fruto é utilizado por pessoas covardes que têm medo de mostrar quem realmente é.

Outro fruto que tem sido disseminado e tem destruído amizades e até lares é a falsidade, pessoas se aproximam de nós fingindo ser nossos “amigos” sendo omissos encobrindo muitas vezes alguns de nossos erros só para nos “agradar” diante de nós e no momento oportuno usam estes mesmos erros para nos destruir.

Amigo de verdade tem que ter coragem de falar a verdade e mostrar aquilo que ele próprio é assim como nós mesmos ainda que sejam as fraquezas, mas é preciso existir lealdade e sinceridade.

Se em algum momento de nossas vidas ferimos alguém com palavras, procure esse alguém peça perdão a esta pessoa e peça perdão a Deus, semeie amor para colher amor.

"Lembra-te, pois, de onde caíste, e arrepende-te, e pratica as primeiras obras; quando não, brevemente a ti virei, e tirarei do seu lugar o teu castiçal, se não te arrependeres." (Apocalipse 2: 5)

Há problemas a qual enfrentamos por atitudes passadas, por frutos que semeamos e que estão brotando em nossas vidas.

Devemos identificar os frutos que estamos plantando em nossas vidas através de algumas reflexões. É hora de reconhecermos nossas fraquezas e nossos pontos fortes, apresentando a Deus com sinceridade, este é o primeiro passo para uma mudança de vida.

"Disse-lhe Pedro: Nunca me lavarás os pés. Respondeu-lhe Jesus: Se eu te não lavar, não tens parte comigo. Disse-lhe Simão Pedro: Senhor, não só os meus pés, mas também as mãos e a cabeça." (João 13: 8 e 9)

O nosso “lava pés” de hoje é através da palavra de Deus, para nos tratar, quantas vezes estamos angustiados e buscamos conforto e refrigério na palavra? Precisamos ter o hábito de meditar, de buscar em Deus forças para superarmos as tempestades que nos sobrevém.

Precisamos aprender a respeitar os limites e individualidades das pessoas que estão a nossa volta, pois, Deus nos fez diferentes uns dos outros, se alguém necessita de mudança esse alguém somos nós mesmos, não adianta querer mudar os outros se essa mudança não começar em nossas vidas primeiro.

Quando aquela mulher foi pega em adultério, de acordo com a lei de Moisés, aquela mulher deveria morrer apedrejada, mas Jesus quando foi questionado sobre o que fazer com aquela pecadora, Ele sem Sua simplicidade disse: “... atire a primeira pedra quem não tiver pecados...”, naquele momento todos os acusadores daquela mulher, se sentiram mal por julgá-la e foram embora, sem que nenhum mal lhe viesse a acontecer. (meditar em João 8: 1 a 11)

Vamos deixar de ser hipócritas e querer regular a vida dos outros, é hora de olharmos para dentro de nós mesmos e buscarmos concerto em nossa vida.

Precisamos dar bons frutos, vigiando em nossas palavras e brincadeiras, pois, muitas vezes nós magoamos outras pessoas sem nem mesmo saber que assim estamos procedendo.

E também agora está posto o machado à raiz das árvores; toda a árvore, pois, que não produz bom fruto, é cortada e lançada no fogo." (Mateus 3: 10)

Está na hora de nos libertarmos da falsa religiosidade, dos dogmas religiosos, que a partir de hoje possamos gerar frutos em nossas vidas, nosso casamento, no nosso trabalho, vamos buscar onde caímos para que possamos voltar atrás e começarmos a escrevermos uma nova história de vida. Reflita nisso!!!

Culto de Celebração 19/06/11

Pr. Cláudio

QUAIS os FRUTOS TEMOS SEMEADO?

"Produzi, pois, frutos dignos de arrependimento; E também agora está posto o machado à raiz das árvores; toda a árvore, pois, que não produz bom fruto, é cortada e lançada no fogo." (Mateus 3: 8 e 10)

Todos os dias todos nós tomamos diversas atitudes e fazemos escolhas para nossas vidas, mas na maioria das vezes nos esquecemos de apresentá-las a Deus ou algo mais simples do que isso, muitas vezes nem se quer analisamos algumas decisões. Vale lembrar que nossas atitudes ecoarão pela eternidade, então que sejamos mais sábios no agir e no pensar.

