Animação IBESO

Tradutor / Translate

17 de maio de 2011

OPORTUNIDADE

"E certa mulher que, havia doze anos, tinha um fluxo de sangue; E que havia padecido muito com muitos médicos, e despendido tudo quanto tinha nada lhe aproveitando isso, antes indo a pior;" (Marcos 5: 25 e 26)

A Bíblia nos relata no livro de Marcos que, havia uma mulher que doze anos sofria com um fluxo de sangue.

Naquele tempo, todos viviam pela Lei e de acordo com a Lei, toda mulher era considerada impura, durante o período do ciclo menstrual, desta forma, ela era separada do convívio de todos que a cercavam durante este período.

"Também a mulher, quando tiver o fluxo do seu sangue, por muitos dias fora do tempo da sua separação, ou quando tiver fluxo de sangue por mais tempo do que a sua separação, todos os dias do fluxo da sua imundícia será imunda, como nos dias da sua separação. Toda a cama, sobre que se deitar todos os dias do seu fluxo, ser-lhe-á como a cama da sua separação; e toda a coisa, sobre que se assentar, será imunda, conforme a imundícia da sua separação. E qualquer que a tocar será imundo; portanto lavará as suas vestes, e se banhará com água, e será imundo até à tarde. Porém quando for limpa do seu fluxo, então se contarão sete dias, e depois será limpa." (Levítico 15: 25 a 28)

Aquela mulher certamente deve ter perdido a sua família, pois, era considerada impura além de ter perdido a família, ela havia gastado tudo o que tinha com médicos para ficar curada daquele mal, mas nada havia solucionado certamente ela estava vivendo a espera da morte, pois, médico nenhum conseguia curá-la. Quantas pessoas religiosas talvez não a condenaram dizendo: “olha você só está assim porque está em pecado”.

"E que havia padecido muito com muitos médicos, e despendido tudo quanto tinha, nada lhe aproveitando isso, antes indo a pior;" (Marcos 5: 26)

Mas a sua história começou a mudar quando ela ouviu falar de Jesus, de seus milagres e colocou em seu coração a convicção de que só Jesus poderia ser a solução para aquele mal a qual ela padecia há tantos anos.

Nos nossos dias não é diferente, quando estamos passando por alguma luta logo somos cercados por “religiosos” para nos julgar dizendo: “se você está passando por isso é porque está em desobediência”, tais pessoas muitas vezes até se recusam a fazer uma oração por acharem que aquela situação é dada por Deus.

Muitas vezes nós temos oportunidades de buscar ao Senhor, de orar e nos humilhar na presença Dele, mas desperdiçamos as chances que o Senhor nos dá por acharmos que estamos muito ocupados, por querer saciar os desejos da carne, mas na hora em que os problemas nos cercam nesta hora as primeiras coisas que nos acontecem é que nossos “amigos” se afastam de nós, de repente nós arrumamos todo tempo do mundo para buscar a Deus.

"Em todo o tempo ama o amigo e para a hora da angústia nasce o irmão." (Provérbios 17: 17)

Este amigo citado em provérbios é o próprio Senhor Jesus, pois, o nosso dever é amá-Lo em todo o tempo, pois, quando nos sobrevier o dia mal Ele estará conosco quando todos se afastarem de nós, Ele já mais nos desamparará.

A situação daquela mulher era desesperadora, porque muitos devem ter falado para ela, olha o seu problema não tem mais jeito, você vai viver assim até o fim dos seus dias. Imagine como era a vida daquela mulher praticamente desenganada, nos nossos dias se nós ao chegarmos a um médico, e este nos apresentar determinado diagnóstico de um câncer, ou qualquer outra doença degenerativa que não tem cura e que iremos padecer até a morte, nós nos iríamos nos desesperar, imagina aquela mulher.

Ela teve a chance de ouvir falar de Jesus, e não perdeu a oportunidade e foi ao encontro de Jesus, um verdadeiro encontro com a vida.

Quantos de nós temos a oportunidade todos os dias de nos concertar diante de Deus, talvez quem sabe muitos que estão lendo esta mensagem agora, já passaram pelo vale da sombra da morte, aqueles que conseguiram sair do vale, creia que Deus tem um propósito para a sua vida, então não perca a oportunidade que o Senhor lhe oferece hoje, busque à Ele, entregue sua vida ao Autor da vida.

Quantos jovens estão perdendo a liberdade, o futuro e até mesmo a família por alguns momentos de curtição, bebedeiras entre amigos, por coisas tão pequenas e vazias.

O importante não é como nós começamos nossa história, o mais importante é como será o final dela. Nós somos dotados de livre arbítrio para fazermos nossas escolhas e hoje o Senhor coloca diante de nós dois caminhos um que nos conduz a salvação e vida eterna e outro que nos conduz a perdição, cabe a todos nós julgarmos o que é melhor para cada um de nós.

É muito importante que nós sejamos corajosos o suficiente para assumirmos quem realmente nós somos. Até quando viveremos culpando A, B, C até mesmo o Pastor por nossas culpas e erros. É hora de voltarmos atrás, onde caímos, de nos arrependermos buscar uma reconciliação e continuar nossa caminhada na presença do Senhor.

Aquela mulher estava fraca, mas ela não se importou com os obstáculos que se encontravam no caminho que era a grande multidão que seguia a Jesus, ela tinha um objetivo, o de tocar em Jesus, tocar as suas vestes para ser curada, e sua história mudar.

E qual o nosso objetivo hoje? Qual tem sido o nosso alvo?

Não é tempo de discussões vãs, é tempo de abrir mão disso tudo e seguir a Jesus, é hora de parar de culpar os outros, é tempo de concerto.

"E se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e buscar a minha face e se converter dos seus maus caminhos, então eu ouvirei dos céus, e perdoarei os seus pecados, e sararei a sua terra." (II Crônicas 7: 14)

Este “se” significa uma condição, ou seja, se nós nos humilharmos, se nós orarmos, se nós buscarmos a face de Deus, se converter dos maus caminhos, ao tomarmos semelhantes atitudes seremos perdoados e curados de tudo aquilo que nos aflige.

Tome uma atitude “toque” nas vestes de Jesus e seja livre!!! Pense nisso.

15/05 /11 Culto de Celebração

Pr. Cláudio

OPORTUNIDADE

Nenhum comentário: