Animação IBESO

Tradutor / Translate

24 de maio de 2011

CHA - CONHECIMENTO, HABILIDADE E ATITUDE

"Quanto a estes quatro jovens, Deus lhes deu o conhecimento e a inteligência em todas as letras, e sabedoria; mas a Daniel deu entendimento em toda a visão e sonhos." (Daniel 1: 17)

CHA – Conhecimento, Habilidade e Atitude.

Conhecimento: ato ou efeito de saber, ele pode ser adquirido por qualquer pessoa de várias formas.

"Falou Daniel, dizendo: Seja bendito o nome de Deus de eternidade a eternidade, porque dele são a sabedoria e a força;" (Daniel 2: 20)

Habilidade: é um grau de competência adquirida e que não pode ser aplicado de forma generalizada para todas as pessoas. Para adquirirmos habilidade de alguma função por exemplo, é necessário primeiramente adquirir conhecimento.

Daniel foi um homem muito usado por Deus, e se Deus não tivesse derramado a unção do conhecimento sobre a vida dele e o habilitado na ciência do entendimento dos sonhos, já mais, Daniel poderia ter decifrado os sonhos do rei e certamente muitos teriam as vidas ceifadas, mas ele soube usar dos dons dados por Deus.

Atitude: são constatações, favoráveis ou desfavoráveis, em relação a objetos, pessoas ou eventos.

Ter apenas conhecimento e habilidade muitas vezes não significa nada, pois, se a pessoa não tiver atitude, não souber usá-las ela não irá muito longe.

A atitude fez a diferença na vida de Daniel, pois, quando saiu o decreto de que ninguém poderia se prostrar diante de nenhum deus que não fosse o rei, este seria orando a Deus três vezes ao dia com as janelas de sua casa aberta, pois, ele tinha a certeza que o veriam se prostrando diante de Deus, mostrando para aquele povo que ele era fiel ao Deus a qual ele servia, e com esta atitude ele foi lançado à cova dos leões somente para uma coisa, glorificar o nome do Senhor dos Senhores, pois, no outro dia, estava lá Daniel de pé firme na presença do Deus Altíssimo, rodeado por leões, mas sem nenhum arranhão.

Então o que faz a diferença nas nossas vidas?

Quem conhece a Deus, tem que ter atitude, não adianta nada vir aos cultos e ao sair da igreja as atitudes e comportamentos serem totalmente diferentes. O que fará a diferença serão as atitudes, pois, quem tem atitude pode buscar o conhecimento e a habilidade.

Quais as atitudes devemos tomar?

"E chamando a si a multidão, com os seus discípulos, disse-lhes: Se alguém quiser vir após mim, negue-se a si mesmo, e tome a sua cruz, e siga-me." (Marcos 8: 34)

O que faz a diferença nas nossas vidas é a unção de Deus nas nossas vidas, o diabo não está preocupado com as pessoas que estão perdidas no mundo não, pois, estes sem esforço nenhum já são dele, mas quando ele vê um servo que é marcado pela promessa de Deus o seu principal objetivo é tirá-lo da posição.

Vocês já pararam para pensar nas pessoas que estão afastadas dos caminhos do Senhor? Muitas vezes estamos dentro da igreja, mas, nós não conseguimos sentir a presença de Deus e aos poucos vamos esfriando e nos afastando. Cuidado irmã se você estiver assim, tome uma atitude.

Bênção, não é esse evangelho de prosperidade pregado por muitos, ser bênção é ter a presença de Deus. Quanto mais perto chegamos de Deus mais somos confrontados e estes confrontos virão muitas vezes de pessoas mais próximas, tudo para tentar nos tirar da posição.

Devemos ser sábios em nossas orações e pedir para que Deus tire dos nossos olhos as escamas, para que possamos estar em alertas para não cair em laços.

Nós mulheres passamos por muitas situações engraçadas e contraditórias ao mesmo tempo, quando estamos solteiras oramos e pedimos a Deus que mande um varão, quando casamos, nós reclamamos do casamento, dos afazeres, quando trabalhamos fora e contratamos uma secretária para nos ajudar com a casa, reclamamos que gostaríamos de ter tempo para fazer as coisas, pois, a secretária não faz como a gente gostaria. Enfim, irmãs está na hora de tomarmos uma posição de sabedoria, quando Deus nos criou, Ele nos criou não foi para ser cabeça, pois, o cabeça da família é o homem, nós fomos feitas para sermos ajudadoras idôneas. Muitas vezes este tipo de coisa tem destruído casamentos, pois, queremos a todo custo sermos independentes.

O papel da mulher de Deus não mudou ao longo do tempo o que mudou foram às atitudes das mulheres e seus pensamentos e muitas não querem seguir o manual do bom relacionamento que é a Bíblia. Daniel foi bênção porque ele seguia as orientações da Bíblia, assim como Deus capacitou a Daniel, Ele pode nos capacitar hoje também, basta querermos e saber pedir a Deus uma direção.

Como chamar a atenção de Deus com simples atitudes?

1 – Imperfeição: o Senhor não requer que sejamos perfeitas, mas sim, que estejamos dispostas a ser moldadas por suas mãos. A palavra de Deus já mais volta vazia mais vale um dia na presença de Deus do que vinte e quatro horas no mundo.

2 – Intimidade: devemos buscar esta intimidade não apenas vindo a igreja, mas como a própria Bíblia nos orienta, fechando a porta de nosso quarto e nos quebrantando na presença Dele.

3 – Na dor: não é porque muitas vezes estamos na prova que Deus nos esqueceu. Daniel passou por uma grande prova ao ter que entrar na cova dos leões, mas ele saiu de lá sem nenhum arranha. Entenda nada pode nos tirar da presença de Deus, quem sabe o seu maior desafio não será o seu grande ministério para que no tempo de Deus possamos usar nossa experiência com autoridade para intercede por outra vida.

4 – Não aceitar os padrões do mundo: hoje nós estamos vivendo a era da normalidade, tudo é normal, é normal um adolescente ir a um show e morrer por causa de uma briguinha, é normal os jovens desrespeitarem os pais, precisamos dar um basta nisto tudo, somos sal da terra e luz do mundo.

5 – Princesas do Senhor: somos filhas do Rei dos Rei, não devemos nos conformar com aqueles papinhos de homens sem compromisso que só querem saber de “ficar”, uma princesa não anda em qualquer lugar, e não anda com qualquer um. Nós mulheres de Deus precisamos saber esperar no Senhor, Ele nos dará nosso varão no tempo certo, pois, é melhor obedecer do que pagar o preço da desobediência.

6 – Amar Incondicionalmente: ser cristão é amar e saber perdoar é amar de maneira incondicional, precisamos aprender a ser multiplicadores do amor de Deus e tudo aquilo que o Senhor ministrar em nossas vidas, quer seja através da palavra de Deus, quer seja através de um louvor.

7 – Ter o brilho do Espírito Santo de Deus: o nosso comportamento e o nosso testemunho testificam a presença de Deus em nossa vida, não adianta estarmos dentro da igreja e sermos “santas” se lá fora da igreja nós tiramos esta “fantasia” de “santidade” e o Espírito de Deus não reluz dentro de nós. Temos que ser exemplo e dar testemunho onde quer que estejamos.

Tenha atitude na vida de cada uma de vocês, pois, conhecimento e habilidade são adquiridos conforme a necessidade de cada uma, deixe o Espírito de Deus agir e guiar a vida de vocês, assim como Daniel colocou sua vida nas mãos de Deus.

CHÁ ROSA

DRA. ANDRÉIA

IBE – SAMAMBAIA SUL

Dia 21/05/11

Nenhum comentário: