Animação IBESO

Tradutor / Translate

24 de fevereiro de 2011

UMA NOVA HISTÓRIA

"Porventura é para vós tempo de habitardes nas vossas casas forradas, enquanto esta casa fica deserta? Ora, pois, assim diz o SENHOR dos Exércitos: Considerai os vossos caminhos. Semeais muito, e recolheis pouco; comeis, porém não vos fartais; bebeis, porém não vos saciais; vesti-vos, porém ninguém se aquece; e o que recebe salário, recebe-o num saco furado. Assim diz o SENHOR dos Exércitos: Considerai os vossos caminhos." (Ageu 1: 4 a 7)

Nós fomos chamados e escolhidos para sermos agentes abençoadores do reino de Deus, Ele nos escolheu entre tantos e derramou sobre nós o Seu poder. Somos filhos por adoção, precisamos ser a diferença, pois, ocupamos uma posição privilegiada somos embaixadores dos céus, temos muitas responsabilidades com a obra do Senhor, mas também temos muitas promessas da parte do Senhor.

Como nós temos andado como crente? Como o Senhor têm visto nossas obras? Quais os frutos temos frutificado?

Na época do profeta Ageu, o povo andava muito preocupado com a vida pessoal, em construção de casas, queriam recuperar o tempo perdido, viviam em prol de si mesmo, Deus em sua infinita misericórdia, levantou o profeta Ageu para que ele pudesse abrir os olhos daquele povo.

Assim como foi no tempo do profeta Ageu, temos visto muitas pessoas cheias de si mesmas, muito ocupadas com tantos afazeres, cheias de sonhos, planos, projetos com os quais não estão inclusos o Senhor. Quando nós queremos alguma coisa, nós nos esforçamos nos desdobramos em mil para conquistar algum sonho, mas quando algo é para a obra do Senhor, nós nunca temos tempo, nós nunca podemos colaborar financeiramente, além dos nossos compromissos de dízimo e oferta, e quando o nosso bolso aperta, as primeiras despesas que cortamos são com nosso dízimo e oferta mais uma vez deixamos Deus em último lugar em nossas vidas.

É preciso entender que Deus não precisa do nosso dinheiro, Ele quer ver a nossa atitude diante Dele. Também precisamos deixar de ser hipócritas, pois, falamos daquilo que não vivemos, a obra começa dentro de nós mesmos.

Ajudar na obra de Deus não se resume apenas em financeiro que também é importante, mas é em doar o nosso tempo, o nosso louvor, nossos talentos, é estar disposto a cumpri o ide do Senhor e estar preparado para levar as muitas pedradas, é suportar ser apontado pelos outros e muitas vezes injustamente é suportar tudo por amor a Deus.

Muitos ao aceitarem ao Senhor Jesus fazem por empolgação, ou porque querem as bênçãos, mas não querem o Abençoador, se esquecem do sacrifício do Senhor Jesus naquela cruz que foi para nos libertar de nossos pecados.

Jovens, porque você acha que o Senhor te escolheu? Ele te escolheu por que você é forte, pois, ao chegar à velhice haverá muitas limitações físicas que o impedirão a fazer a obra. Todos nós fomos chamados para fazer a diferença, mas temos vivido estagnados sabe por quê? Porque temos descuidado da casa do Senhor, temos dado mais prioridade a nossa vontade do que com a vontade do Pai para nossas vidas.

Quantos estão sedentos precisando de uma palavra de vida, uma palavra de edificação nesta hora onde nós estamos? O que temos feito para levar a palavra? Queremos apenas um evangelho de direitos, mas nenhum dever, não estamos nem um pouco preocupados com as almas que tem perecido.

Será que a cruz que o Senhor Jesus carregou por nós foi fácil? Com certeza não, naquela época morte de cruz era a forma mais humilhante para um ser humano, mas o Senhor suportou tudo por amor a nós. Precisamos nos dispor, ajudar a reconstruir o templo, mas não é somente o templo físico que precisa de reparos, mas o nosso corpo que é templo de habitação e morada do Espírito Santo de Deus. Nós fomos chamados para fazer a diferença, somos chamados de sal da terra e luz do mundo.

O profeta Ageu fez um chamado para o arrependimento, fez com que aquele povo se lembrasse do passado, lembrassem do que a geração passada sofreu, por ter abandonado o templo do Senhor e foram duramente castigados por Deus, e aquele povo estava seguindo o mesmo caminho, mas Deus em sua infinita misericórdia estava dando uma segunda chance aquele povo, para que se arrependessem e voltasse aos caminhos do Senhor.

"O temor do SENHOR é o princípio do conhecimento; os loucos desprezam a sabedoria e a instrução." (Provérbios 1: 7)

Os nossos pecados nos separam de Deus, e obrigam a Deus a nos corrigir, estamos neste mundo, mas não pertencemos a ele. Muitas vezes estamos na igreja de corpo presente, mas nossos pensamentos estão muito longe da presença do Senhor.

"Guarda o teu pé, quando entrares na casa de Deus; porque chegar-se para ouvir é melhor do que oferecer sacrifícios de tolos, pois não sabem que fazem mal." (Eclesiastes 5: 1)

Deus sonda o nosso coração, Ele não se deixa escarnecer, tudo o que o homem plantar, ele irá colher. Pense na sua responsabilidade ao sair de casa para ir à igreja, pense o que te traz a igreja? Será que não é apenas para encontrar alguns amigos?

"Porque assim diz o SENHOR dos Exércitos: Ainda uma vez, daqui a pouco, farei tremer os céus e a terra, o mar e a terra seca; E farei tremer todas as nações, e virão coisas preciosas de todas as nações, e encherei esta casa de glória, diz o SENHOR dos Exércitos. Minha é a prata, e meu é o ouro, disse o SENHOR dos Exércitos. A glória desta última casa será maior do que a da primeira, diz o SENHOR dos Exércitos, e neste lugar darei a paz, diz o SENHOR dos Exércitos." (Ageu 2: 6 a 9)

Nós temos que entender que o propósito de Deus para nossas vidas, crente que é crente não brinca, o seu coração está voltado para Cristo.

Desapertai, o tempo é curto o Senhor está voltando, muitos dizem que estão cansados de ouvir isto, mas para muitos Ele pode voltar a qualquer momento, pois, nós nunca paramos para pensar na morte, e quando ela chegar, muitos não tem a certeza da salvação.

Jesus disse: “Na verdade, na verdade vos digo que aquele que crê em mim também fará as obras que eu faço, e as fará maiores do que estas, porque eu vou para meu Pai.” (João 14: 12)

Mas então porque não vemos esses milagres? Por falta compromisso, consagração, santidade não queremos ter uma vida no altar de Deus, não estamos dispostos a mudar a nos doar para a obra.

Quando nós disponibilizamos o nosso tempo, a nossa vida para Deus, Ele tem prazer em nos abençoar, para Ele mudar a nossa história basta um piscar de olhos, Ele tem o melhor para nos oferecer.

Aquele povo passou setenta anos no cativeiro, e nós quanto tempo iremos padecer, precisamos tomar uma atitude diante de Deus. Qual o pai que não tem prazer em agraciar um filho com um presente? Da mesma maneira é Deus.

Jacó quando agarrou o anjo e lutou ele necessitava de uma mudança, estava determinado a só largar o anjo quando recebesse a benção. Jacó teve atitude, ele queria uma mudança na sua história.

É preciso renunciar nossas iniqüidades, a idolatria, a prostituição, abrir mão dos pecados de estimação que há muitos anos estão sendo cultivados, liberte-se deles e viva uma nova história.

Muitas vezes estamos amarrados ao eu dos nossos sonhos e temos colocado o Senhor em último plano quando na verdade Ele tem que estar em primeiro lugar em nossas vidas, não há outro caminho a não ser o do Senhor, não adianta tentar pegar atalhos.

"Portanto, qualquer que quiser ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus." (Tiago 4: 4 parte b)

Com Deus não há como negociar, ou aceitamos este caminho ou é melhor voltar para o mundo, assumindo uma condenação consciente, pois, o julgamento destes será pior, pois, são conhecedores. Escreva hoje mesmo uma nova história com Deus. Pense nisso!!!

Um comentário:

CONFERENCISTA FRANCILEIDE disse...

Palavra desafiadora, precisamos acordar e entender o que realmente significa servir a Deus.