"Tão-somente esforça-te e tem mui bom ânimo, para teres o cuidado de fazer conforme a toda a lei que meu servo Moisés te ordenou; dela não te desvies, nem para a direita nem para a esquerda, para que prudentemente te conduzas por onde quer que andares." (Josué 1: 7)

Deus deixou claro em outra passagem que no mundo teríamos aflições, mas Ele irá nos fortalecer, ou seja, nós teremos momentos em que estaremos fracos, iremos murmurar em algum momento mais crítico podemos até chegar ao ponto de afirmar que Deus não está conosco, mas é na nossa fraqueza que o poder de Deus se aperfeiçoa.

A grande questão é que só achamos que Deus está conosco quando as bênçãos estão sendo derramadas em nossa vida, mas lembre-se de uma coisa importante, Jesus não foi encontrado nos palácios, mas Ele sempre esteve ao lado dos que necessitavam de milagres, de curas, libertações, apregoando as boas novas do evangelho.

Independente daquilo que nós estejamos passando, Deus está conosco e para sentir a Sua poderosa mão agir em nossas vidas é necessário que nós venhamos estabelecer o reino de Deus em nossas vidas, apregoar a palavra porque essa é a nossa missão como igreja do Senhor.

"Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas." (Mateus 6: 33)

Deus está preocupado apenas com uma coisa em nossas vidas, onde passaremos nossa eternidade. Irmãos não vamos deixar que as dificuldades a que temos passados ou ainda passaremos se torne em um grande abismos de separação entre nós e Deus, procure fazer com que nada nos separe da presença do Soberano Deus.

"Produzi, pois, frutos dignos de arrependimento; E também agora está posto o machado à raiz das árvores; toda a árvore, pois, que não produz bom fruto, é cortada e lançada no fogo." (Mateus 3: 8 e 10)

Precisamos aprender a glorificar a Deus independente da circunstância não nos importando como e onde. O apóstolo Paulo glorificava a Deus em todas as situações, quer ele estivesse acompanhado por amigos ou por inimigos, rodeado por seguidores do evangelho ou sendo coagido para ser preso, isso tudo porque Paulo compreendia que tudo o que acontecia em sua vida tudo era por permissão de Deus.

Reflita, qual o fruto temos produzido? Serão desejos carnais, desejos egoístas, vontades incontroladas por um consumo compulsivo? Produzam frutos de arrependimento, hoje nós somos livres e através do sangue de Jesus nós temos livre acesso a Deus, Jesus foi a porta aberta para nos conduzir a boa, perfeita e agradável vontade de Deus para nossas vidas, através da graça.

Temos presenciado em nosso meio, pessoas que utilizam de palavras para nos enganarem, nos ludibriarem. Mas então porque vemos o fruto da mentira disseminado em nosso meio? Este tipo de fruto é utilizado por pessoas covardes que têm medo de mostrar quem realmente é.

Outro fruto que tem sido disseminado e tem destruído amizades e até lares é a falsidade, pessoas se aproximam de nós fingindo ser nossos “amigos” sendo omissos encobrindo muitas vezes alguns de nossos erros só para nos “agradar” diante de nós e no momento oportuno usam estes mesmos erros para nos destruir.

Amigo de verdade tem que ter coragem de falar a verdade e mostrar aquilo que ele próprio é assim como nós mesmos ainda que sejam as fraquezas, mas é preciso existir lealdade e sinceridade.

Se em algum momento de nossas vidas ferimos alguém com palavras, procure esse alguém peça perdão a esta pessoa e peça perdão a Deus, semeie amor para colher amor.

"Lembra-te, pois, de onde caíste, e arrepende-te, e pratica as primeiras obras; quando não, brevemente a ti virei, e tirarei do seu lugar o teu castiçal, se não te arrependeres." (Apocalipse 2: 5)

Há problemas a qual enfrentamos por atitudes passadas, por frutos que semeamos e que estão brotando em nossas vidas.

Devemos identificar os frutos que estamos plantando em nossas vidas através de algumas reflexões. É hora de reconhecermos nossas fraquezas e nossos pontos fortes, apresentando a Deus com sinceridade, este é o primeiro passo para uma mudança de vida.

"Disse-lhe Pedro: Nunca me lavarás os pés. Respondeu-lhe Jesus: Se eu te não lavar, não tens parte comigo. Disse-lhe Simão Pedro: Senhor, não só os meus pés, mas também as mãos e a cabeça." (João 13: 8 e 9)

O nosso “lava pés” de hoje é através da palavra de Deus, para nos tratar, quantas vezes estamos angustiados e buscamos conforto e refrigério na palavra? Precisamos ter o hábito de meditar, de buscar em Deus forças para superarmos as tempestades que nos sobrevém.

Precisamos aprender a respeitar os limites e individualidades das pessoas que estão a nossa volta, pois, Deus nos fez diferentes uns dos outros, se alguém necessita de mudança esse alguém somos nós mesmos, não adianta querer mudar os outros se essa mudança não começar em nossas vidas primeiro.

Quando aquela mulher foi pega em adultério, de acordo com a lei de Moisés, aquela mulher deveria morrer apedrejada, mas Jesus quando foi questionado sobre o que fazer com aquela pecadora, Ele sem Sua simplicidade disse: “... atire a primeira pedra quem não tiver pecados...”, naquele momento todos os acusadores daquela mulher, se sentiram mal por julgá-la e foram embora, sem que nenhum mal lhe viesse a acontecer. (meditar em João 8: 1 a 11)

Vamos deixar de ser hipócritas e querer regular a vida dos outros, é hora de olharmos para dentro de nós mesmos e buscarmos concerto em nossa vida.

Precisamos dar bons frutos, vigiando em nossas palavras e brincadeiras, pois, muitas vezes nós magoamos outras pessoas sem nem mesmo saber que assim estamos procedendo.

E também agora está posto o machado à raiz das árvores; toda a árvore, pois, que não produz bom fruto, é cortada e lançada no fogo." (Mateus 3: 10)

Está na hora de nos libertarmos da falsa religiosidade, dos dogmas religiosos, que a partir de hoje possamos gerar frutos em nossas vidas, nosso casamento, no nosso trabalho, vamos buscar onde caímos para que possamos voltar atrás e começarmos a escrevermos uma nova história de vida. Reflita nisso!!!

Culto de Celebração 19/06/11

Pr. Cláudio

21 de junho de 2011

AÇÃO GERAL EBENÉZER

15ª Ação Geral Ebenézer dia 25/06 no Centro de Ensino Fundamental 01 na Estrutural

Cuidados com a Saúde:

Serão oferecidos serviços de aferição de pressão arterial, teste de glicemia, exame triglicerides, tipagem sanguínea, exame biométrico, palestras com temas abrangentes, tais como: câncer de mama, climatério, diabetes, hipertensão, tuberculose, dengue, febre amarela, doenças sexualmente transmissíveis, rota vírus, prevenção às drogas, entre outros.

Serviços Jurídicos:

Serão oferecidos atendimentos ao público com aconselhamentos nas áreas: trabalhistas, família, civil, criminal, juizados especiais, entre outros.

Serviço Cultural:

Daremos oportunidades para apresentação gospel de bandas locais, coreografias, encenações teatrais, trios elétricos e uma série de atrativos que visam distrair e edificar o público presente.

Entretenimento:

Este item é oferecido especificamente às crianças e adolescentes, sendo que para o público infantil serão desenvolvidos os seguintes atrativos: pula-pula, cama elástica, escalada, high jump, futebol de sabão, entre outras atividades que visam o resgate de uma infância saudável.

Para o público adolescente:

Serão desenvolvidas atividades para o aspecto esportivo como: street dance (dança de rua), torneio de futebol, vôlei, entre outras atividades.

Estética & Beleza

Serão prestados serviços de embelezamento visando à elevação da auto-estima, por meio de cortes de cabelo unissex, manicure e pedicure, depilação (buço), design em sobrancelha, automaquiagem, massagem facial, alcançando todas as idades, gratuitamente.

Serviços Odontológicos:

Trata-se de uma atividade desenvolvida primeiramente para as crianças, alcançando também os adultos, visando à orientação de higiene bucal, por meio de palestras com atendimentos de: aplicação de flúor, palestra de bonecos, fantoches, distribuição de escova dental, além de orientações específicas para os pais.

Increva-se como voluntário ou faça doações.

Para maiores informações ligue 3352-3231

16 de junho de 2011

TENDE BOM ÂNIMO

"Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo." (João 16: 33)

Quando Moisés morreu, Josué foi escolhido por Deus para que conduzir oovo de Israel rumo à terra prometida, mas, ele só foi capaz de seguir a caminhada junto ao povo porque estava debaixo de uma promessa que Deus seria com ele, mas a condição que Deus estabeleceu a Josué era que ele tivesse ele tivesse bom ânimo.

"Não to mandei eu? Esforça-te, e tem bom ânimo; não temas, nem te espantes; porque o SENHOR teu Deus é contigo, por onde quer que andares." (Josué 1: 9)

Todos nós temos promessas de Deus para se cumprirem em nossas vidas, e um dos maiores desejos de Deus é que nós venhamos despertar, mas muitos de nós estamos vivemos de forma acomodada em uma “zona de conforto”, Ele quer fazer de nós mais que vencedores, mas para isso é necessário despertar e admitir as nossas fraquezas diante de Deus. O nosso maior inimigo não é satanás, somos nós mesmos.

"Porque não faço o bem que quero, mas o mal que não quero esse faço. Ora, se eu faço o que não quero, já o não faço eu, mas o pecado que habita em mim." (Romanos 7: 19 e 20)

Muitas vezes nós sonhamos, construímos planos, mas na hora em que vamos colocar em prática, ao nos depararmos com o primeiro obstáculo, nós começamos a murmurar, e desistimos com muita facilidade.

Há momentos em que nos sentimos sós, então pensamos que não conseguiremos, que não somos capazes ou muitas vezes somos perseguidos. Mas quando nós miramos no alvo que é Cristo, nossos olhos se abrem, e nessa hora conseguimos ver o sobrenatural de Deus para nossas vidas.

Nós temos a maior das oportunidades que Deus poderia ter nos dado que foi o sopro de vida e a presença Dele em nossas vidas. No antigo testamento, havia uma separação entre o homem e Deus, mas quando o Senhor Jesus morreu naquela cruz, o véu que separava o homem de Deus, se rasgou e hoje, nós podemos ser chamados de filhos do grande Deus Altíssimo, Ele enviou o seu filho amado para aqueles que o aceitaram, logo, somos filhos de Deus, e temos direito a uma herança.

Que nossa oração a Deus seja para que Ele faça cair as escamas de nossos olhos, para que possamos ver o sobrenatural de Deus, pois, é Ele quem garante a nossa vitória, seja qual for à situação a qual estejamos passando.

"Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, não temeria mal algum, porque tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me consolam." (Salmos 23: 4)

Poucas pessoas possuem determinação, existem pessoas que chegam até sonhar com algo para suas vidas, mas ao procurar um amigo (a) para contar-lhes tal sonho, caso este amigo (a), não seja favorável aquele sonho, a pessoa perde toda a motivação e entusiasmo, mas se o conselho for favorável, o “sonhador” toma gosto e tenta lutar pelo seu sonho.

Tal postura está errada, pois, a porta de oportunidades já foi aberta por Deus, que é o mundo, mas é necessário aprender a lidar com isso, é preciso aprender a sonhar ao lado de Deus.

Seja qual for o nosso sonho, precisamos aprender a compartilhar com Deus, para que Ele possa nos conduzir e quem sabe aquele sonho não servir para honrar o nome do Senhor, Deus conta conosco em cargos e funções estratégicas.

Josué estava na prisão, no calabouço, mas Deus tinha um plano para a sua vida, quando jovem, ele teve um sonho, mas no tempo certo Deus se lembrou dele e o exaltou, transformou em governador do Egito.

Nós temos a mania de olhar para pessoas bem sucedidas, mas nós raramente avaliamos como foi à jornada daquela pessoa até que ela chegasse até ali, muitas vezes foi necessário abrir mão de muitas coisas para conquistar aquela posição de destaque.

Para aqueles que têm sonhos e objetivos, tome uma atitude de mudar comece hoje mesmo a fazer a diferença, a ser a diferença, coloque nas mãos do Senhor e corra atrás dos seus objetivos, pois, se Deus está contigo, vai nesta tua força, nada nem ninguém pode lhe deter.

Que o Espírito guerreiro e audacioso dos grandes heróis da fé como Gideão, José, Moisés, Calebe possa estar sobre as nossas vidas, que possamos lutar por nossos sonhos, que nada venha impedir ou nos fazer deixar de lado nossos sonhos.

Também precisamos reconhecer que sozinhos não chegaremos a lugar algum, quando subirmos mais algum degrau em nossa vida, é muito bom lembrar de onde Deus nos tirou, precisamos sempre nos lembrar disso e usar o nosso testemunho para abençoar outras vidas.

Que esta palavra possa penetrar em nossos corações, que possamos confiar e crer no Senhor que o mais Ele fará. Toda promessa passa pelo teste do tempo, mas se crermos que o Senhor poderá fazer o impossível pela nossa vida, basta somente crer e ter atitude de fazer aquilo que é possível, pois, o impossível Ele fará. Pense nisso e tome uma atitude a partir de hoje.

Culto da de Celebração 12/06/11

Pr. Cláudio

13 de junho de 2011

A MULHER SUNAMITA

"Sucedeu também um dia que, indo Eliseu a Suném, havia ali uma mulher importante, a qual o reteve para comer pão; e sucedeu que todas as vezes que passava por ali entrava para comer pão. E ela disse a seu marido: Eis que tenho observado que este que sempre passa por nós é um santo homem de Deus. Façamos-lhe, pois, um pequeno quarto junto ao muro, e ali lhe ponhamos uma cama, uma mesa, uma cadeira e um candeeiro; e há de ser que, vindo ele a nós, para ali se recolherá. E sucedeu que um dia ele chegou ali, e recolheu-se àquele quarto, e se deitou. Então disse ao seu servo Geazi: Chama esta sunamita. E chamando-a ele, ela se pôs diante dele. Porque ele tinha falado a Geazi: Dize-lhe: Eis que tu nos tens tratado com todo o desvelo; que se há de fazer por ti? Haverá alguma coisa de que se fale por ti ao rei, ou ao capitão do exército? E disse ela: Eu habito no meio do meu povo. Então disse ele: Que se há de fazer por ela? E Geazi disse: Ora ela não tem filho, e seu marido é velho. Por isso disse ele: Chama-a. E, chamando-a ele, ela se pôs à porta. E ele disse: A este tempo determinado, segundo o tempo da vida, abraçarás um filho. E disse ela: Não, meu SENHOR, homem de Deus, não mintas à tua serva. E concebeu a mulher, e deu à luz um filho, no tempo determinado, no ano seguinte, segundo Eliseu lhe dissera. E, crescendo o filho, sucedeu que um dia saiu para ter com seu pai, que estava com os segadores; E disse a seu pai: Ai, a minha cabeça! Ai, a minha cabeça! Então disse a um moço: Leva-o à sua mãe. E ele o tomou, e o levou à sua mãe; e esteve sobre os seus joelhos até ao meio dia, e morreu. E subiu ela, e o deitou sobre a cama do homem de Deus; e fechou a porta, e saiu. E chamou a seu marido, e disse: Manda-me já um dos moços, e uma das jumentas, para que eu corra ao homem de Deus, e volte. E disse ele: Por que vais a ele hoje? Não é lua nova nem sábado. E ela disse: Tudo vai bem. Então albardou a jumenta, e disse ao seu servo: Guia e anda, e não te detenhas no caminhar, senão quando eu to disser. Partiu ela, pois, e foi ao homem de Deus, ao monte Carmelo; e sucedeu que, vendo-a o homem de Deus de longe, disse a Geazi, seu servo: Eis aí a sunamita. Agora, pois, corre-lhe ao encontro e dize-lhe: Vai bem contigo? Vai bem com teu marido? Vai bem com teu filho? E ela disse: Vai bem. Chegando ela, pois, ao homem de Deus, ao monte, pegou nos seus pés; mas chegou Geazi para retirá-la; disse porém o homem de Deus: Deixa-a, porque a sua alma está triste de amargura, e o SENHOR me encobriu, e não me manifestou. E disse ela: Pedi eu a meu SENHOR algum filho? Não disse eu: Não me enganes? E ele disse a Geazi: Cinge os teus lombos, toma o meu bordão na tua mão, e vai; se encontrares alguém não o saúdes, e se alguém te saudar, não lhe respondas; e põe o meu bordão sobre o rosto do menino. orém disse a mãe do menino: Vive o SENHOR, e vive a tua alma, que não te hei de deixar. Então ele se levantou, e a seguiu. E Geazi passou adiante deles, e pôs o bordão sobre o rosto do menino; porém não havia nele voz nem sentido; e voltou a encontrar-se com ele, e lhe trouxe aviso, dizendo: O menino não despertou. E, chegando Eliseu àquela casa, eis que o menino jazia morto sobre a sua cama. Então entrou ele, e fechou a porta sobre eles ambos, e orou ao SENHOR. E subiu à cama e deitou-se sobre o menino, e, pondo a sua boca sobre a boca dele, e os seus olhos sobre os olhos dele, e as suas mãos sobre as mãos dele, se estendeu sobre ele; e a carne do menino aqueceu. Depois desceu, e andou naquela casa de uma parte para a outra, e tornou a subir, e se estendeu sobre ele, então o menino espirrou sete vezes, e abriu os olhos. Então chamou a Geazi, e disse: Chama esta sunamita. E chamou-a, e veio a ele. E disse ele: Toma o teu filho. E entrou ela, e se prostrou a seus pés, e se inclinou à terra; e tomou o seu filho e saiu." (II Reis 4:8 a 37)

A Bíblia narra à história de uma mulher a qual não é mencionado o nome, mas a sua história ficou conhecida como a da “mulher sunamita”, esta mulher reconhecia a unção de Deus na vida do profeta Eliseu, e todas as vezes que ela o via, ela servia-lhe pão, certa vez ela chamou seu marido e pediu que este construísse um quarto para acolher aquele homem de Deus em sua casa.

Quando nós plantamos na vida de nossos pastores, nós colhemos os frutos no tempo de determinado por Deus, aquela mulher estava plantando na vida do profeta Eliseu com sua atitude de alimentá-lo e o acolher em sua casa.

Eliseu procurou saber sobre a vida daquela mulher, o que faltava em sua vida, então ele tomou conhecimento que ela não tinha filhos, naquela época a mulher que não gerava filhos, era tida como amaldiçoada e esta era muito humilhada. Certamente aquela mulher ao se casar sonhara em ter filhos como as outras mulheres, mas o tempo foi passando e aquele sonho não se realizou em sua vida.

Hoje Deus te pergunta qual tem sido o teu sonho? Será que nós temos deixado os nossos sonhos morrerem porque já faz muito tempo e até hoje eles não se concretizaram em nossas vidas?

Eliseu mandou chamar a sunamita, e profetizou que ela iria dar a luz a um filho no tempo determinado, esta era uma forma de retribuir a esta mulher aquilo que ela vinha fazendo por ele. As sementes que ela havia plantado na vida do homem de Deus, mesmo que sem interesse estavam a dar os primeiros frutos sobre a vida dela e de seu marido.

Depois de algum tempo o menino que outrora alegrara aquela família, pois, ele era a realização e concretização de um sonho, veio a ser acometido por uma dor de cabeça quando estava no campo e veio a falecer junto a sua mãe.

Esta mulher foi muito forte e decidida, ela não deixou se abater com a possibilidade de ver o seu sonho “desfeito”. Sua atitude foi sábia ela foi de encontro ao homem de Deus, porque ela tinha certeza que o mesmo Deus que havia usado o profeta para lhe abençoar com o filho, esse mesmo Deus poderia trazer a vida novamente ao menino.

Irmãos, aquilo que Deus nos deu, ele já mais tirará de nós, se foi Ele quem deu o seu (a) esposo (a), Ele não irá desfazer o seu casamento, aquela porta de emprego que Ele abriu Ele não fechará, creia nisso.

Quando o profeta Eliseu avistou a sunamita de longe, logo, enviou seu servo Geazi para sondar como ela estava, mas a sunamita foi breve em suas respostas ao dizer que estava tudo bem, só Deus e aquela mulher sabiam a dor que ela estava sentindo naquela hora, mas ela foi firme e não murmurou.

Muitas vezes nós murmuramos, deixamos o nosso orgulho e a falta de sabedoria tomarem de conta de nós mesmos e acabamos perdendo a nossa bênção.

Quando a sunamita se encontrou com o profeta, ela chegou ali decidida a só sair dali com ele ao seu lado para ter uma solução para aquele problema inesperado.

Irmãos, não saiam dos pés do Senhor, muitas vezes não tomamos posse da nossa bênção porque não estamos preparados, não estamos na posição a qual Deus nos quer.

Eliseu pediu que seu servo levasse o seu bordão e tocasse no menino, mas a unção de Deus não estava sobre Geazi estava sobre Eliseu, este era o homem a qual Deus tinha escolhido.

Antes de receber a bênção de dar a luz a um filho, ela não sonhava mais, ela não pediu ao profeta, mas naquela hora tudo o que ela mais queria era que seu filho tornasse a vida novamente. Quando o profeta Eliseu aproximou-se do menino e deitou-se sobre o menino por sete vezes, o calor voltou ao corpo do menino e este tornou a vida.

O tempo passou e veio a fome, a sunamita e sua família foram habitar na terra dos filisteus por sete anos, após este período ela voltou a sua terra, colocou-se diante da presença do rei para pedir-lhe a sua terra de volta, mas a vida daquela mulher lhe restava às boas sementes que havia plantado na vida de Eliseu, quando ela o alimentou e o acolheu em sua casa e mais uma vez ela pode colher os frutos do que plantara na vida do profeta a anos atrás. (ler II Reis 8: 1 a 6)

Muitas vezes o Senhor nos dá oportunidades de semearmos na vida de nossos profetas e pastores, então não percam a oportunidade de abençoá-los, pois, no tempo certo, as sementes plantas na vida deles darão frutos.

O rei chamou a Geazi para tomar conhecimento de seus feitos, então ele tomou conhecimento do milagre vivido pela sunamita através da vida de Eliseu, então este lhe restituiu tudo aquilo que ela tinha perdido.

"Deleita-te também no SENHOR, e te concederá os desejos do teu coração. Entrega o teu caminho ao SENHOR; confia nele, e ele o fará." (Salmos 37: 4 e 5)

É muito difícil nós nos entregarmos ao Senhor verdadeiramente, nós só cremos naquilo que nossos olhos podem ver, muitas vezes agimos como Pedro, ele pediu para andar sobre as águas, mas quando estava caminhando, ele deixou de olhar para o alvo que é Cristo e acabou afundando em meio as águas.

Que haja em nós a excência da mulher sunamita, fazer o bem sem olhar a quem, sem interesses futuros do que esta pessoa pode fazer para nos retribuir. Pense nisso!!!

Culto da Unção 10/06/11

Missionária Lia Sá

Igreja Assembléia de Deus dos Últimos Dias

12 de junho de 2011

SAGA DE UM SONHADOR

"E disse Faraó a seus servos: Acharíamos um homem como este em quem haja o espírito de Deus? Depois disse Faraó a José: Pois que Deus te fez saber tudo isto, ninguém há tão entendido e sábio como tu. Tu estarás sobre a minha casa, e por tua boca se governará todo o meu povo, somente no trono eu serei maior que tu. Disse mais Faraó a José: Vês aqui te tenho posto sobre toda a terra do Egito. E tirou Faraó o anel da sua mão, e o pôs na mão de José, e o fez vestir de roupas de linho fino, e pôs um colar de ouro no seu pescoço. E o fez subir no segundo carro que tinha, e clamavam diante dele: Ajoelhai. Assim o pôs sobre toda a terra do Egito. E disse Faraó a José: Eu sou Faraó; porém sem ti ninguém levantará a sua mão ou o seu pé em toda a terra do Egito. E Faraó chamou a José de Zafenate-Panéia, e deu-lhe por mulher a Azenate, filha de Potífera, sacerdote de Om; e saiu José por toda a terra do Egito. E José era da idade de trinta anos quando se apresentou a Faraó, rei do Egito. E saiu José da presença de Faraó e passou por toda a terra do Egito." (Gênesis 40: 38 a 46)

É comum nós encontrarmos pessoas marcadas pelo sofrimento, pessoas que passaram fome, separações, perdas, violências de todos os tipos, vemos nestas pessoas que apesar das lutas e frustrações que elas passaram, que é possível adquirir confiança em Deus e ter sensibilidade de reconhecer quem verdadeiramente é seu amigo.

Para chegarmos ao caminho que nos conduz a vitória é necessário superar todos os obstáculos, vemos que quanto maior é a bênção almejada, maior é a luta a qual passaremos, mas também maior será a nossa bênção.

A história de José foi marcada pela inveja de seus irmãos, que através desta acarretou muito sofrimento que talvez fossem suficientes para fazer ele desistir de seus sonhos.

É muito fácil encontrarmos pessoas que vivem questionando a Deus nos mais variados momentos da vida. Será que temos sido fiéis a Deus quando estamos na bonança? Que tipo de filho temos sido?

Deus está acima das contendas, das dores, dos problemas e das perseguições nada pode estar acima do Soberano Deus. Jó foi um exemplo disto, apesar de todo o sofrimento que estava passando a fé dele estava em Deus.

"Então sua mulher lhe disse: Ainda reténs a tua sinceridade? Amaldiçoa a Deus, e morre. Porém ele lhe disse: Como fala qualquer doida, falas tu; receberemos o bem de Deus, e não receberíamos o mal? Em tudo isto não pecou Jó com os seus lábios." (Jó 2: 9 e 10)

Quem é sonhador é perseguido, é alvo de perseguição, para ele toda maldição torna-se em bênção. José foi perseguido por seus irmãos só pelo simples fato dele ter contado um sonho que o Senhor o revelara.

Muitas vezes nós sonhamos em ter o nosso próprio negócio, ou passar em um determinado concurso, e às vezes nós expressamos alguns sonhos para algumas pessoas mais próximas a nós, e normalmente somos colocados para baixo, desmotivados a seguir em frente. Nós precisamos aprender a respeitar os sonhos dos outros por mais absurdo que seja, pois, nós não conhecemos os planos de Deus para a vida de ninguém, como também não temos o direito de destruir o sonho de alguém.

Mas o verdadeiro sonhador não desiste dos seus sonhos, ele luta para ser a diferença onde quer que ele esteja.

Nós precisamos aprender a respeitar o sonho de nossos irmãos, por mais absurdo que seja para nós, além disso, nós não conhecemos os planos de Deus. Nós devemos apoiar, pois, através de um sonho, Deus pode mudar toda uma história.

Deus não nos fez para comer do entulho do diabo, mas Ele nos fez para sentar-se a mesa e cear com o Rei dos reis, Senhor dos senhores.

Hoje nós somos novas criaturas, ainda que o mundo não acredite em nós, Deus acredita foi por nós que Ele enviou o seu único filho para morrer naquela cruz, se Ele não acreditasse em nós, certamente estaríamos largados, abandonados neste mundo e sem esperanças.

O Senhor nos manda levantar e andar, porque é através de nossa vida que outras sonhos e vidas serão restaurados, ainda que este sonho seja impossível para nós, o Deus que servimos é o Deus do impossível. Nenhuma palavra contrária contra a nossa vida prosperará, pois o Senhor está conosco.

Existem muitas pessoas que foram abatidas por causa das inúmeras lutas, mas creia que as promessas de Deus elas não morreram, toda promessa passa pelo teste do tempo, mas creia que se Ele prometeu, Ele é fiel para cumprir.

Muitas vezes quando cometemos um pecado, todos nos apontam e somos julgados pelo homem, mas quando nós nos arrependemos, e pedimos perdão a Deus, Ele nos perdoa, lança no mar do esquecimento nossas transgressões e no momento certo Ele nos dá a vitória e nos exalta.. Não adianta o fofoqueiro da esquina tentar contra a sua vida, pois, Deus é maior. Não deixe que as perseguições te façam parar, insista, persista se Deus te prometeu Ele é fiel para cumprir.

O importante não é começar bem, mas o mais importante é como nós terminamos, é o final de nossa história que é mais importante.

O sonhador pode ser rejeitado, e pode ser visto como alguém inconveniente foi assim com José, para seus irmãos ele era um estorvo, para os israelitas, mais um escravo que daria lucro, mas para Deus, José tinha um valor inestimável. Por causa de uma adultera e mau caráter, José foi parar dentro de um calabouço, foi humilhado e esquecido naquele lugar.

Mas o Deus que tirou José daquele lugar trocou as suas vestes, criou um cargo e o exaltou no meio de todos que o humilhou.

Já mais subestime alguém, pois, é impossível sabermos de fato quem está ao nosso lado, pois, podemos estar ao lado de um escolhido do Senhor a quem Ele irá exaltar.

Elias foi para a caverna, por não ter suportado a pressão que estava passando. Hoje não é difícil encontramos pessoas se isolando dentro de suas cavernas, nós precisamos nos aceitar com todos os nossos defeitos e pontos fracos, mas vendo isto como uma oportunidade de nos conhecermos melhor, pois, tendo ciência das nossas fraquezas e limitações, podemos orar apresentar a Deus para que Ele nos fortaleça.

Nós pastores, somos autoridades espirituais dentro da igreja, nossa missão é apascentar as ovelhas, nós não temos o direito de matar o sonho de uma pessoa através da violência das palavras, da religiosidade.

Somente a excência do amor de Deus transforma e muda o caminho do sonhador de perseguição para o caminho da bênção.

Para os irmãos de José, os ismaelitas eram para ser uma espécie de castigo na vida de José, mas nas mãos de Deus eles foram instrumentos, pois, o conduziram aos caminhos a qual trariam ensinamentos e experiências para a vida de José e que no futuro seriam muito úteis quando este fosse exaltado com o cargo de governador do Egito.

No silêncio Deus vai operar, quando Ele entra em ação, Ele transforma uma humilhação em uma grande bênção para as nossas vidas.

Josué passou de prisioneiro a governador, o sonhador não se deixa abater diante das frustrações, porque no seu DNA, corre o DNA de Cristo, e Nele nós somos mais que vencedores.

Creia que este tempo de angústia passará, pois, se o Senhor não edificar a casa em vão será o nosso trabalho. Diante das lutas muitas vezes nós não temos forças para orar, a única coisa que conseguimos fazer é chorar, então ao invés de chorarmos para o homem que nada pode fazer, vamos mudar nossa atitude e chorar aos pés do Pai, se quebrantar na presença Dele.

Vamos crer nas promessas do Senhor para nossas vidas, pois, mesmo quando nos sentimos só, Ele está conosco, pois foi uma promessa Dele para nossas vidas.

Vamos resgatar a confiança primeiramente em Deus e depois em nós mesmos, precisamos elevar nossa alto estima, vamos deixar que o Senhor remova a pedra de nossas vidas, pois, Ele hoje nos chama pelo nome, e nos convida a vir para fora, para poder suscitar nossos sonhos.

Culto da Vitória 08/06/11

Pr. Cláudio

A Saga de um Sonhador