Animação IBESO

Tradutor / Translate

21 de janeiro de 2011

AS QUATRO FACES EM EZEQUIEL.

3ª Semana da Campanha: “Vivendo as Maravilhas de Deus” Preletor: Pr.
Vilson – IBE / PSUL 19/01/2011
E a semelhança dos seus rostos era como o rosto de homem; e do lado direito todos os quatro tinham rosto de leão, e do lado esquerdo todos os quatro tinham rosto de boi; e também tinham rosto de águia todos os quatro. (Ezequiel 1: 10)
Os anjos são criaturas que foram feitos pelo poder de Deus, diferentes dos homens, eles não são limitados às condições naturais e físicas. Eles têm o poder de assumir a forma de corpo humano a fim de tornar visível a sua presença aos sentidos humanos quando se faz necessário. Porque quatro querubins? Porque quatro faces? Nossa localização e orientação pode ser dividida através dos quatro pontos cardeais, norte, sul, leste e oeste, também temos quatro referências esquerda, direita, frente e atrás. Desta forma Deus distribuiu Querubins para cada lado, para nos guardar, pois, os olhos do Senhor estão sobre nós. Porque, quanto ao SENHOR, seus olhos passam por toda a terra, para mostrar-se forte para com aqueles cujo coração é perfeito para com ele; nisto, pois, procedeste loucamente porque desde agora haverá guerras contra ti. (II Crônicas 16: 9) As faces de homem, leão, boi e de águia nos mostram características diferentes com as quais nós devemos nos espelhar e ter. Face de Homem: esta face está voltada para frente e significa que não devemos olhar para trás. Somos constituídos por um tríplice corpo, ou seja, corpo, alma e espírito. Também podemos dividir a vida humana em material e espiritual, ambas são muito importantes, pois, uma pode interferir na outra, ou seja, nossas atitudes na vida material sempre terão impactos na vida espiritual, e vice-versa. Na destruição das cidades de Sodoma e Gomorra, Deus enviou dois anjos para visitar a família de Ló para que os mesmos pudessem salvar sua família, mas lhes foi dada uma condição de não olhar para trás. A esposa de Ló desobedeceu à condição estabelecida por Deus e acabou virando estátua de sal. E a mulher de Ló olhou para trás e ficou convertida numa estátua de sal. (Gênesis 19: 26) Muitas vezes nós perdemos bênçãos, por olhar para trás, são pequenas coisas que nos impedem ver a mão de Deus agir em nossas vidas. Por maior que seja o nosso problema, nós não devemos olhar para trás, pois, não podemos deixar as maravilhas de Deus para buscar o passado, não devemos nos preocupar com o hoje, mas olhar para a cruz, olhando sempre para o alto, porque é de lá que virá o nosso socorro. Levantarei os meus olhos para os montes, de onde vem o meu socorro. (Salmos 121: 1) Se fosse desejo de Deus que olhássemos para trás, Ele teria nos feito com olhos na nuca, cada um tem uma forma diferente de ver e encarar a sua realidade. Judas via o Senhor Jesus, como uma mercadoria com a qual ele poderia ganhar algumas moedas de prata; Então um dos doze, chamado Judas Iscariotes, foi ter com os príncipes dos sacerdotes, E disse: Que me quereis dar, e eu vo-lo entregarei? E eles lhe pesaram trinta moedas de prata, E desde então buscava oportunidade para o entregar. (Mateus 26: 14 a 16) . Jonas sabia quem era Deus, mas tentou fugir de Sua face; Porém, Jonas se levantou para fugir da presença do SENHOR para Társis. E descendo a Jope, achou um navio que ia para Társis; pagou, pois, a sua passagem, e desceu para dentro dele, para ir com eles para Társis, para longe da presença do SENHOR. (Jonas 1: 3) E você como tem visto a face de Deus? Em cada face de nossa vida, nós vemos a Deus de forma diferente, ainda que estejamos sorrindo, ou chorando o Senhor tem que está no controle de nossas vidas, pois, nos momentos mais difíceis de nossas vidas Ele estará ao nosso lado para nos acolher e enxugar nossas lágrimas ainda que não estejamos vendo Sua mão a nos acolher. E Deus limpará de seus olhos toda a lágrima; e não haverá mais morte, nem pranto, nem clamor, nem dor; porque já as primeiras coisas são passadas. (Apocalipse 21: 4) • Face de Leão: conhecido como rei dos animais por ser forte e ágil. O leão, o mais forte entre os animais, que não foge de nada; (Provérbios 30:30) A bíblia nos compara ao leão, em nossos momentos de ira; Como o rugido do leão é o terror do rei; o que o provoca à ira peca contra a sua própria alma. (Provérbios 20:2) Pedro apesar de andar e conviver com o Senhor Jesus durante os três anos, ainda não havia se desarmado de sua espada, na ocasião em que o soldado romano foi prender ao Senhor Jesus, Pedro “solta” o leão que havia dentro dele e lança mão de sua espada decepando a orelha do soldado. Então Simão Pedro, que tinha espada, desembainhou-a, e feriu o servo do sumo sacerdote, cortando-lhe a orelha direita. E o nome do servo era Malco. Mas Jesus disse a Pedro: Põe a tua espada na bainha; não beberei eu o cálice que o Pai me deu? João 18: 10 e 11) Mas então porque Jesus não desarmou a Pedro? Embora Pedro acompanhasse a todos os exemplos dados por Jesus, não bastava apenas que ele tirasse a espada da cintura que estava aparente aos olhos, mas a espada que ele precisava tirar era a espada que havia em seu coração. Muitas vezes nos questionamos por alguns comportamentos que ainda insistimos em mudar apenas fisicamente, mas a mudança que Deus espera de nós tem que brotar de nossos corações. Nossa arma hoje precisa ser a palavra de Deus, é com ela que precisamos lutar contra nossos inimigos espirituais não é contra nosso pastor, nosso líder, mas contra principados e potestades. Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais. (Efésios 6 : 12) Tem irmão dentro da igreja que é como um porco-espinho, armado com a espada da ignorância, da malícia, da fofoca, da discórdia, da arrogância, temos que nos desarmar e semear amor por onde nós formos, pois, o nosso testemunho falará quem somos. • Face de Boi: reconhecido como um animal geralmente de porte, submisso ao dono, ele pode suportar até três vezes o seu peso, se ele imaginasse a força que possui certamente seu dono não se atreveria a desafiá-lo. Não havendo bois o estábulo fica limpo, mas pela força do boi há abundância de colheita. (Provérbios 14: 4) Precisamos aprender a ser fiel a Deus, não por força, mas guiados pelo Espírito Santo de Deus. E respondeu-me, dizendo: Esta é a palavra do SENHOR a Zorobabel, dizendo: Não por força nem por violência, mas sim pelo meu Espírito, diz o SENHOR dos Exércitos. (Zacarias 3: 6) E, quando ele vier, convencerá o mundo do pecado, e da justiça e do juízo. (João 16: 8) • Face de Águia: é uma ave de rapina vive em busca de alimento, geralmente de grande porte é vista como sinônimo de força, grandeza, a mais importante de todas as aves. Nós como cristãos devemos estar sempre em busca de alimento para o nosso espírito, precisamos ter sede da presença de Deus. ASSIM como o cervo brama pelas correntes das águas, assim suspira a minha alma por ti, ó Deus! A minha alma tem sede de Deus, do Deus vivo; quando entrarei e me apresentarei ante a face de Deus? (Salmo 42: 1 e 2) As águias são unidas, elas já mais brigam entre si, a partir deste exemplo devemos viver em união e em comunhão com Deus e com nossos irmãos. Se dissermos que temos comunhão com ele, e andarmos em trevas, mentimos, e não praticamos a verdade. Mas, se andarmos na luz, como ele na luz está, temos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus Cristo, seu Filho, nos purifica de todo o pecado. (I João 1: 6 e 7) Para as águias, suas garras são um instrumento de batalha, a qual é utilizada como sua maior defesa e ao mesmo tempo uma arma de ataque à presa que raramente consegue fugir. O Senhor deixou sobre nossas mãos a Sua palavra, precisamos conhecê-la, porque a vida cristã não é fácil, é necessário estar sempre atentos nos revestindo das armaduras de Deus para não sermos pegos de surpresa. E calçados os pés na preparação do evangelho da paz; Tomando sobretudo o escudo da fé, com o qual podereis apagar todos os dardos inflamados do maligno. Tomai também o capacete da salvação, e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus; (Efésios 6: 15 a 17) Sua visão é apurada de forma que lá do alto ela consegue enxergar sua presa e com precisão fazer a captura de seu alimento. Nós precisamos ter a mesma visão, porém, uma visão espiritual, para que possamos contemplar as maravilhas de Deus. Com o ouvir dos meus ouvidos ouvi, mas agora te vêem os meus olhos. (Jó 42: 5) Toda águia passa por um período muito duro e difícil, que é o período de renovação, quando este momento chega, ela procura se isolar. Para que possamos viver esta renovação em Cristo é necessário buscar a presença do Senhor para nossas vidas, mas não pode ser de qualquer maneira, precisamos buscá-Lo com sinceridade, não com lamentações e murmurações, devemos nos humilhar dobrar nossos joelhos, colocar a boca no pó diante de Sua presença, só assim poderemos ficar face a face com o Senhor.

Nenhum comentário: