Animação IBESO

Tradutor / Translate

11 de fevereiro de 2011

DE ONDE VEM O NOSSO SOCORRO?

O homem que teme ao Senhor, seus caminhos e atitudes são diferenciados, dos caminhos trilhados pelos ímpios que é um caminho regado aos muitos prazeres da carne, o que o levará a uma vida de pecados e iniqüidades e já mais o justo se espelhará nele.

"Bem-aventurado o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores." (Salmos 1: 1)

Porque muitos irmãos naufragam na fé? Porque muitos buscam o socorro no mundo e não no Senhor. O que o mundo tem nos oferecido hoje são filhos que não respeitam a autoridade dos pais, a disseminação do ódio, fofocas, intrigas. Não podemos perder a nossa razão, se um irmão se levantar contra nós, não devemos revidar contra ele, pois, assim não perderemos a nossa razão nem mesmo a razão diante de Deus e é aí onde devemos buscar o socorro no Senhor.

“O nosso socorro está no nome do SENHOR, que fez o céu e a terra." (Salmos 124: 8)

"Torre forte é o nome do SENHOR; a ela correrá o justo, e estará em alto refúgio." (Provérbios 18: 10)

Como buscaremos o caminho do Senhor, se nós não o conhecemos? E diante das lutas, qual o caminho nos conduz a Deus para a restauração de nossas vidas? Será que é através de conselhos vagos de ímpios?

Precisamos avaliar onde temos buscado socorro, pois, as nossas atitudes revelam quem realmente somos. Ao colocarmos a palavra de Deus em prática, é possível viver o socorro do Senhor.

"DEUS é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente na angústia. Portanto não temeremos, ainda que a terra se mude, e ainda que os montes se transportem para o meio dos mares. Ainda que as águas rujam e se perturbem, ainda que os montes se abalem pela sua braveza." (Salmos 46: 1 a 3)

Muitas vezes passamos por tribulações, lutas a qual pensamos que iremos sucumbir nos esquecemos das promessas que temos em nossas vidas, promessas essas que não foram feitas por homens, mas sim pelo grande e poderoso Deus.

Abraão quando recebeu a promessa de que seria pai de uma grande nação passaram-se anos e anos, a espera no Senhor, mas sua esposa Sarah, vivia atribulada sem visão, atormentada por não poder gerar filhos e em uma atitude de desespero por não ver a promessa do filho se cumprir, pois, já estava com a idade avançada, procurou um atalho para fazer cumprir a promessa de Deus, oferecendo sua serva Agar para que coabitasse com Abraão, pois, ela imaginava que desta forma a promessa de Deus iria se cumprir.

Quando Deus faz uma promessa, devemos nos manter na posição não podemos procurar por atalhos em nossos cominhos precisamos continuar a clamar pelo favor de Deus sobre nossas vidas, se Sarah tivesse tido esta visão, certamente a história teria sido muito diferente na vida daquele casal.

"Clama a mim, e responder-te-ei, e anunciar-te-ei coisas grandes e firmes que não sabes." (Jeremias 33: 3)

Deus é o nosso refúgio, todos nós temos promessas, mas muitas vezes ficamos atormentados em meio às tribulações, mas nesta hora precisamos diminuir correr para os braços do Senhor, pois, Ele é o nosso socorro e nossa fortaleza.

Se declaramos que o Senhor é o nosso socorro, então porque permitimos que o desespero tome de conta de nossas vidas? Isto ocorre porque muitas vezes agimos na empolgação do momento, por não estarmos firmados verdadeiramente na rocha que é Jesus. Quantos estão alicerçados nesta rocha, venha o que vier não se abalarão. Quando estamos em meio à luta o que nos dá força é a promessa do Senhor, que é a certeza que enquanto não se cumprir às promessas que Deus fez não morreremos.

"Os que confiam no SENHOR serão como o monte de Sião, que não se abala, mas permanece para sempre." (Salmos 125: 1)

Deus sabe a hora certa de entregar cada vitória que Ele prometeu em nossas vidas, mas é preciso esperar, pois, o tempo de Deus não é o nosso tempo, é como um bolo que tem a hora certa para sair do forno, caso seja tirado antes do tempo ele irá murchar.

É preciso crer e ter a convicção nas promessas de Deus, quem tem convicção não retrocede, mas vive como se a promessa já estivesse na mão. O combustível que nos dá força para não retroceder é a meditação na palavra de Deus, e é essa promessa que deve nos manter de pé por essa razão não devemos nos angustiar, mas se nos angustiarmos que tenhamos força para clamar ao Senhor por socorro.

"Na minha angústia clamei ao SENHOR, e me ouviu." (Salmos 120: 1)

Não olhe para trás, não deixe que o desespero venha inundar a sua vida creia e medite nesta palavra de dia e de noite só assim será possível viver as maravilhas de Deus. Pense nisso!

Dia 09/02/2011 Preletor Pastor Cláudio Ferreira

6º Dia da Campanha Vivendo as Maravilhas de Deus.

Nenhum comentário: