Animação IBESO

Tradutor / Translate

29 de maio de 2011

LUAL DE CASAIS

1º LUAL PARA CASAIS IBESO O Ministério de Casais, covinda a todos os casados, noivos e namorados a estarem conosco no Lual que estamos preparando no dia 11/06, venha ser ministrado neste grande dia. Inscrições até dia 08/06, valor por casal R$ 30,00, maiores informações procurar irmão Alexander e sua esposa Elisbaneide em nossa Igreja.

IMITE

Imite
Jovens, neste sábado teremos um culto totalmente feito especialmente para você.... Teremos como visitantes o Ministério de Louvor do MARCO JAPA, ministração da palavra com Pastor André. Seja um verdadeiro imitador de Cristo....

28 de maio de 2011

ORAÇÃO DE HABACUQUE

"Oração do profeta Habacuque sobre Sigionote. Ouvi, SENHOR, a tua palavra, e temi; aviva, ó SENHOR, a tua obra no meio dos anos, no meio dos anos faze-a conhecida; na tua ira lembra-te da misericórdia. Deus veio de Temã, e do monte de Parã o Santo (Selá). A sua glória cobriu os céus, e a terra encheu-se do seu louvor. E o resplendor se fez como a luz, raios brilhantes saíam da sua mão, e ali estava o esconderijo da sua força. Adiante dele ia a peste, e brasas ardentes saíam dos seus passos. Parou, e mediu a terra; olhou, e separou as nações; e os montes perpétuos foram esmiuçados; ou outeiros eternos se abateram, porque os caminhos eternos lhe pertencem. Vi as tendas de Cusã em aflição; tremiam as cortinas da terra de Midiã. Acaso é contra os rios, SENHOR, que estás irado? É contra os ribeiros a tua ira, ou contra o mar o teu furor, visto que andas montado sobre os teus cavalos, e nos teus carros de salvação? Descoberto se movimentou o teu arco; os juramentos feitos às tribos foram uma palavra segura. (Selá.) Tu fendeste a terra com rios. Os montes te viram, e tremeram; a inundação das águas passou; o abismo deu a sua voz, levantou ao alto as suas mãos. O sol e a lua pararam nas suas moradas; andaram à luz das tuas flechas, ao resplendor do relâmpago da tua lança. Com indignação marchaste pela terra, com ira trilhaste os gentios. Tu saíste para salvação do teu povo, para salvação do teu ungido; tu feriste a cabeça da casa do ímpio, descobrindo o alicerce até ao pescoço. (Selá.) Tu traspassaste com as suas próprias lanças a cabeça das suas vilas; eles me acometeram tempestuosos para me espalharem; alegravam-se, como se estivessem para devorar o pobre em segredo. Tu com os teus cavalos marchaste pelo mar, pela massa de grandes águas. Ouvindo-o eu, o meu ventre se comoveu, à sua voz tremeram os meus lábios; entrou a podridão nos meus ossos, e estremeci dentro de mim; no dia da angústia descansarei, quando subir contra o povo que invadirá com suas tropas. Porque ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto na vide; ainda que decepcione o produto da oliveira, e os campos não produzam mantimento; ainda que as ovelhas da malhada sejam arrebatadas, e nos currais não haja gado; Todavia eu me alegrarei no SENHOR; exultarei no Deus da minha salvação. O SENHOR Deus é a minha força, e fará os meus pés como os das cervas, e me fará andar sobre as minhas alturas." (Habacuque 3: 1 a 19)

Habacuque foi um profeta que nasceu em um tempo em que Deus havia se calado, mas a cultura de seu povo era passada de geração em geração, foi assim que Habacuque conheceu a Deus, através dos ensinamentos, ele teve acesso as histórias da criação, das intervenções de Deus junto a Israel, e isto despertou nele o desejo de buscar a Deus.

Sua oração era uma oração diferente, pois, ele entendia que Deus habitava no meio dos louvores, mas ele também questionava a Deus porque tanta ira. Naquele tempo, Deus havia se calado devido ao pecado que estava arraigado.

Mesmo vendo o distanciamento de Deus e tudo o que estava acontecendo em sua volta, Habacuque ora a Deus pedindo um avivamento naquele lugar. Avivar significa trazer a vida novamente, tornar a ter vida.

Nesta oração vemos que havia uma sede pela presença de Deus, Habacuque poderia ter seguido outro caminho, mas ele preferiu seguir a Deus, pois, ele entendeu que o sobrenatural só Deus faz, certamente ele já estava cansado de viver a normalidade das coisas e sabia que só Deus poderia fazer a diferença.

No final de sua oração, ele clama a Deus dizendo:

“Porque ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto na vide; ainda que decepcione o produto da oliveira, e os campos não produzam mantimento; ainda que as ovelhas da malhada sejam arrebatadas, e nos currais não haja gado; Todavia eu me alegrarei no SENHOR; exultarei no Deus da minha salvação.” (Habacuque 3: 17 e 18)

O que ele quis dizer com isso? Ainda que faltem todas as coisas, todavia eu me alegrarei no Senhor. Ele estava buscando a Deus não por interesse, mas por amor a Deus, e reconhecia que a salvação vinha do Deus Altíssimo.

Que exemplo! Irmãos não barganhem com Deus, busque-O por amor e não pelo o que Ele pode nos dar. Podemos ter casa, carro, posição social, ser uma pessoa estudada, mas certamente seremos mais um no meio da multidão, e isso não faz a diferença.

"Tudo quanto tem fôlego louve ao SENHOR. Louvai ao SENHOR." (Salmos 150: 6)

O milagre será uma conseqüência da sua dedicação a Deus e à sua obra.

"Ora, sem fé é impossível agradar-lhe; porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe, e que é galardoador dos que o buscam." (Hebreus 11: 6)

Galardoador significa recompensador, Ele recompensa aqueles que trabalham para Ele. Deus tem nos visto e a nossa recompensa virá Dele. Valorize isso ainda que em nossas vidas esteja nos faltando algo, alegremos-nos no Senhor.

Talvez muitos de nós não tenhamos status, dinheiro, mas nós temos algo muito mais precioso em nossas vidas, que é a paz que Cristo nos dá, temos uma família, podemos ir e vir porque Deus está conosco, Ele nos deu o dom da vida e através dela nós todos os dias gozamos de oportunidades, mas para aqueles que desceram a sepultura, não há mais oportunidades, pois, o ciclo da vida já se completou, para eles agora segue-se para o julgamento final.

Irmãos, eu convido a todos vocês para refletirem, porque vocês estão na igreja hoje? Se for somente por causa de uma bênção, um milagre considere-se o mais miserável da face da terra.

Muitas vezes somos muito ingratos, passamos tempos e tempos clamando a Deus por algo, quando nós somos abençoados depois de um tempo nos encontramos murmurando daquilo que um dia foi bênção nas nossas vidas. Precisamos ser racionais e conscientes daquilo que queremos, tendo consciência de tudo aquilo que temos feito, pois, um dia teremos que prestar contas, seremos cobrados pelo Deus que tudo sabe e tudo vê.

Se nossa bênção não chegou no momento em que achávamos ser o mais certo, lembre-se que Deus sabe de todas as coisas, vamos continuar nossa caminhada na presença do Senhor tendo Ele como nosso único alvo, pois, só assim poderemos chegar a nova Jerusalém.

Vigília IBESO

27/05/11

Pr. Cláudio

27 de maio de 2011

CHÁ ROSA - FOTOS

1º CHÁ ROSA - MINISTÉRIO DAMAS DA GRAÇA
Nosso Chá
Ministério de Louvor IBESO
Nossa Preletora: Andréia
O Corpo de Cristo...
Coordenadoras da Ministério Damas da Graça

24 de maio de 2011

CHA - CONHECIMENTO, HABILIDADE E ATITUDE

"Quanto a estes quatro jovens, Deus lhes deu o conhecimento e a inteligência em todas as letras, e sabedoria; mas a Daniel deu entendimento em toda a visão e sonhos." (Daniel 1: 17)

CHA – Conhecimento, Habilidade e Atitude.

Conhecimento: ato ou efeito de saber, ele pode ser adquirido por qualquer pessoa de várias formas.

"Falou Daniel, dizendo: Seja bendito o nome de Deus de eternidade a eternidade, porque dele são a sabedoria e a força;" (Daniel 2: 20)

Habilidade: é um grau de competência adquirida e que não pode ser aplicado de forma generalizada para todas as pessoas. Para adquirirmos habilidade de alguma função por exemplo, é necessário primeiramente adquirir conhecimento.

Daniel foi um homem muito usado por Deus, e se Deus não tivesse derramado a unção do conhecimento sobre a vida dele e o habilitado na ciência do entendimento dos sonhos, já mais, Daniel poderia ter decifrado os sonhos do rei e certamente muitos teriam as vidas ceifadas, mas ele soube usar dos dons dados por Deus.

Atitude: são constatações, favoráveis ou desfavoráveis, em relação a objetos, pessoas ou eventos.

Ter apenas conhecimento e habilidade muitas vezes não significa nada, pois, se a pessoa não tiver atitude, não souber usá-las ela não irá muito longe.

A atitude fez a diferença na vida de Daniel, pois, quando saiu o decreto de que ninguém poderia se prostrar diante de nenhum deus que não fosse o rei, este seria orando a Deus três vezes ao dia com as janelas de sua casa aberta, pois, ele tinha a certeza que o veriam se prostrando diante de Deus, mostrando para aquele povo que ele era fiel ao Deus a qual ele servia, e com esta atitude ele foi lançado à cova dos leões somente para uma coisa, glorificar o nome do Senhor dos Senhores, pois, no outro dia, estava lá Daniel de pé firme na presença do Deus Altíssimo, rodeado por leões, mas sem nenhum arranhão.

Então o que faz a diferença nas nossas vidas?

Quem conhece a Deus, tem que ter atitude, não adianta nada vir aos cultos e ao sair da igreja as atitudes e comportamentos serem totalmente diferentes. O que fará a diferença serão as atitudes, pois, quem tem atitude pode buscar o conhecimento e a habilidade.

Quais as atitudes devemos tomar?

"E chamando a si a multidão, com os seus discípulos, disse-lhes: Se alguém quiser vir após mim, negue-se a si mesmo, e tome a sua cruz, e siga-me." (Marcos 8: 34)

O que faz a diferença nas nossas vidas é a unção de Deus nas nossas vidas, o diabo não está preocupado com as pessoas que estão perdidas no mundo não, pois, estes sem esforço nenhum já são dele, mas quando ele vê um servo que é marcado pela promessa de Deus o seu principal objetivo é tirá-lo da posição.

Vocês já pararam para pensar nas pessoas que estão afastadas dos caminhos do Senhor? Muitas vezes estamos dentro da igreja, mas, nós não conseguimos sentir a presença de Deus e aos poucos vamos esfriando e nos afastando. Cuidado irmã se você estiver assim, tome uma atitude.

Bênção, não é esse evangelho de prosperidade pregado por muitos, ser bênção é ter a presença de Deus. Quanto mais perto chegamos de Deus mais somos confrontados e estes confrontos virão muitas vezes de pessoas mais próximas, tudo para tentar nos tirar da posição.

Devemos ser sábios em nossas orações e pedir para que Deus tire dos nossos olhos as escamas, para que possamos estar em alertas para não cair em laços.

Nós mulheres passamos por muitas situações engraçadas e contraditórias ao mesmo tempo, quando estamos solteiras oramos e pedimos a Deus que mande um varão, quando casamos, nós reclamamos do casamento, dos afazeres, quando trabalhamos fora e contratamos uma secretária para nos ajudar com a casa, reclamamos que gostaríamos de ter tempo para fazer as coisas, pois, a secretária não faz como a gente gostaria. Enfim, irmãs está na hora de tomarmos uma posição de sabedoria, quando Deus nos criou, Ele nos criou não foi para ser cabeça, pois, o cabeça da família é o homem, nós fomos feitas para sermos ajudadoras idôneas. Muitas vezes este tipo de coisa tem destruído casamentos, pois, queremos a todo custo sermos independentes.

O papel da mulher de Deus não mudou ao longo do tempo o que mudou foram às atitudes das mulheres e seus pensamentos e muitas não querem seguir o manual do bom relacionamento que é a Bíblia. Daniel foi bênção porque ele seguia as orientações da Bíblia, assim como Deus capacitou a Daniel, Ele pode nos capacitar hoje também, basta querermos e saber pedir a Deus uma direção.

Como chamar a atenção de Deus com simples atitudes?

1 – Imperfeição: o Senhor não requer que sejamos perfeitas, mas sim, que estejamos dispostas a ser moldadas por suas mãos. A palavra de Deus já mais volta vazia mais vale um dia na presença de Deus do que vinte e quatro horas no mundo.

2 – Intimidade: devemos buscar esta intimidade não apenas vindo a igreja, mas como a própria Bíblia nos orienta, fechando a porta de nosso quarto e nos quebrantando na presença Dele.

3 – Na dor: não é porque muitas vezes estamos na prova que Deus nos esqueceu. Daniel passou por uma grande prova ao ter que entrar na cova dos leões, mas ele saiu de lá sem nenhum arranha. Entenda nada pode nos tirar da presença de Deus, quem sabe o seu maior desafio não será o seu grande ministério para que no tempo de Deus possamos usar nossa experiência com autoridade para intercede por outra vida.

4 – Não aceitar os padrões do mundo: hoje nós estamos vivendo a era da normalidade, tudo é normal, é normal um adolescente ir a um show e morrer por causa de uma briguinha, é normal os jovens desrespeitarem os pais, precisamos dar um basta nisto tudo, somos sal da terra e luz do mundo.

5 – Princesas do Senhor: somos filhas do Rei dos Rei, não devemos nos conformar com aqueles papinhos de homens sem compromisso que só querem saber de “ficar”, uma princesa não anda em qualquer lugar, e não anda com qualquer um. Nós mulheres de Deus precisamos saber esperar no Senhor, Ele nos dará nosso varão no tempo certo, pois, é melhor obedecer do que pagar o preço da desobediência.

6 – Amar Incondicionalmente: ser cristão é amar e saber perdoar é amar de maneira incondicional, precisamos aprender a ser multiplicadores do amor de Deus e tudo aquilo que o Senhor ministrar em nossas vidas, quer seja através da palavra de Deus, quer seja através de um louvor.

7 – Ter o brilho do Espírito Santo de Deus: o nosso comportamento e o nosso testemunho testificam a presença de Deus em nossa vida, não adianta estarmos dentro da igreja e sermos “santas” se lá fora da igreja nós tiramos esta “fantasia” de “santidade” e o Espírito de Deus não reluz dentro de nós. Temos que ser exemplo e dar testemunho onde quer que estejamos.

Tenha atitude na vida de cada uma de vocês, pois, conhecimento e habilidade são adquiridos conforme a necessidade de cada uma, deixe o Espírito de Deus agir e guiar a vida de vocês, assim como Daniel colocou sua vida nas mãos de Deus.

CHÁ ROSA

DRA. ANDRÉIA

IBE – SAMAMBAIA SUL

Dia 21/05/11

23 de maio de 2011

VERDADEIRO ADORADOR

Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem. Deus é Espírito, e importa que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade. (João 4: 23 e 24)

O Pai está à procura dos verdadeiros adoradores, e para se tornar um adorador é necessário ter comunhão, oração, leitura diária da palavra de Deus, é preciso nos humilhar diante da face de Deus, colocar a boca no pó buscando verdadeiramente uma intimidade sincera.

Para que o Senhor comece a agir em nossas vidas precisamos aprender algumas lições como as que estão descritas em Salmos 1.

Bem-aventurado o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores. Antes tem o seu prazer na lei do SENHOR, e na sua lei medita de dia e de noite. (Salmos 1: 1 e 2)

Contra esta palavra não há argumentos nós dependemos de Deus e sua palavra é viva, eficaz e se renova a cada dia nas nossas vidas. Para sermos verdadeiros adoradores, precisamos entregar a Deus todos os dias uma adoração limpa e sem máculas, mas nos dias de hoje a igreja tem perdido o verdadeiro sentido da verdadeira adoração.

Precisamos aprender a meditar na palavra de Deus e orar sem cessar, ao tomarmos decisões temos que ter o hábito de apresentar a Deus nossos caminhos, sonhos, planos e projetos. Será que temos feito isso?

Orai sem cessar. (I Tensalonicenses 5: 17)

Uma verdadeira adoração gera vida, gera transformação e milagres, as bênçãos do Senhor não trazem conseqüências más, veja o que Paulo diz:

"E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus." (Romanos 12: 2)

Nós precisamos ser transformados, para que possamos fazer parte do corpo de Cristo, para isso somos separados, para que possamos testemunhar a mudança que o Senhor nos proporcionou.

E vós também, pondo nisto mesmo toda a diligência, acrescentai à vossa fé a virtude, e à virtude a ciência; E à ciência a temperança, e à temperança a paciência, e à paciência a piedade; (I Pedro 5: 6e 7)

Temos visto em nossa volta muitas pessoas avarentas e isso não agrada a Deus, Ele tem cuidado de nós, até quando estamos dormindo Sua mão está sobre nós e se hoje, estamos de pé é porque o Senhor tem cuidado de nós. Precisamos ser guiados pelo Espírito Santo de Deus, e a igreja precisa aprender isso. Precisamos guardar esta santa palavra nos nossos corações, mas para isso precisamos aprender a nos alimentarmos desta palavra.

Antes de orar, precisamos vigiar, somos soldados de Cristo, então precisamos ter visão de águia, estar a todo tempo em alerta, vigiando, orando e nos revestindo das armaduras de Deus somente desta forma venceremos o pecado e suportaremos as adversidades utilizando das armas que o Senhor nos disponibilizou.

"Sujeitai-vos, pois, a Deus, resisti ao diabo, e ele fugirá de vós." (Tiago 4: 7)

O Deus a qual nós servimos é um Deus poderoso, Ele têm muitas bênçãos para nossas vidas, mas para alcançarmos tais bênçãos é necessário resistir às tentações, estando revestidos com as armaduras de Deus.

Hoje temos visto irmãos contra irmãos, mas é preciso entender que a nossa luta não é contra a carne ou sangue, mas é contra o espírito, estamos neste mundo, mas não pertencemos a este mundo, no mundo espiritual há uma guerra travada para nos tirar da posição da presença de Deus.

Nossa carne é tendenciosa ao pecado, e aqueles que cedem as suas tentações e caem no pecado não tem paz, a verdadeira paz está no Senhor. Quando nós pecamos, nós perdemos a comunhão com Deus, e automaticamente perdemos a sensibilidade da presença do Espírito Santo.

Então, o que é gerado quando pecamos?

O pecado gera a paralisação dos nossos sonhos e principalmente dos planos de Deus para nossas vidas, além de gerar medo, angústia, pressão, opressão e por fim depressão.

Muitas vezes, nós corremos de um lado para outro, mas a Bíblia nos orienta que nós não devemos andar ansiosos, pois, a graça de Deus nos basta, além disto, há um tempo determinado para todas as coisas, basta apenas confiarmos em Deus, exercitando nossa comunhão, oração e meditação da palavra de Deus para nossas vidas.

Como vencer o pecado?

1 - Primeiramente, precisamos reconhecer nossos pecados e confessá-los a Deus.

"Lava-me completamente da minha iniqüidade, e purifica-me do meu pecado. Porque eu conheço as minhas transgressões, e o meu pecado está sempre diante de mim." (Salmos 51: 2 a 4)

2 – Para vencer nossos pecados, precisamos nos tornar verdadeiros adoradores.

"Cria em mim, ó Deus, um coração puro, e renova em mim um espírito reto." (Salmos 51: 10)

3 - Louve como Paulo e Silas, em meio à adversidade, pois, Paulo e Silas quando foram lançados na prisão, foi através do louvor que Deus fez cair os muros da prisão.

Precisamos crer que se estamos em Cristo, nova criatura somos, estamos vivendo na graça e na presença do Senhor, nós somos livres, mas para gozarmos desta liberdade precisamos estar na presença do Senhor com orações, louvores, meditações na palavra, buscando o conhecimento de Sua palavra e servido a Ele com alegria.

Tome uma atitude, revista-se da presença de Deus, torne-se um verdadeiro adorador de Cristo.

CULTO DA VITÓRIA

Obreiro: Edson

Dia 18/05/11

17 de maio de 2011

OPORTUNIDADE

"E certa mulher que, havia doze anos, tinha um fluxo de sangue; E que havia padecido muito com muitos médicos, e despendido tudo quanto tinha nada lhe aproveitando isso, antes indo a pior;" (Marcos 5: 25 e 26)

A Bíblia nos relata no livro de Marcos que, havia uma mulher que doze anos sofria com um fluxo de sangue.

Naquele tempo, todos viviam pela Lei e de acordo com a Lei, toda mulher era considerada impura, durante o período do ciclo menstrual, desta forma, ela era separada do convívio de todos que a cercavam durante este período.

"Também a mulher, quando tiver o fluxo do seu sangue, por muitos dias fora do tempo da sua separação, ou quando tiver fluxo de sangue por mais tempo do que a sua separação, todos os dias do fluxo da sua imundícia será imunda, como nos dias da sua separação. Toda a cama, sobre que se deitar todos os dias do seu fluxo, ser-lhe-á como a cama da sua separação; e toda a coisa, sobre que se assentar, será imunda, conforme a imundícia da sua separação. E qualquer que a tocar será imundo; portanto lavará as suas vestes, e se banhará com água, e será imundo até à tarde. Porém quando for limpa do seu fluxo, então se contarão sete dias, e depois será limpa." (Levítico 15: 25 a 28)

Aquela mulher certamente deve ter perdido a sua família, pois, era considerada impura além de ter perdido a família, ela havia gastado tudo o que tinha com médicos para ficar curada daquele mal, mas nada havia solucionado certamente ela estava vivendo a espera da morte, pois, médico nenhum conseguia curá-la. Quantas pessoas religiosas talvez não a condenaram dizendo: “olha você só está assim porque está em pecado”.

"E que havia padecido muito com muitos médicos, e despendido tudo quanto tinha, nada lhe aproveitando isso, antes indo a pior;" (Marcos 5: 26)

Mas a sua história começou a mudar quando ela ouviu falar de Jesus, de seus milagres e colocou em seu coração a convicção de que só Jesus poderia ser a solução para aquele mal a qual ela padecia há tantos anos.

Nos nossos dias não é diferente, quando estamos passando por alguma luta logo somos cercados por “religiosos” para nos julgar dizendo: “se você está passando por isso é porque está em desobediência”, tais pessoas muitas vezes até se recusam a fazer uma oração por acharem que aquela situação é dada por Deus.

Muitas vezes nós temos oportunidades de buscar ao Senhor, de orar e nos humilhar na presença Dele, mas desperdiçamos as chances que o Senhor nos dá por acharmos que estamos muito ocupados, por querer saciar os desejos da carne, mas na hora em que os problemas nos cercam nesta hora as primeiras coisas que nos acontecem é que nossos “amigos” se afastam de nós, de repente nós arrumamos todo tempo do mundo para buscar a Deus.

"Em todo o tempo ama o amigo e para a hora da angústia nasce o irmão." (Provérbios 17: 17)

Este amigo citado em provérbios é o próprio Senhor Jesus, pois, o nosso dever é amá-Lo em todo o tempo, pois, quando nos sobrevier o dia mal Ele estará conosco quando todos se afastarem de nós, Ele já mais nos desamparará.

A situação daquela mulher era desesperadora, porque muitos devem ter falado para ela, olha o seu problema não tem mais jeito, você vai viver assim até o fim dos seus dias. Imagine como era a vida daquela mulher praticamente desenganada, nos nossos dias se nós ao chegarmos a um médico, e este nos apresentar determinado diagnóstico de um câncer, ou qualquer outra doença degenerativa que não tem cura e que iremos padecer até a morte, nós nos iríamos nos desesperar, imagina aquela mulher.

Ela teve a chance de ouvir falar de Jesus, e não perdeu a oportunidade e foi ao encontro de Jesus, um verdadeiro encontro com a vida.

Quantos de nós temos a oportunidade todos os dias de nos concertar diante de Deus, talvez quem sabe muitos que estão lendo esta mensagem agora, já passaram pelo vale da sombra da morte, aqueles que conseguiram sair do vale, creia que Deus tem um propósito para a sua vida, então não perca a oportunidade que o Senhor lhe oferece hoje, busque à Ele, entregue sua vida ao Autor da vida.

Quantos jovens estão perdendo a liberdade, o futuro e até mesmo a família por alguns momentos de curtição, bebedeiras entre amigos, por coisas tão pequenas e vazias.

O importante não é como nós começamos nossa história, o mais importante é como será o final dela. Nós somos dotados de livre arbítrio para fazermos nossas escolhas e hoje o Senhor coloca diante de nós dois caminhos um que nos conduz a salvação e vida eterna e outro que nos conduz a perdição, cabe a todos nós julgarmos o que é melhor para cada um de nós.

É muito importante que nós sejamos corajosos o suficiente para assumirmos quem realmente nós somos. Até quando viveremos culpando A, B, C até mesmo o Pastor por nossas culpas e erros. É hora de voltarmos atrás, onde caímos, de nos arrependermos buscar uma reconciliação e continuar nossa caminhada na presença do Senhor.

Aquela mulher estava fraca, mas ela não se importou com os obstáculos que se encontravam no caminho que era a grande multidão que seguia a Jesus, ela tinha um objetivo, o de tocar em Jesus, tocar as suas vestes para ser curada, e sua história mudar.

E qual o nosso objetivo hoje? Qual tem sido o nosso alvo?

Não é tempo de discussões vãs, é tempo de abrir mão disso tudo e seguir a Jesus, é hora de parar de culpar os outros, é tempo de concerto.

"E se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e buscar a minha face e se converter dos seus maus caminhos, então eu ouvirei dos céus, e perdoarei os seus pecados, e sararei a sua terra." (II Crônicas 7: 14)

Este “se” significa uma condição, ou seja, se nós nos humilharmos, se nós orarmos, se nós buscarmos a face de Deus, se converter dos maus caminhos, ao tomarmos semelhantes atitudes seremos perdoados e curados de tudo aquilo que nos aflige.

Tome uma atitude “toque” nas vestes de Jesus e seja livre!!! Pense nisso.

15/05 /11 Culto de Celebração

Pr. Cláudio

OPORTUNIDADE

16 de maio de 2011

DEBATE SOBRE MISSÕES

Debate com o tema: Missões

Dia 13/05

Participantes: Obreiro Edson (Mediador)

Obreira Francileide (Convidada a mesa do debate)

Pastor Cláudio (Convidado a mesa do debate)
Debate Sobre Missões

Perguntas dos Ouvites do Debate

1 - Antigamente a igreja principalmente os jovens queriam fazer missões, ganhar vidas para o reino do Senhor Jesus, serem missionários em fim... e por que hoje em dia as pessoas estão mais preocupadas em seus próprios interesses e deixaram a Obra do Senhor de lado?

R.: As pessoas andam muito preocupadas realmente com seus próprios interesses o profeta Ageu deixou uma severa advertência ao povo em seu tempo, que cada um deixava de lado a casa do Senhor e apenas se preocupavam com suas casas, ou seja, cada um busca somente para si próprio e sua satisfação e conforto e missões é renunciar a si mesmo por causa de outros, e submerte-se como Paulo disse fiz-me tolo para ganhar tolos, fiz-me louco para ganhar loucos, ou seja, Paulo estava dizendo que renunciou ate mesmo seus desejos para assim proclamar a Palavra de Deus e assim ver muitos outros salvos.

2 - E naquele grande dia do julgamento quem não fez missões será cobrado?

R.: A palavra de Deus é clara: Mateus 25.41-45 Então dirá também aos que estiverem à sua esquerda: Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos;

Porque tive fome, e não me destes de comer; tive sede, e não me destes de beber;

Sendo estrangeiro, não me recolhestes; estando nu, não me vestistes; e enfermo, e na prisão, não me visitastes.

Então eles também lhe responderão, dizendo: Senhor, quando te vimos comfome, ou com sede, ou estrangeiro, ou nu, ou enfermo, ou na prisão, e não te servimos?

Então lhes responderá, dizendo: Em verdade vos digo que, quando a um destes pequeninos o não fizestes, não o fizestes a mim.

Tudo que o Senhor nos ordenou fazer e não fizemos seremos cobrados certamente.

3 - Nós somos missionários, quando não vamos mas enviamos ofertas e oramos?

R.: Participamos da obra missionária com o sustento financeiro, com apoio em oração e através de cartas emails, referindo-se assim desse modo ao aopio também emocional que é muito importante.

4 - O que acha de missionários que são ungidos pela igreja, mas que nunca saíram dela?

R.: Se igreja não envia o missionário o erro é da igreja? Mas se o missionário sabe que tem o chamado e não foi enviado que procure um local para congregar e que possa enviá-lo ao campo missionário para trabalhar em missões.

5 - A sociedade, economia e cultura estão influenciando a todos do mundo, essa influência está prejudicando a igreja na hora de preparar missionários?

R.: Se o Apóstolo Paulo estivesse em nosso meio certamente faria o dobro de missões que fez em sua época devido a diversidade de recursos que temos hoje em dia, o que falta para preparar missionário é a disposição de trabalhar nesse propósito, de vestir a camisa do “IDE”.

6 - Como é visto missões no Velho Testamento e no Novo Testamento?

R.: Para responder essa pergunta vou colocar da nossa fonte de estudo o livro Manual de Missões de Oseás Macedo de Paula que será exibido nos slides logo abaixo.

7 - Um ministério de louvor que tenha como objetivo atingir pessoas fora da igreja (templo), levando o louvor aonde quer que sejam enviados, pode ser considerada uma unidade missionária?

R.: A música consegue tocar nas emoções do ser humano, um ministério de louvor que tenha esse compromisso de levar Deus através da musica com certeza pode ser considerada uma unidade missionária, e que pode trazer muitos frutos.

8 - Através dos missionários, mídia, multiplicação de igrejas etc.o evangelho tem chegado a quantos por cento da terra em sua opinião? Por que essa “missão” não é para todos?

R.: Por que nem todos, querem abrir mão de si mesmos em prol de outros, missões requer preparo financeiro, emocional e espiritual.

9 - Tem como pregar o evangelho em outras cidades, países sem primeiro pregarmos aqui, dentro de nossas casas, ruas etc.?

R.: A maior agencia de treinamento de um missionário é sua rua, casa em fim seu território, um missionário que realmente tem esse desejo precisa ser treinado em sua própria casa, contudo não podemos usar da desculpa de não ter feito aqui, para desobedecer a Deus nesse sentido.

10 - O que a igreja de hoje pode fazer para mudar esse quadro precário de missões?

R.: ensinar sobre missões, incentivar missões, contribuir financeiramente com missões, e fazer missões usando para isso de tudo que estiver á mão, rádio,TV,internet etc.

11 - Missões é o maior objetivo da igreja?

R.: Sim-obediencia ao IDE.

12 - A igreja de hoje precisa de um reavivamento?

R.: Certamente a grande marca de um avivamento é sede pelas almas, enquanto não houver essa sede, a igreja não está avivada. E é urgente que ocorra esse reavivamento.

ESTUDO SOBRE MISSÕES

1 - O QUE É MISSÃO?

A palavra “missão” vem da expressão latina missione, que se origina por sua vez do verbo mittere, que significa: ação, tarefa, ordem, mandato, compromisso, incumbência, encargo ou obrigação de enviar missionários.

No grego corresponde á palavra apostolé que, em português é “apóstolo” e significa “alguém enviado por ordem de outrem para realizar uma tarefa”.

2 - Qual a diferença entre Missão Objetivo e Missão tarefa?

Missão Objetivo: A glorificação do próprio Deus, através de Jesus Cristo.

Missão Tarefa: Para alcançar essa missão-objetivo a Igreja utiliza-se da missão tarefa. Isto é: ela evangeliza, funda novas igrejas,realiza a obra social e educativa, envolve-se no trabalho cultural e transcultural, para a glória de Deus!

3 - Qual a diferença Básica entre Evangelização e Missões?

  • Evangelização: é a pregação do Evangelho dentro da cultura ou região onde vive o obreiro
  • Missões: é a proclamação do Evangelho numa cultura ou país (grupo étnico) estranho ao obreiro cristão.

Para Deus a missão da Igreja é evangelizar tanto os nacionais quanto os estrangeiros. O Senhor não faz diferenciação entre os povos. Também podemos chamar a evangelização de Missões Nacionais e as Missões de Missões Transculturais. Com estes esclarecimentos podemos então dizer que “missões”significa enviar pessoas capacitadas por Deus e pela Igreja a lugares que se acham fora do alcance da igreja local, para evangelizar e discipular, estabelecendo e formando igrejas que possam testemunhar em suas comunidades.

Bases Bíblicas de Missões:

ALIANÇAS

TEXTOS

CONDICIONA O HOMEM

ABRANGÊNCIA

EDÊNICA

GEN 2.16,17

A OBEDIÊNCIA

MUNDIAL

ADÂMICA

GEN 3.15

Escravidão até o cumprimento da promessa

Mundial

NOÉTICA

GEN 9.11-15

Ao governo humano

Mundial

ABRAÂMICA

GEN 12.1-3

Incondicional

Mundial e Israel

MOSAICA

EX 19.5,6

Cumprimento da lei.

Mundial e Israel

PALESTINIANA

Dt 30.1-3

Fidelidade ao Senhor

Israel e Mundial

DAVÍDICA

II Sam 7.16

Fidelidade ao Senhor

Mundial e Israel

NOVA ALIANÇA

MC 16.16

JO 3.16

Á salvação ao que crê

Mundial

OS PROFETAS E MISSÕES.

PROFETA

TEXTO

ISAÍAS

49.6

JEREMIAS

1.10

EZEQUIEL

2.3

DANIEL

7.14

JOEL

1.2

AMÓS

9.12

JONAS

4.11

MIQUÉIAS

4.1-3

HABACUQUE

2.20

ZACARIAS

8.20-23

MALAQUIAS

1.11

Pelo que vimos não restam dúvidas de que os desígnios de Deus abrangem toda humanidade. Seu alvo é revelar sua glória e conhecimento a todos os povos e raças, línguas tribos e nações.

A função de Israel neste plano divino é a de instrumento usado por Ele para que os objetivos sejam alcançados. Não podemos ver um Deus universal sem um plano também universal.

4 - Missões no Novo Testamento

O clímax dos propósitos universais de Deus para a redenção do homem é atingindo no Novo Testamento - A Nova Aliança, na pessoa de Jesus Cristo, o Filho de Deus. Passaram-se cerca de quatro milênios desde a promessa da semente da mulher (Gen 3.15). Durante esse tempo, o mundo foi preparado para receber o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo.(Jo 1.29)

· João Batista - o introdutor da Nova Aliança

· Cristo - o autor da Nova Aliança

A história do cumprimento do mandato de Jesus de se fazer discípulos de todas as nações confunde-se com a história do Cristianismo. Como não poderia deixar de ser, ao fazer missões, a Igreja cresce. Ao logo da história, tivemos vários períodos distintos, e muitos nomes se destacaram como homens e mulheres de valor.

O Pr. Bertil Ekström, em seu livro “História de Missões” nos cita uma longa lista deles. Também, segundo Bertil, os discípulos de Jesus tomaram o seguinte rumo:

* João - na Ásia

* Pedro - em Ponto, Galácia, Bitínia e Capadócia

* Mateus - outras nações

* Bartolomeu – Índia

* Tomé - entre os partos (Iran, Iraque, Paquistão), Índia

* Marcos - no Egito

* Simão, o zelote - na Pérsia

* Tiago, o grande - na Espanha

* Tiago, o justo - na Arábia

* Filipe - na Frigia"

Paulo, o fundador de igrejas! – Deus aproveitou suas habilidades, cultura, formação, cidadania, pensamento, conhecimento em favor do Cristianismo.

Após a Reforma Religiosa de Martinho Lutero, surgiram alguns grupos que tentaram reiniciar missões protestantes:

· OS PURITANOS - o nome é originado da vontade de purificar-se dos resquícios católicos romanos. A idéia puritana expandiu-se também para a purificação da sociedade por parte dos seus seguidores. Um dos mais famosos puritanos é John Bunyan, autor de “O Peregrino”. Em termos missionários, apenas a influência puritana deixada a algumas Igrejas foi contribuição dos puritanos. Este movimento surgiu no século XVII.

· PIETISMO - Originou-se no meio da Igreja Luterana, no final de 1600, e propunha reformas à tradição protestante que já se acomodava. Phillip J. Spener (1631 - 1705) é considerado o Pai do Pietismo. Os pietistas influenciaram grandemente o trabalho missionário de sua época.

· A MISSÃO HALLE - Esta foi a primeira missão européia as enviar missionários. Nasceu de uma união com o governo dinamarquês e os pietistas

· OS MORÁVIOS - Talvez sejam os mais exemplares dos movimentos missionários até hoje. De cada 60 membros, 1 era missionário, que foram enviados a todos os cinco continentes. Seu Líder era o Conde Nicolau Ludwing Zanzerdof (1700 - 1760).

Ao longo dos 1600 anos seguintes, a Igreja passou por muitas transformações, mas a partir do ano 1750, tem-se início o período de Missões Modernas, que resumimos assim: Os dois nomes mais famosos desta era, também chamada de 1º era de missões modernas são Willian Carey e Hudson Taylor.

Carey é conhecido com o pai das missões modernas. Em 1792 publicou um livro, “Uma inquisição sobre a responsabilidade dos cristãos usarem meios para a conversão dos pagãos”, que influencia vários líderes posteriormente. Foi ele que disse: “espere grandes coisas de Deus; tente grandes coisas para Deus”. Ele fundou a Sociedade Missionária Batista e seguiu para a Índia. Desenvolveu um dos mais expressivos ministérios missionários.

Hudson Taylor (1832-1905) - Filho de um farmacêutico, ainda na Inglaterra abdicou do conforto e, em 1853 viajou para China. Foi o pioneiro nas “missões de fé”. Organizou a Missão para o Interior da China. Taylor mudou dois conceitos até então não percebidos por seus antecessores: as necessidades dos povos no interior dos países e não apenas missões no litoral e, a vida pela fé no ministério. Destacou-se também pelo grande amor aos chineses e o intenso desejo de se identificar culturalmente com o povo

Outros nomes importantes são:

Adoniram Judson (1788 - 1850) - Missionário nas Índia e na Birmânia.

Robert Moffat ( 1795 - 1883) - Pioneiro em missões na África do Sul.

David Livingstone (1813 - 1873) - Um dos mais famosos missionários ao interior da África.

Robert Morrison (1782 - 1834) - Na China, foi o primeiro a traduzir a Bíblia para Chinês.

John Paton (1824 - 1907) - Desenvolveu um belíssimo trabalho nas Ilhas do Pacífico.

É importante destacar o trabalho dos jovens em missões em cerca de 200 anos, desde Zinzerdof até o Movimento Voluntário Estudantil.

Zinzerdof, líder dos Morávios foi aluno da Escola Paedagogium, em Halle, Alemanha. Lá organizou a Ordem Do Grão Mostarda, junto com os outros cinco jovens. Como resultado, em 1732, foram enviados os dois primeiros missionários morávios para a Ilha São Tomé, nas Antilhas.

Charles Wesley entrou para faculdade da Igreja de Cristo em 1726, onde seu irmão, John, formara-se no ano anterior. Ele organizou o “Clube do Santos” e oravam sobre as oportunidades para operações missionárias. Como conseqüência, John viajou para a colônia da Georgia (atual estado da Georgia no E.U.A) para evangelizar os índios.

Charles Simeon foi outro estudante a organizar grupos com motivação a atividades missionárias na Universidade de Cambridge.

Samuel Mills foi o fundador de um dos mais expressivos movimentos do séc. XIX. A história formada por Mills tem sua origem no que ficou conhecido de “a oração do monte de feno”. Em 1806, Mills e mais quatro colegas foram orar, como de costume, quando foram pegos de surpresa por uma tempestade. Esconderam-se debaixo de um monte de feno e enquanto aguardavam a chuva passar, oraram ardentemente por um despertamento no interesse dos trabalhos missionários entre os estudantes. “Foi a partir desta reunião do monte de feno que o movimento de missões estrangeira das Igrejas dos EUA tiveram seu impulso inicial” (Ralph Winter - Missões Transculturais - vol III).

O Movimento Voluntário Estudantil - MVE tem suas raízes na oração do monte de feno, realizada no Willians College. Em 1886, 251 estudantes reuniram-se no Monte Hermon para uma série de estudos. Como conseqüência cem alunos se voluntariaram para missões no exterior. Durante os dois anos seguintes, Robert G. Wilder e John Forman visitaram 167 escolas e faculdades divulgando a visão do MVE, conseguindo sensibilizar 2106 estudantes que se decidiram com missionários

Cinco anos depois, os números eram: 6200 estudantes voluntários de 352 escolas; 321 voluntários partiram para o exterior; 40 faculdades e 32 seminários participavam do sustento dos voluntários.

Cameron Towsend, missionário fruto do MVE, foi enviado à Guatemala na primeira metade deste século XX. Lá deu início ao que hoje conhecemos como Evangelização dos Povos Ocultos. Towsend percebeu que cada país possui vários povos que o formam, com muitas características diferentes.

Debate com o tema: Missões

Dia 13/05

Participantes: Obreiro Edson (Mediador)

Obreira Francileide (Convidada a a mesa do debate)

Pastor Cláudio (Convidado a mesa do debate)