Animação IBESO

Tradutor / Translate

28 de maio de 2011

ORAÇÃO DE HABACUQUE

"Oração do profeta Habacuque sobre Sigionote. Ouvi, SENHOR, a tua palavra, e temi; aviva, ó SENHOR, a tua obra no meio dos anos, no meio dos anos faze-a conhecida; na tua ira lembra-te da misericórdia. Deus veio de Temã, e do monte de Parã o Santo (Selá). A sua glória cobriu os céus, e a terra encheu-se do seu louvor. E o resplendor se fez como a luz, raios brilhantes saíam da sua mão, e ali estava o esconderijo da sua força. Adiante dele ia a peste, e brasas ardentes saíam dos seus passos. Parou, e mediu a terra; olhou, e separou as nações; e os montes perpétuos foram esmiuçados; ou outeiros eternos se abateram, porque os caminhos eternos lhe pertencem. Vi as tendas de Cusã em aflição; tremiam as cortinas da terra de Midiã. Acaso é contra os rios, SENHOR, que estás irado? É contra os ribeiros a tua ira, ou contra o mar o teu furor, visto que andas montado sobre os teus cavalos, e nos teus carros de salvação? Descoberto se movimentou o teu arco; os juramentos feitos às tribos foram uma palavra segura. (Selá.) Tu fendeste a terra com rios. Os montes te viram, e tremeram; a inundação das águas passou; o abismo deu a sua voz, levantou ao alto as suas mãos. O sol e a lua pararam nas suas moradas; andaram à luz das tuas flechas, ao resplendor do relâmpago da tua lança. Com indignação marchaste pela terra, com ira trilhaste os gentios. Tu saíste para salvação do teu povo, para salvação do teu ungido; tu feriste a cabeça da casa do ímpio, descobrindo o alicerce até ao pescoço. (Selá.) Tu traspassaste com as suas próprias lanças a cabeça das suas vilas; eles me acometeram tempestuosos para me espalharem; alegravam-se, como se estivessem para devorar o pobre em segredo. Tu com os teus cavalos marchaste pelo mar, pela massa de grandes águas. Ouvindo-o eu, o meu ventre se comoveu, à sua voz tremeram os meus lábios; entrou a podridão nos meus ossos, e estremeci dentro de mim; no dia da angústia descansarei, quando subir contra o povo que invadirá com suas tropas. Porque ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto na vide; ainda que decepcione o produto da oliveira, e os campos não produzam mantimento; ainda que as ovelhas da malhada sejam arrebatadas, e nos currais não haja gado; Todavia eu me alegrarei no SENHOR; exultarei no Deus da minha salvação. O SENHOR Deus é a minha força, e fará os meus pés como os das cervas, e me fará andar sobre as minhas alturas." (Habacuque 3: 1 a 19)

Habacuque foi um profeta que nasceu em um tempo em que Deus havia se calado, mas a cultura de seu povo era passada de geração em geração, foi assim que Habacuque conheceu a Deus, através dos ensinamentos, ele teve acesso as histórias da criação, das intervenções de Deus junto a Israel, e isto despertou nele o desejo de buscar a Deus.

Sua oração era uma oração diferente, pois, ele entendia que Deus habitava no meio dos louvores, mas ele também questionava a Deus porque tanta ira. Naquele tempo, Deus havia se calado devido ao pecado que estava arraigado.

Mesmo vendo o distanciamento de Deus e tudo o que estava acontecendo em sua volta, Habacuque ora a Deus pedindo um avivamento naquele lugar. Avivar significa trazer a vida novamente, tornar a ter vida.

Nesta oração vemos que havia uma sede pela presença de Deus, Habacuque poderia ter seguido outro caminho, mas ele preferiu seguir a Deus, pois, ele entendeu que o sobrenatural só Deus faz, certamente ele já estava cansado de viver a normalidade das coisas e sabia que só Deus poderia fazer a diferença.

No final de sua oração, ele clama a Deus dizendo:

“Porque ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto na vide; ainda que decepcione o produto da oliveira, e os campos não produzam mantimento; ainda que as ovelhas da malhada sejam arrebatadas, e nos currais não haja gado; Todavia eu me alegrarei no SENHOR; exultarei no Deus da minha salvação.” (Habacuque 3: 17 e 18)

O que ele quis dizer com isso? Ainda que faltem todas as coisas, todavia eu me alegrarei no Senhor. Ele estava buscando a Deus não por interesse, mas por amor a Deus, e reconhecia que a salvação vinha do Deus Altíssimo.

Que exemplo! Irmãos não barganhem com Deus, busque-O por amor e não pelo o que Ele pode nos dar. Podemos ter casa, carro, posição social, ser uma pessoa estudada, mas certamente seremos mais um no meio da multidão, e isso não faz a diferença.

"Tudo quanto tem fôlego louve ao SENHOR. Louvai ao SENHOR." (Salmos 150: 6)

O milagre será uma conseqüência da sua dedicação a Deus e à sua obra.

"Ora, sem fé é impossível agradar-lhe; porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe, e que é galardoador dos que o buscam." (Hebreus 11: 6)

Galardoador significa recompensador, Ele recompensa aqueles que trabalham para Ele. Deus tem nos visto e a nossa recompensa virá Dele. Valorize isso ainda que em nossas vidas esteja nos faltando algo, alegremos-nos no Senhor.

Talvez muitos de nós não tenhamos status, dinheiro, mas nós temos algo muito mais precioso em nossas vidas, que é a paz que Cristo nos dá, temos uma família, podemos ir e vir porque Deus está conosco, Ele nos deu o dom da vida e através dela nós todos os dias gozamos de oportunidades, mas para aqueles que desceram a sepultura, não há mais oportunidades, pois, o ciclo da vida já se completou, para eles agora segue-se para o julgamento final.

Irmãos, eu convido a todos vocês para refletirem, porque vocês estão na igreja hoje? Se for somente por causa de uma bênção, um milagre considere-se o mais miserável da face da terra.

Muitas vezes somos muito ingratos, passamos tempos e tempos clamando a Deus por algo, quando nós somos abençoados depois de um tempo nos encontramos murmurando daquilo que um dia foi bênção nas nossas vidas. Precisamos ser racionais e conscientes daquilo que queremos, tendo consciência de tudo aquilo que temos feito, pois, um dia teremos que prestar contas, seremos cobrados pelo Deus que tudo sabe e tudo vê.

Se nossa bênção não chegou no momento em que achávamos ser o mais certo, lembre-se que Deus sabe de todas as coisas, vamos continuar nossa caminhada na presença do Senhor tendo Ele como nosso único alvo, pois, só assim poderemos chegar a nova Jerusalém.

Vigília IBESO

27/05/11

Pr. Cláudio

Nenhum comentário: