Translate

26 de agosto de 2009

PORTAS ABERTAS

África Há esperança em meio a uma fome devastadora, miséria terrível, conflitos militares e perseguição na Á África. Essa esperança surge porque talvez esteja acontecendo lá o maior crescimento do cristianismo de que se tem notícia! Portas Abertas está envolvida no treinamento de alguns dos futuros líderes cristãos da África e está dando-lhes as ferramentas que precisam para levar o seu continente a Cristo. Também queremos ter certeza de que esses novos cristãos têm as Bíblias e outras literaturas cristãs de que precisam para crescer na fé e pregar a Palavra de Deus!

Ásia Mais de 55% da população do mundo vivem na Ásia. Durante anos, há perseguição e o martírio de cristãos nessa região. Apesar disso, a Ásia está passando por um incrível crescimento espiritual. Que grande testemunho do poder da Palavra de Deus! Portas Abertas provê Bíblias e literatura para a Ásia, sempre tendo como alvo as igrejas domésticas clandestinas da China. Também damos cursos de treinamento extensivo para os líderes da Igreja para equipá-los com um completo conhecimento da Palavra.

Mundo Muçulmano O Oriente Médio é o berço da Igreja Cristã, ainda que, em algumas regiões, a Igreja quase tenha sido eliminada sob a pressão muçulmana. A principal prioridade de Portas Abertas no Mundo Muçulmano é treinar uma nova geração de líderes cristãos para fortalecer a Igreja. Estamos também tentando garantir que todos os que queiram um exemplar da Palavra de Deus possam ter uma Bíblia. 25/8/2009 - 14h49 Adolescente cristã foge de casa com medo da família muçulmana ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA (*) - O líder de um ministério dedicado a ajudar ex-muçulmanos está feliz com a notícia de que um juiz na Flórida determinou que uma garota cristã de 17 anos pode continuar no estado, e não tem que retornar para sua família muçulmana em Ohio. Mas ela acredita que a batalha ainda não terminou. Uma juíza determinou que Rifqa Bary pode continuar sob custódia enquanto as autoridades iniciam uma investigação na comunidade muçulmana em que ela mora em Ohio. A adolescente fugiu no mês passado porque acreditava que sua família a mataria por ter se tornado cristã. Seus familiares, vindos do Sri Lanka, disseram que nunca a ameaçaram. W.L. Cati, fundadora do ministério White Horse entrou em contato com as autoridades pedindo para que eles ajam em favor da menina. No entanto, Cati não sabe se a comunidade muçulmana vai aceitar essa decisão. “O que os muçulmanos acreditam é que ela deveria receber pena de morte por se converter ao cristianismo. E mesmo que pareça que ela está segura, e graças a Deus que o juiz tomou uma boa decisão, não sabemos o que os muçulmanos poderão fazer.” Cati acredita que a adolescente está dizendo a verdade, baseada em sua própria experiência quando casada com um muçulmano. “Meu marido foi preso duas vezes por agredir meus filhos quando eles se converteram ao cristianismo. Rifqa Bary está dizendo a verdade”. (Tradução: Portas Abertas * Este país não se enquadra entre os 50 mais intolerantes ao cristianismo. Fonte: One News Now)

Nenhum comentário: